TAP prevê receber seis novos A330-900neo até ao final de 2018

19-12-2017 (18h01)

Airbus A330neo conclui primeiro voo teste (Foto: Airbus/P.Pigeyre)
Airbus A330neo conclui primeiro voo teste (Foto: Airbus/P.Pigeyre)

A TAP vai começar a receber os novos aviões A330-900neo no segundo semestre do próximo ano, sendo a perspectiva de Fernando Pinto, CEO da companhia aérea, receber seis aviões até ao final de 2018.

“São aviões de nova geração, o último lançamento da Airbus, extremamente eficientes, que terão a TAP como empresa lançadora”, afirmou hoje o CEO da companhia aérea no tradicional almoço de Natal com a imprensa.

A TAP também vai receber no segundo semestre do próximo ano o A321 LR (Long Range), que é “o grande avião da estratégia da TAP, que permite utilizar um avião que no passado era de médio curso para rotas de longo curso”.

Fernando Pinto especificou que o A321 LR “tem mais tanques de combustível, tem melhor aproveitamento na parte de passageiros e pode fazer diversos voos de longo curso”.

Em 2017, a TAP “praticamente” completou o programa de renovação da frota, tendo remodelado o interior de 43 aviões de médio curso e sete aviões de longo curso.

Fernando Pinto sublinhou que os aviões renovados aumentaram conforto e eficiência, uma vez que passou a ter capacidade para mais passageiros.

A TAP aumentou em 2017 a sua frota em oito aviões, incluindo quatro A330-300 “que têm um efeito importante para nós, porque têm um maior número de assentos, [tendo] um custo por assento mais baixo e uma eficiência muito alta para nós”.

A companhia aérea recebeu ainda dois A320 e quatro Embraer 195, que é “[uma versão do] 190 alongado, mais eficiente, maior número de passageiros, são 118 passageiros”.

Em 2017 entraram na TAP dez aviões e saíram dois A330-200, “que foram retornados à Azul”.

O reforço da frota “foi o maior salto da história que já fizemos nos últimos anos, ou da história da empresa efectivamente”, concluiu Fernando Pinto.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo açoriano reforça capital social da SATA Air Açores em 27 milhões de euros

16-07-2018 (16h31)

O Governo dos Açores anunciou hoje um reforço em 27 milhões de euros do capital social da SATA Air Açores, companhia aérea que assegura as ligações aéreas entre as nove ilhas açorianas, "por via da subscrição de 5.400.000 novas ações".

Lufthansa “refuta falsas alegações da Ryanair” sobre a LaudaMotion

16-07-2018 (15h28)

O Grupo Lufthansa afirmou que “são completamente infundadas” as alegações da Ryanair de que a LaudaMotion está sobre ameaça do grupo alemão, “que tenta retirar as nove aeronaves que se viu forçada a ceder à Laudamotion pela Comissão Europeia para lhe permitir reiniciar os seus serviços”.

Grupo SATA encerra contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros

16-07-2018 (13h32)

O Grupo SATA encerrou as contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros, valor que quase triplicou em relação a 2016 (14 milhões), revela o relatório e contas da companhia, a que a Lusa teve acesso.

António Teixeira é o novo presidente do conselho de administração da SATA

16-07-2018 (11h28)

O Governo dos Açores anunciou a escolha do gestor de empresas António Luís Gusmão Teixeira para a presidência do conselho de administração da SATA, substituindo Paulo Menezes, que ocupa o cargo desde o final de 2015.

TACV Cabo Verde Airlines prevê receber hoje mais um avião

16-07-2018 (11h19)

A companhia aérea TACV Cabo Verde Airlines, que no Sábado recebeu o seu primeiro avião Boeing 757, tem previsto receber hoje, segunda-feira, mais uma aeronave e assim “retomar a estabilidade operacional”.