Trabalhadores das Lojas Francas estão em greve até 16 de Setembro

16-07-2019 (09h20)

Foto: Lojas Francas de Portugal
Foto: Lojas Francas de Portugal

Os trabalhadores da Lojas Francas de Portugal (LFP) iniciaram às 00h00 de terça-feira, dia 16 de Julho, uma greve parcial de dois meses contra o abuso do trabalho extraordinário e do banco de horas, anunciou o sindicato que convocou a paralisação.

O Sindicato dos Técnicos de Handling de Aeroportos (STHA) emitiu um pré-aviso de greve que vai vigorar entre 16 de Julho e 16 de Setembro, que abrange todos os trabalhadores, de forma a que possam paralisar duas horas por dia, uma no início e outra no final do turno, e recusar o trabalho extraordinário.

"Esta greve foi marcada porque os trabalhadores se queixam de que a empresa abusa do trabalho extraordinário e do banco de horas", disse o presidente do STHA, André Teives, à agência Lusa.

Durante os dois meses de paralisação, os trabalhadores da LFP vão fazer também greve total ao banco de horas.

Segundo André Teives, a paralisação deverá ter "um efeito de bola de neve", ou seja, com o passar dos dias "deverá sentir-se cada vez mais falta de produtos nas lojas francas".

O sindicalista acusou a empresa LFP de praticar horários desumanos e de falta de diálogo.

Referiu, a propósito, que os aumentos salariais de 4% foram aplicados em janeiro unilateralmente e que os Trabalhadores afectos ao armazém central de Lisboa foram alvo de um processo de transferência de local de trabalho definitiva.

Segundo o STHA trabalham na LFP quase 600 pessoas.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

América Latina proporciona 47,4% do crescimento de tráfego do IAG até Novembro

09-12-2019 (17h45)

As rotas da América Latina estão a ser de forma cada vez mais clara o ‘motor’ de crescimento do IAG, grupo que integra a British Airways, a Iberia, a Vueling, a Aer Lingus e a Level, tendo valido até Novembro 47,4% do crescimento de tráfego na totalidade das operações.

Companhias do IAG transportaram até Novembro mais 4,88 milhões de passageiros

09-12-2019 (17h29)

As companhias do IAG, grupo que integra a Brisith Airways, a Iberia, a Vueling, a Aer Lingus e a Level transportaram até 30 de Novembro 109,5 milhões de passageiros, com aumento em 4,7% ou 4,88 milhões relativamente ao período homólogo de 2018.

Scott Kirby substitui Oscar Muñoz como CEO da United

09-12-2019 (12h59)

A companhia de aviação norte-americana United Airlines anunciou que o seu CEO, Oscar Muñoz, vai passar a ser chairman executivo do Conselho de Administração, enquanto Scott Kirby, presidente, foi nomeado CEO.

TAP já ultrapassou o total de passageiros do ano de 2018

06-12-2019 (15h53)

A TAP transportou 15,8 milhões de passageiros entre Janeiro e final de Novembro deste ano, igualando assim o total de 2018, ano em que crescera 10,4% ou 1,5 milhões de passageiros.

TAP cresce 15,7% em Novembro e melhora ocupação dos voos em 2,1 pontos

06-12-2019 (15h50)

A TAP informou hoje que em Novembro, um dos meses mais fracos para as companhias de aviação do hemisfério Norte, teve um crescimento do tráfego medido em passageiros x quilómetros voados (RPK, na sigla do inglês) em 15,7%, conseguindo assim uma melhoria da taxa de ocupação dos voos em 2,1 pontos, mesmo tendo feito um aumento de capacidade em 12,5%.

Noticias mais lidas