TAP soma mais 1,1 milhões de passageiros em cinco meses

08-06-2017 (11h08)

Voos dos EUA fazem 50% do aumento de passageiros das rotas intercontinentais em Maio

A TAP revelou hoje ter transportado 5,17 milhões de passageiros nos primeiros cinco meses deste ano e que esse total significa mais 1,1 milhões ou +27% que no período homólogo de 2016.

A companhia, que se assume como “um dos principais motores da promoção e crescimento turísticos em Portugal, contribuindo também de forma única para a mobilidade de todos os portugueses e para a internacionalização da economia nacional”, diz em comunicado que com esse crescimento a ocupação média dos seus voos foi de 82%, em alta de seis pontos percentuais.

A informação da TAP avança igualmente que no mês de Maio transportou 1,135 milhões de passageiros, com um aumento em “mais de 20%” ou cerca de 191 mil, e a ocupação média dos voos foi de 82%, com uma subida de 6,6 pontos.

Esse crescimento, diz ainda a companhia, reflecte um aumento em 125 mil passageiros nas rotas de médio curso intra-europeias, incluindo as domésticas, que assim asseguraram cerca de 65% do aumento total de passageiros no mês, enquanto as intercontinentais somaram mais 66 mil passageiros (cerca de 35% do aumento total do mês).

As linhas de médio curso que a companhia diz mais terem contribuído para o crescimento em Maio foram Espanha, com mais 45 mil passageiros (+47%), Reino Unido, com mais 18 mil (+29%) e “Itália e Croácia, com mais dez mil passageiros (+13,6%)”.

Em voos intercontinentais, o principal ‘motor’ do crescimento continuam a ser as ligações com os Estados Unidos, nas quais indica ter registado mais 33 mil passageiros em Maio (+143%, para 56 mil), o que significa metade do aumento no conjunto das rotas intercontinentais.

“Mas é também de sublinhar a forte recuperação que se verifica nas rotas africanas”, prossegue a informação da TAP, que destaca ainda que “as rotas brasileiras continuam a demonstrar uma forte retoma do tráfego.

Para as rotas de África a TAP indica que em Maio teve um aumento de 18 mil passageiros (+36%), salientando Angola, “com mais 36,4%”, e Marrocos, “que regista um impressionante crescimento de 215%”.

Para as linhas do Brasil, a TAP indica um aumento de 16 mil passageiros ou +14% em Maio e realça uma subida da taxa de ocupação desses voos em 9,5 pontos, para 86,2%.

A informação da TAP assinala ainda o início de dez novas rotas este ano, a partir de 10 de Junho, e confirma que este ano “investe ainda mais no reforço da sua frota, adicionando um avião para operar nas suas rotas de longo curso, dois aviões no médio curso e quatro aeronaves ao serviço da TAP Express”.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vueling vai ter voos Tenerife - Lisboa

15-02-2019 (16h56)

A Vueling, low cost do IAG, grupo de que fazem parte também a British Airways, a Iberia, a Aer Lingus e a Level, vai ter voos entre Tenerife e Lisboa a partir de Abril.

TAP transporta menos passageiros este Janeiro nas suas rotas espanholas

15-02-2019 (15h47)

A TAP, que em meados do ano passado retirou A Coruña, Astúrias e Vigo da sua rede de destinos em Espanha, começou 2019 com uma quebra de passageiros nas ligações com o país vizinho em 3,4% ou cerca de 4,7 mil, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pela AENA.

Passageiros em voos entre Espanha e Portugal aumentam 10,8% em Janeiro

15-02-2019 (15h33)

Os aeroportos espanhóis somaram este Janeiro 357,6 mil passageiros de voos de/para Portugal, +10,8% ou mais 34,9 mil que no primeiro mês de 2018, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR.

Aeroportos espanhóis começam 2019 com aumento de um milhão de passageiros

15-02-2019 (15h08)

Os 49 aeroportos espanhóis somaram 16,58 milhões de passageiros no primeiro mês deste ano, com um aumento em 7% ou 1,08 milhões em relação a Janeiro de 2018, cerca de metade do qual em Madrid Barajas e em Barcelona El Prat, de acordo com a AENA, gestora dos aeroportos espanhóis.

Lucro da Finnair baixa 11% para 150,7 milhões de euros em 2018

15-02-2019 (14h37)

A Finnair, que voa de Helsínquia para Lisboa e tem programado voar também para o Porto, obteve um lucro líquido de 150,7 milhões de euros em 2018, menos 11% do que no ano anterior, apesar de um aumento da facturação.