Trabalhadores do aeroporto de Lisboa marcam plenário para amanhã

14-08-2019 (14h34)

Quase quatro dezenas de trabalhadores aeroportuários manifestaram-se hoje junto ao aeroporto de Lisboa reivindicando mais lugares de estacionamento para os trabalhadores que trabalham por turnos, e agendaram para quinta-feira um plenário geral.

A reivindicação começou há uns meses, com um abaixo-assinado, e hoje culminou num protesto à entrada da estação de metro junto ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, que reuniu dezenas de trabalhadores que empunhavam cartazes a alertar para o problema a Vinci, dona da ANA – Aeroportos de Portugal, com frases como "Baixos salários e ainda pagar estacionamento?" e "Vinci com milhões, para estacionamento nem tostões".

A concentração contou com trabalhadores de empresas como a TAP, Portway e Groundforce, além de outras empresas que asseguram, por exemplo, a limpeza do aeroporto, e representantes de sindicatos.

"O que está em causa é a falta de estacionamento para os trabalhadores aeroportuários aqui da zona, uma vez que os parques estão saturados e muitos dos trabalhadores que deixavam os carros nos Olivais já não o podem fazer, de forma gratuita por terem sido colocados parquímetros”, explicou à Lusa Cristina Carrilho, coordenadora da Comissão de Trabalhadores da TAP.

Elisabete Martins, da Comissão de Trabalhadores da Portway, adiantou que uma das soluções que pode ser encontrada é usar para estacionamento um terreno em Figo Maduro, mas tal implica que a Vinci assegure o transporte desse local para o aeroporto.

"Mas isso não quer dizer que não estamos abertos a outras soluções, pois há muitos terrenos à volta do aeroporto", precisou Elisabete Martins.

Para quinta-feira, a comissão de trabalhadores da SPdH (Groundforce) agendou um plenário, nas instalações do refeitório da TAP para encontrar outras soluções para sensibilizar a Vinci para o problema de falta de estacionamento.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Construção de aeroporto no Montijo depende da aprovação do projeto de execução e respetivo relatório ambiental

22-01-2020 (18h05)

A construção de um aeroporto civil no Montijo, declarada na terça-feira ambientalmente viável pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), só pode avançar após aprovação dos respetivos projecto de execução e relatório de conformidade ambiental.

Portugal é “um mercado muito importante” onde a Globalia quer crescer — Javier Hidalgo, CEO

22-01-2020 (14h32)

A Globalia, dona da Air Europa e dos hotéis Be Live, entre outras empresas de turismo, como o operador Travelplan, presente em Portugal, vê o país como um mercado "muito importante" onde ambiciona crescer em várias áreas de negócio, disse ao PressTUR Javier Hidalgo, CEO do grupo.

Wizz Air começa a voar de Viena para Faro a partir de Julho

22-01-2020 (13h46)

A Wizz Air, que se apresenta como a maior low cost da Europa Central e do Leste, lança este ano a rota Viena – Faro, bem como prevê reforçar o número de voos das rotas Viena – Porto, que iniciou em meados de Dezembro passado, e Viena – Lisboa.

Sul-africana SAA cancela voos enquanto aguarda injeção de capital

21-01-2020 (18h36)

A companhia aérea estatal sul-africana South African Airways (SAA) anunciou hoje o cancelamento de 38 voos para poupar capital enquanto espera uma injeção de emergência do Governo para salvar da bancarrota.

Lisboa e Porto reforçaram em 2019 o domínio do tráfego aéreo em Portugal

21-01-2020 (17h53)

Os aeroportos de Lisboa e do Porto tornaram-se em 2019 ainda mais decisivos para a evolução do tráfego aéreo em Portugal, concentrando praticamente três quartos dos passageiros em aeroportos portugueses, num total de 44,27 milhões de passageiros, com um aumento médio em 8,1%, enquanto o crescimento do conjunto dos aeroportos geridos pela ANA/Vinci foi de 6,9%.

Noticias mais lidas