TAP teve em Junho 4º pior índice de pontualidade da OAG

12-07-2018 (14h45)

E SATA Internacional teve o 6º pior

A saga da falta de pontualidade de aeroportos e companhias aéreas portugueses atingiu piores patamares no mês de Junho, com a TAP a apresentar o 4º pior índice do mês entre 161 companhias e a SATA internacional (Azores Airlines) o 6º pior.

De acordo com a informação da OAG, a TAP teve apenas 45,5% das chegadas até 15 minutos da hora anunciada e a SATA Internacional teve 50,2%.

A melhor companhia portuguesa foi, assim, a SATA Air Açores, com 72,2% das chegadas até 15 minutos da hora anunciada, cotando em 85ª entre as 161 incluídas no ranking de Junho, liderado pela T’wai Air, da Coreia do Sul, com 94,8%, Bangkok Airways, da Tailândia, com 94,7%, AirDo, do Japão, com 92,9%, Star Flyer, do Japão, com 92,7%, e Fuji Dream Airlines, também do Japão, com 91,9%.

Entre as maiores companhias, com mais de dez mil voos rastreados pela OAG no mês de Junho, a melhor foi a russa Aeroflot, com 88,9% dos voos até 15 minutos da hora de chegada anunciada, seguida pela Aeroméxico, com 87,1%, Japan Airlines, com 87,1%, Garuda Indonesia, com 87%, e All Nippon Airways, com 87%.

As melhores da Península Ibérica foram as espanholas Canarfly, com 90,7%, e Binter Canárias, com 90,2%.

As maiores do mundo em número de voos no mês de Junho foram, segundo a OAG, a American Airlines, com 198.420, a Delta Airlines, com 168.888, a United Airlines, com 151.386, e a Southwest Airlines, com 119.489, todas dos Estados Unidos.

A 5ª maior do mundo e maior europeia foi a Ryanair, com 65.560 voos, à frente das chinesas China Eastern Airlines, com 62.139 voos, e China Southern Airlines, com 61.330, seguidas pela easyJet, com 53.075, Air Canadá, com 51.753, e Lufthansa German Airlines, com 48.049.

A melhor em pontualidade no Top10 foi a Delta, com 81,4% das chegadas até minutos da hora anunciada, seguida por Southwest, com 76,7%, United, com 75,3%, American, com 73,1%, China Eastern, com 70,5%, Air Canadá, com 68,8%, China Southern, com 68,3%, Ryanair, com 65,9%, easyJet, com 62,9%, e Lufthansa, com 58,8%.

Em número de voos, a OAG cotou a TAP em 56ª maior entre 392 companhias, com 12.010 voos, a SATA Air Açores em 209º, com 1.606 voos, e a SATA Internacional em 275ª, com 663.

 

Ver também:

Aeroporto de Lisboa foi o 6º pior do mundo em pontualidade no mês de Junho


Para ler mais notícias: OAG

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

LATAM volta a ter quebra da taxa de ocupação em Outubro

13-11-2018 (18h13)

As companhias do grupo LATAM, cuja subsidiária brasileira já está a voar entre São Paulo e Lisboa, tiveram em Outubro nova queda significativa da taxa de ocupação dos voos, desta feita em 4,4 pontos, para 82,5%, já que para um aumento de capacidade em 7% tiveram um crescimento do tráfego de apenas 1,5%.

Aeroporto de Lisboa melhora pontualidade em Outubro, mas sem sair dos 20 piores do mundo

13-11-2018 (18h06)

O Aeroporto de Lisboa voltou em Outubro a ter mais de metade das partidas a saírem até 15 minutos da hora marcada, mas por pequena margem, mantendo-se assim entre os 20 piores em 1.195 aeroportos de todo o mundo com dados publicados pela consultora OAG.

TAP alcança em Outubro melhor pontualidade desde Maio, mas ainda é a 5ª pior do ranking da OAG

13-11-2018 (18h05)

A TAP teve em Outubro 56,4% dos voos a chegarem até 15 minutos da hora marcada, que é o seu melhor registo desde Maio (58,1%), mas ainda assim o 5º pior do mês no ranking publicado pela consultora OAG e que inclui 153 companhias.

Pilotos da Air Nostrum convocam greve para o final do mês

13-11-2018 (17h53)

Os representantes do sindicato SEPLA na companhia de aviação Air Nostrum anunciaram que vão entrar em greve nos dias 23, 26 e 30 de Novembro, após uma reunião de mediação com a SIMA, que terminou sem acordo entre as partes.

A321neo LR da TAP terão uma das melhores executivas em aviões narrowbody no mercado transatlântico

13-11-2018 (16h46)

Com poltronas totalmente reclináveis (lie-flat beds), até ficarem na horizontal, a TAP vai ter um dos melhores produtos business no competitivo mercado de voos transatlânticos, de acordo com o portal especializado em aviação “AirlineGeeks”.