Turistas portugueses na Turquia baixam 60,5% este Verão

31-10-2016 (15h04)

A Turquia teve este Verão o número mais baixo de turistas portugueses da época alta desde 2006, por uma quebra em 60,5% face ao período homólogo de 2015, de acordo com a análise do PressTUR às estatísticas oficiais do Ministério turco da Cultura e do Turismo.

Essa análise evidenciou que entre Junho e Setembro, inclusive, estiveram na Turquia 11.058 visitantes portugueses, quase 17 mil menos que no Verão de 2015 e menos cerca de 18 mil que no melhor Verão, o de 2011, em que a Turquia recebeu mais de 29 mil visitantes portugueses.

A recolha de dados efectuada pelo PressTUR permitiu verificar que desde 2006, ano em que no Verão o total de chegadas de portugueses foi de 10,3 mil, a época estival nunca mais tinha ficado abaixo dos 18,1 mil visitantes portugueses verificados em 2007, e a partir de 2008 tinham sido sempre mais de 20 mil.

A queda verificada na época estival decorre do agravamento da tendência de quebra das chegadas de turistas estrangeiros à Turquia desde que foi alvo de uma série de atentados terroristas, um dos quais contra o seu principal aeroporto, Istambul Ataturk, e teve uma tentativa de golpe de Estado.

Nesse quadro, a Turquia passou a acumular sucessivas quebras das chegadas de turistas estrangeiros a partir de Abril de 2015, que se agravaram este ano, com as quebras a atingirem os dois dígitos a partir de Fevereiro e a situarem-se sistematicamente acima de 30% a partir de Maio.

Em Setembro, último mês com estatísticas oficiais já divulgadas, a quebra foi em 32,8%, significando um decréscimo de aproximadamente 1,4 milhões de chegadas, para 2,855 milhões.

Cálculos do PressTUR mostraram que com esse decréscimo em Setembro, na sequência de quebras também fortes em Junho (-40,9%, para 2,438 milhões), Julho (-36,7%, para 3,468 milhões) e Agosto (-38%, para 3,183 milhões), a Turquia somou na época estival uma quebra de aproximadamente sete milhões de chegadas de turistas estrangeiros este Verão (-37,1%, para 11,94 milhões).

A Rússia, que foi o seu maior emissor no Verão de 2014, antes das relações entre os dois países se degradarem, registou a maior quebra este Verão em relação a essa época alta, com um decréscimo em 86,6% ou cerca de 2,6 milhões, para cerca de 406 mil.

Relativamente ao Verão de 2015, a Rússia é também o emissor com a maior queda das chegadas á Turquia, com menos cerca de 2,1 milhões (-83,8%), seguindo-se a Alemanha, com menos cerca de 879 mil (-30,7%, para 1,98 milhões), o Reino Unido, com menos cerca de 553 mil (-35,1%, para 1,02 milhões), o Iraque, com menos cerca de 371 mil (-69,3%, para 164,2 mil), e a Polónia, com menos cerca de 239 mil (-64,8%, para 129,9 mil).

Entre os países com maiores quebras contam-se ainda os Estados Unidos, com menos 207 mil (-51,3%, para 196,3 mil), a Holanda, com menos cerca de 184 mil (-27,4%, para 488,4 mil), a Suécia, com menos 172,7 mil (-49,7%, para 174,6 mil), Itália, com menos 168,2 mil (-67,8%, para 79,9 mil), e França, com menos cerca de 165,2 mil (-36,3%, para 290,4 mil).

Portugal, com menos quase 17 mil, teve a 38ª maior queda do período de Verão, antes do Brasil (menos cerca de 23 mil ou -56,9%, para 17,4 mil) e depois do México (menos cerca de 16,8 mil ou -63,1%, para 9,8 mil).

Ucrânia, Geórgia, Israel, Arábia Saudita e Jordânia foram as principais excepções à tendência de queda das chegadas de turistas à Turquia este Verão, com aumentos de respectivamente 257,6 mil (+65%, para 653,7 mil), 71,4 mil (+9,2%, para 845,5 mil), 35,2 mil (+28,8%, para 157,5 mil), 33,8 mil (+13,6%, para 282,7 mil) e 18,1 mil (+19,9%, para 109,3 mil).

 

Clique para mais notícias: Turquia

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.