TAP foi a terceira companhia da AEA em aumento de tráfego em Agosto

02-10-2006 (16h17)

Coeficiente de ocupação ficou acima da média da Associação

A TAP teve em Agosto a terceira maior taxa mensal homóloga de crescimento do tráfego de passageiros entre 27 companhias da AEA e um coeficiente de ocupação dos voos acima da média da Associação.

A informação divulgada hoje pela AEA indica que em Agosto a TAP teve um aumento do tráfego de passageiros (medido em RPK = passageiros x quilómetros percorridos) em 17,3%, com um incremento em 9,4% do número absoluto de passageiros, o sexto maior do mês entre as companhias da Associação, para 740,1 mil.
O crescimento da TAP foi 4,3 superior à média das companhias da AEA, que se situou em 4%, com um incremento do número de passageiros em 3,7%, para 30.634,9 mil.
O crescimento mais acentuado do tráfego medido em RPK indicia um aumento da etapa média da TAP, o que reflecte o aumento da oferta de longo curso, nomeadamente pela introdução dos voos do Porto para São Paulo, Rio de Janeiro e Newark, bem como pela abertura de rotas na Europa para destinos mas distantes.
Apenas a Turkish Airlines, com um aumento do tráfego em 26,1%, e a Finnair, com +21,9% tiveram em Agosto aumentos de tráfego superiores ao da TAP.
A Turkish foi também a companhia que teve o maior aumento do número absoluto de passageiros, com +24%, para 1.829 mil, seguida da JAT Airways (+16,9%, para 140,8 mil), Adria Airways (+13,6%, para 81,3 mil), Swiss (+11,9% para 988,9 mil) e Finnair (+10%, para 552,4 mil).
A Lufthansa foi a companhia que transportou mais passageiros em Agosto (4.516,7 mil, mais 3,8% que no mês homólogo de 2005), seguida da Air France (4.183,1 mil, mais 3,9%), British Airways (3.149,1 mil, mais 1,4%) e Iberia (2.435,4 mil, menos 3,4%).

TAP teve melhor ocupação que a média
O coeficiente de ocupação dos voos da TAP foi em Agosto de 80,9%, mais 0,9 pontos percentuais que a média das 27 companhias (80%) e mais 0,3 pontos percentuais que no mês homólogo de 2005.
A TAP contrariou desta forma a tendência evidenciada pelo coeficiente de ocupação médio da AEA, que engloba as maiores companhias de rede da Europa, a qual teve em Agosto uma queda de 0,2%, apesar de a transportadora portuguesa ter aumentado a oferta (medida em ASK = lugares x quilómetros percorridos) em 16,9%, quando o aumento médio de capacidade da Associação foi de 4,3%.
Foi a segunda vez este ano que a TAP teve uma taxa de ocupação superior à média (aconteceu em Abril, quando teve 78,7%, mais 0,5 p.p. que a média).
Em Agosto, apenas oito companhias da AEA tiveram coeficientes de ocupação dos voos acima dos 80%, entre as quais a “campeã” neste indicador, a KLM, que atingiu 88%, mais 0,4 p.p. que no mês homólogo de 2005.
As outras companhias com coeficientes de ocupação acima dos 80% foram a Iberia (84,1%, mais 1,2 p.p. que em 2005), Swiss (84,1%, mais 1,0 p.p.), Air France (82,1%, mais 0,1 p.p.), Icelandair (82,1%, menos 2,2 p.p.), Luftansa (80,5%, menos 1,0 p.p.) e CSA (80,7%, mais 2,0 p.p.).
O mês de Agosto é aquele em que, por se tratar do principal “pico” do tráfego aéreo, as companhias trabalham com coeficientes de ocupação elevados e a margem de melhoria é menor.
O crescimento ocorre, assim, principalmente por aumentos de capacidade (medida em ASK = lugares x quilómetros percorridos), um indicador em que a TAP apresentou o segundo maior incremento face a 2005, com um aumento de 16,9%.
A Turkish foi a companhia que neste mês aumentou mais a capacidade (em 29,7%) e depois da TAP veio a Finnair (mais 16,5%).
O aumento médio de capacidade da AEA foi de 4,3%.

Ver mais em:
TAP sobe em Julho no ranking das maiores variações médias dos indicadores de tráfego
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

TAP confirma A321neo LR na rota Porto – Newark

18-01-2019 (11h56)

A TAP confirmou que a partir de 1 de Junho vai voar entre Porto e Nova Iorque Newark seis vezes por semana com um avião Airbus A321neo Long Range, como o PressTUR noticiou esta terça-feira, dia 15.

Norwegian vai encerrar bases em Espanha, Itália e EUA

18-01-2019 (11h30)

A companhia de aviação Norwegian Air Shuttle anunciou que vai encerrar a partir de Abril várias bases em Espanha, Itália e Estados Unidos, para melhorar o seu desempenho financeiro.

Aeroportos portugueses já ficaram em Novembro abaixo do crescimento médio na União Europeia

17-01-2019 (17h49)

O estancamento do Aeroporto de Lisboa arrastou o país dos tops de crescimento da aviação comercial na União Europeia para níveis inferiores à média, de acordo com o ACI Europa, que até mostrou Faro no Top5 de crescimento em Novembro dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano.

“A festa poderá estar a acabar em breve”, avisa director-geral do ACI Europa

17-01-2019 (17h47)

O director-geral do ACI Europe, Olivier Jankovec, citado em comunicado da organização, comentou que os dados de Novembro mostram que o transporte aéreo de passageiros “continuam a desafiar um ambiente geopolítico e económico crescentemente desafiador”, mas que “a festa poderá estar a acabar em breve”.