United Airlines promete reduzir emissões em 50% até 2050

14-09-2018 (18h41)

A companhia aérea norte-americana United Airlines anunciou o objectivo de, até 2050, reduzir para metade as emissões de gases que contribuem para o efeito estufa, usando como base as emissões registadas em 2005.

A United reforçou ainda a sua aposta em iniciativas ambientais como aumentar a utilização de bio-combustíveis, operar em aeronaves mais eficientes e implementar medidas operacionais que privilegiem a poupança de combustível.

Esta promessa de redução de emissões da United é equivalente a haver menos 4,5 milhões de automóveis a circular, ou equivalente ao número total de automóveis em Nova Iorque e Los Angeles.

Oscar Munoz, CEO da United, citado em comunicado, afirmou que "na United, acreditamos que não faz sentido definir objectivos desafiantes e ambiciosos sem dar passos tangíveis para os alcançar, especialmente no que diz respeito a assegurar as condições de saúde das nossas comunidades e do nosso planeta".

Para celebrar este compromisso, a United realizou hoje o voo 44, que partiu de São Francisco (Califórnia) para Zurique (Suiça), num Boeing 787 Dreamliner com recurso a 60.000 litros de bio-combustível (rácio de 30-70 com combustível convencional).

Em comunicado a United destaca que este é o voo transatlântico mais longo, efectuado com recurso a um volume de bio-combustível como este.

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: United Airlines

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP já voa para Washington – Dulles

17-06-2019 (17h16)

A TAP já liga as capitais de Portugal e dos Estados Unidos, com a inauguração no Domingo do seu voo TP231 para Washington – Dulles, que informou ter preços de ida desde 253 euros.

Lufthansa responsabiliza excesso de capacidade na Europa pela quebra de resultados

17-06-2019 (15h15)

O grupo Lufthansa, maior grupo de aviação da Europa em número de passageiros e em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), responsabiliza um alegado excesso de capacidade na Europa por uma evolução pior do que previa, mas os seus dados mostram que a subsidiária mais problemática é a Eurowings, que até era identificada com o negócio de voos de longo curso low cost.

Lufthansa alarma mercados com revisão em forte baixa da previsão de resultados

17-06-2019 (14h46)

A Lufthansa revelou hoje uma previsão de queda acentuada do resultado operacional ajustado de não recorrentes, que conduziu a forte quebra da sua cotação na Bolsa de Frankfurt e ‘ondas de choque’ nos títulos das outras companhias de aviação europeias.

TAP quadruplica oferta de obrigações para até 200 milhões de euros

14-06-2019 (19h03)

A TAP decidiu multiplicar por quatro o número e valor de obrigações a emitir, no âmbito do empréstimo obrigacionista em curso, passando de 50 milhões de euros para até 200 milhões de euros, foi hoje comunicado ao mercado.

TAP recebe mais três Airbus A330neo e já conta com dez

14-06-2019 (16h58)

A TAP anunciou hoje ter recebido mais três aviões Airbus A330neo e que, assim, já com dez unidades deste avião que diz contribuir “com mais de 24 milhões de euros para a economia portuguesa” e “mais de 600 postos de trabalho para o País”.

Noticias mais lidas