TAP vai cobrar 90 a 200 euros por bagagem de mão que exceda 115 centímetros na soma das três medidas

15-11-2016 (10h40)

A TAP informou hoje as agências de viagens de que vai cobrar 90 euros por "bagagem de mão extra" em voos de médio curso domésticos, intra-europeus e Norte de África e 200 euros nos voos intercontinentais.

A informação mostra que a companhia se refere aos casos em que a bagagem de mão seja "considerada demasiado grande ou estiver fora da franquia", indicando que nesse caso "será retirada na porta de embarque e despachada no porão, ficando sujeita a cobrança".

A companhia acrescenta de seguida que "o pagamento apenas será possível através da utilização de um cartão de crédito" e que "as taxas aplicadas" são então os 90 e os 200 euros.

Na mesma informação a TAP especifica que as bagagens de mão sem custos adicionais são aquelas em que "a soma das 3 medidas não poderá ultrapassar os 115cm (55x40x20cm)" e não excedam os oito quilogramas no caso dos passageiros em classe económica.

Para os passageiros de executiva a companhia permite duas peças "com peso total combinado de 16kgs".

A informação a que o PressTUR teve acesso acrescenta que "além da bagagem de mão permitida, o passageiro pode ainda levar para bordo apenas um dos seguintes itens: uma bolsa ou pasta de computador ou mala de ombro (dimensões máximas: 40x30x10cm); Equipamentos auxiliares à mobilidade; dispositivos médicos".

As taxas de bagagens tornaram-se nos últimos anos uma das maiores ‘receitas complementares' das companhias aéreas, nomeadamente daquelas que antes ironizavam com os ‘modelos' com que easyJet e Ryanair verificavam se as malas de mão estavam dentro das medidas definidas.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Comentários
  • Marina

    Qualquer dia já não se pode levar nada e nem comprar fora nada Cada vez mais dificil andar de avião.....

    16-11-2016 (23h16)

  • RUI

    Tap

    15-11-2016 (18h54)


Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.