TAP faz voos de repatriamento de portugueses em quatro PALOP

24-03-2020 (17h56)

A TAP anunciou que vai fazer voos de repatriamento de portugueses em quatro Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), designadamente Cabo Varde, Angola, Guiné Bissau e São Tomé e Príncipe.

Em comunicado, a TAP anunciou que realiza hoje, dia 24, dois voos de ida e volta para Cabo Verde, um para a Praia e outro para o Sal, e um voo para Luanda, em Angola. Amanhã, dia 25, estão previstos dois voos para Bissau e São Tomé.

A transportadora vai voar com um A321 de 216 lugares para a Praia e com um A330-900 de 289 lugares para a Ilha do Sal.

Para Angola, o voo será realizado por um A330-900 de 289 lugares, fazendo o percurso Lisboa - Luanda - Faro – Lisboa, “trocado a tripulação em Faro e assegurando que as tripulações não ficam de quarentena em Luanda”.

A companhia indica ainda que vai voar para Bissau com um A321, e para São Tomé com um A321 LR de 178 lugares.

Estas operações, segundo a TAP, vão “trazer mais de mil portugueses de volta a casa”.

Ontem, dia 23, a TAP “realizou um último voo para Moçambique, antes da entrada em vigor das restrições sanitárias e aeroportuárias naquele país”.

A companhia diz que os voos estão a ser realizados “acautelando todos os requisitos legais e regulamentares no que respeita a segurança dos voos, tripulações e passageiros”.

Em articulação com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, estão garantidas “todas as condições, operacionais e de segurança” para a realização dos voos, acrescenta a companhia.

A TAP também anunciou a criação de um microsite em colaboração com as embaixadas dos países com expressivas comunidades de cidadãos portugueses para “auscultar as necessidades dos cidadãos e avaliar a possibilidade de realizar voos extra, que decorrerão sempre das autorizações dos respectivos países”.

No calendário de operações até 19 de Abril divulgado pela TAP não está incluído nenhum destino africano (clique para ler: TAP introduz voos para o Rio de Janeiro na programação até 19 de Abril).

 

Clique para ver mais: TAP

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ethiopian Airlines perdeu receitas na ordem dos 504 milhões de euros

08-04-2020 (18h03)

A Ethiopian Airlines, a maior transportadora aérea de África e propriedade do estado etíope, encerrou a maior parte as suas linhas comerciais desde o início da pandemia do novo coronavírus, e perdeu 504 milhões de euros em receitas.

Estão programados mais três voos charter entre Angola e Portugal

08-04-2020 (17h05)

Há dois voos entre Lisboa e Luanda programados para os dias 13 e 14 de Abril, e um entre Porto e Luanda, no dia 16, com o intuito de trazer cidadãos de regresso a Portugal, devido à pandemia do novo coronavírus.

TAP lança voos para novos destinos em plena pandemia de coronavírus

08-04-2020 (15h51)

Não haverá muitas companhias a lançar novos voos nos tempos de pandemia de coronavírus que o mundo vive, e menos ainda a pô-los à venda desde já, mas é o que a TAP está a fazer e no seu site já tem à venda as linhas Lisboa - Cancun e Ponta Delgada - Toronto.

Airbus suspende produção e montagem de aviões na Alemanha e nos Estados Unidos

08-04-2020 (14h52)

A construtora aeronáutica Airbus suspendeu actividades de produção e montagem de aviões comerciais nas suas fábricas em Bremen e Stade, na Alemanha, e em Mobile, nos Estados Unidos.

United Airlines oferece período de dois anos para alterarção de reservas

08-04-2020 (12h12)

A United Airlines está a oferecer aos seus clientes com viagens marcadas até final de 2020 a possibilidade de alterarem a sua reserva para datas num período alargado de dois anos.

Noticias mais lidas