Voos domésticos em Moçambique crescem 17% no 1º semestre

22-07-2019 (17h57)

Foto: Ross Parmly / Unsplash
Foto: Ross Parmly / Unsplash

O tráfego aéreo doméstico de passageiros em Moçambique cresceu 17% no primeiro semestre, face ao período homólogo do ano passado, disse à Lusa fonte do Ministério dos Transportes e Comunicações.

“O tráfego doméstico de passageiros cresceu em 17%, em comparação com o primeiro semestre do ano passado, um indicador que sinaliza a evolução do mercado nacional do transporte aéreo”, disse a mesma fonte.

Até 2014, operava no mercado doméstico apenas a companhia estatal Linhas Aéreas de Moçambique, destacou.

Com a liberalização do espaço aéreo, que permitiu a entrada de novos operadores, o número de passageiros transportados em 2018 ascendeu para mais de um milhão de passageiros, dos anteriores 750 mil por ano.

"A liberalização do espaço aéreo trouxe maior oferta, melhores alternativas e opções dos passageiros e concorrência entre os operadores, que está a levar à redução significativa do custos das passagens aéreas, entre outras vantagens", disse.

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, disse recentemente que o Governo está preocupado com o nível de endividamento das empresas aeroportuárias.

"O endividamento deve ser encarado com a necessária serenidade e responsabilidade, devendo a empresa prosseguir com os esforços em curso junto dos parceiros para a reprogramação e cumprimento integral dos compromissos assumidos", disse.

O Governante disse ainda que o país precisa de prosseguir com a reforma legal, completar a certificação dos outros aeroportos e consolidar os ganhos conseguidos no cumprimento das convenções internacionais sobre a aviação civil.

Uma auditoria da ICAO (Organização da Aviação Civil Internacional), de 2019, permitiu confirmar o cumprimento em 66% dos requisitos impostos por este organismo, superando a média exigida de 60%.

Em 2014, o cumprimento dos requisitos da ICAO, pelo país era de 44%.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Ver também:

euroAtlantic Airways candidata-se a apoiar LAM na retoma de voos para a Europa

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Balanço do LATAM evidencia recuperação ‘explosiva’ da aviação no Brasil

16-08-2019 (16h15)

O LATAM, maior grupo de aviação comercial da América Latina, cuja subsidiária brasileira, a LATAM Brasil (antiga TAM), é líder brasileira em voos internacionais, indicou que no segundo trimestre teve um aumento da receita unitária (por lugar voado um quilómetro) de 18,7%, atingindo 29,5% em reais.

Levantadas restrições ao abastecimento no aeroporto de Lisboa, ANA Aeroportos

16-08-2019 (12h35)

As restrições ao abastecimento de aviões no aeroporto de Lisboa, em vigor desde segunda-feira, foram hoje levantadas, disse à Lusa fonte oficial da ANA – Aeroportos de Portugal.

Grupo SATA transportou mais 8% de passageiros no primeiro semestre

16-08-2019 (11h59)

As companhias aéreas SATA Air Açores e Azores Airlines transportaram 705,7 mil passageiros no primeiro semestre, mais 8% ou mais 52,5 mil que no período homólogo do ano passado, anunciou o Grupo SATA.

Lauak vai produzir em Grândola peças para aviões A320

16-08-2019 (11h39)

A Lauak vai implementar uma unidade de produção de preças para aviões A320 em Grândola, com um investimento de 33 milhões de euros com apoio de fundos comunitários.

Trabalhadores da Grounforce realizam concentração para exigir estacionamento

16-08-2019 (11h24)

Os trabalhadores da Groundforce, reunidos na quinta-feira em plenário, aprovaram a realização de uma concentração no Ministério das Infraestruturas, com data a definir, para entrega de um abaixo-assinado a exigir estacionamento nas zonas limítrofes aos aeroportos e devolução das multas.

Noticias mais lidas