Banco de Portugal sublinha repetidamente o especial impacto da pandemia no turismo

26-03-2020 (15h19)

“A importância do setor do turismo na atividade económica em Portugal implica uma elevada exposição à redução esperada da procura global deste tipo de serviços, que será muito significativa”, realça o Boletim Económico do Banco de Portugal publicado hoje e no qual repetidamente assina o especial impacto da pandemia de covid-19 no turismo.

“O facto de a pandemia ser sincronizada e generalizada a um grande número de países tenderá a acentuar a queda da atividade económica, por via do colapso nos fluxos de comércio mundiais, com destaque para o turismo”, explica o banco central, que refere que a sua análise considera “um conjunto de choques”, de que assinala “choques negativos sobre o consumo privado na generalidade das economias, que captam o efeito da pandemia via menor rendimento e maior incerteza, bem como o impacto directo sobre despesas em serviços, em particular, em turismo, transportes e serviços recreativos e culturais”.

O realce ao impacto no turismo é também apontado pelo Banco de Portugal ao prever que “o comércio mundial reduz-se significativamente em 2020 (-10,3%)” que diz reflectir “um choque que afecta desproporcionalmente os fluxos internacionais de bens e serviços (nestes últimos, destacam-se o turismo e os transportes)”.

O banco central explicita, aliás, que “a importância do sector do turismo na atividade económica em Portugal implica uma elevada exposição à redução esperada da procura global deste tipo de serviços, que será muito significativa”.

E relativamente ao turismo internacional, a perspectiva do banco central uma vez mais insiste que turismo e transportes terão as suas exportações “fortemente afetadas pelas limitações à movimentação de pessoas e deverão registar uma queda acentuada”, sem quantificar.

O banco central acrescenta que dessa forma “o excedente da balança de serviços reduz-se, reflectindo o impacto particularmente negativo do choque sobre os fluxos de turismo”.

O Banco de Portugal indica que antecipa “um abrandamento significativo dos preços dos serviços relacionados com o turismo” e assinala que, “em termos conjunturais, a crise despoletada pela propagação do vírus Covid-19 tem impactos diretos sobre o turismo e perturba o comércio de bens, assente em cadeias de valor globais”.

Para ler mais clique:

Banco de Portugal prevê queda do PIB entre 3,7% e 5,7% este ano

 

Clique para mais notícias: Banco de Portugal

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ethiopian Airlines perdeu receitas na ordem dos 504 milhões de euros

08-04-2020 (18h03)

A Ethiopian Airlines, a maior transportadora aérea de África e propriedade do estado etíope, encerrou a maior parte as suas linhas comerciais desde o início da pandemia do novo coronavírus, e perdeu 504 milhões de euros em receitas.

Hotelaria portuguesa prevê quebra de receitas até 1,44 mil milhões de euros em quatro meses

08-04-2020 (17h44)

A hotelaria portuguesa prevê uma quebra de receitas até 1,44 mil milhões de euros de 1 de Março a 30 de Junho devido ao impacto da pandemia do novo coronavírus, anunciou a Associação da Hotelaria de Portugal (AHP).

Estão programados mais três voos charter entre Angola e Portugal

08-04-2020 (17h05)

Há dois voos entre Lisboa e Luanda programados para os dias 13 e 14 de Abril, e um entre Porto e Luanda, no dia 16, com o intuito de trazer cidadãos de regresso a Portugal, devido à pandemia do novo coronavírus.

Albufeira aceitar isentar hotelaria do pagamento de taxas municipais

08-04-2020 (16h24)

A Câmara de Albufeira, que concentra 40% da oferta hoteleira da região, aceitou isentar temporariamente a hotelaria do pagamento de taxas municipais devido à pandemia de covid-19, disse hoje o presidente da maior associação do sector no Algarve.

TAP lança voos para novos destinos em plena pandemia de coronavírus

08-04-2020 (15h51)

Não haverá muitas companhias a lançar novos voos nos tempos de pandemia de coronavírus que o mundo vive, e menos ainda a pô-los à venda desde já, mas é o que a TAP está a fazer e no seu site já tem à venda as linhas Lisboa - Cancun e Ponta Delgada - Toronto.

Noticias mais lidas