Voos domésticos em Moçambique crescem 17% no 1º semestre

22-07-2019 (17h57)

Foto: Ross Parmly / Unsplash
Foto: Ross Parmly / Unsplash

O tráfego aéreo doméstico de passageiros em Moçambique cresceu 17% no primeiro semestre, face ao período homólogo do ano passado, disse à Lusa fonte do Ministério dos Transportes e Comunicações.

“O tráfego doméstico de passageiros cresceu em 17%, em comparação com o primeiro semestre do ano passado, um indicador que sinaliza a evolução do mercado nacional do transporte aéreo”, disse a mesma fonte.

Até 2014, operava no mercado doméstico apenas a companhia estatal Linhas Aéreas de Moçambique, destacou.

Com a liberalização do espaço aéreo, que permitiu a entrada de novos operadores, o número de passageiros transportados em 2018 ascendeu para mais de um milhão de passageiros, dos anteriores 750 mil por ano.

"A liberalização do espaço aéreo trouxe maior oferta, melhores alternativas e opções dos passageiros e concorrência entre os operadores, que está a levar à redução significativa do custos das passagens aéreas, entre outras vantagens", disse.

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, disse recentemente que o Governo está preocupado com o nível de endividamento das empresas aeroportuárias.

"O endividamento deve ser encarado com a necessária serenidade e responsabilidade, devendo a empresa prosseguir com os esforços em curso junto dos parceiros para a reprogramação e cumprimento integral dos compromissos assumidos", disse.

O Governante disse ainda que o país precisa de prosseguir com a reforma legal, completar a certificação dos outros aeroportos e consolidar os ganhos conseguidos no cumprimento das convenções internacionais sobre a aviação civil.

Uma auditoria da ICAO (Organização da Aviação Civil Internacional), de 2019, permitiu confirmar o cumprimento em 66% dos requisitos impostos por este organismo, superando a média exigida de 60%.

Em 2014, o cumprimento dos requisitos da ICAO, pelo país era de 44%.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Ver também:

euroAtlantic Airways candidata-se a apoiar LAM na retoma de voos para a Europa

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Lacerda Machado afasta possibilidade da TAP aumentar oferta para Faro

22-11-2019 (11h40)

O administrador não executivo da TAP Diogo Lacerda Machado declarou ter “dúvidas que faça sentido acrescentar mais” capacidade aérea para Faro, onde o número de assentos oferecidos pela companhia aumentou 43%.

TAP vai começar “a ganhar sustentadamente dinheiro”, diz administrador Lacerda Machado

22-11-2019 (10h54)

O administrador não executivo da TAP Diogo Lacerda Machado afirmou que o Estado português é "o dono do futuro da transportadora" e garantiu que a companhia vai começar "a ganhar sustentadamente dinheiro".

Ministro Siza Vieira clarifica que é a Esquadra 101 de Sintra que vai ser deslocada para Beja

22-11-2019 (10h44)

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital clarificou que é a Esquadra 101 de Sintra que irá ser deslocada para Beja, ao contrário do que, por lapso, referiu inicialmente.

Deslocação da base aérea de Sintra para Beja avança na Primavera para libertar espaço aéreo

21-11-2019 (18h55)

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, anunciou que a deslocação da base aérea nº1 de Sintra para Beja vai avançar na Primavera, para “libertar muitos constrangimentos na gestão do espaço aéreo na proximidade do aeroporto de Lisboa”.

Governo reforça programa de captação de rotas aéreas com 10 milhões

21-11-2019 (13h16)

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, escolheu a abertura hoje do 31º Congresso da AHP para anunciar o reforço do programa VIP.pt de captação de rotas aéreas em dez milhões de euros.

Ultimas Noticias

Noticias mais lidas