TAP estreia Airbus A320neo em voo comercial para Londres

05-06-2018 (19h30)

A TAP efectuou hoje o primeiro voo comercial com um Airbus de nova geração, um A320neo (do inglês para new engine option), de Lisboa para Londres, com 96 passageiros a bordo.

Além desse aparelho, a TAP, que tem 71 aviões encomendados ao fabricante europeu, 18 dos quais de uma segunda encomenda da qual prevê receber ainda este ano dois A321neo e um A330neo, que será o primeiro deste modelo a integrar a frota de uma companhia de aviação.

A companhia portuguesa salienta que com a nova geração Airbus os passageiros terão disponíveis aviões mais confortáveis e mais eficientes em consumo de combustível, pelo que também mais ‘amigos do ambiente’.

Um comunicado da TAP sobre o seu primeiro voo comercial com a A320neo diz que saiu de Lisboa às 7h45 e aterrou no maior aeroporto europeu, Londres Heathrow, às 10h20.

“A entrada ao serviço do A320neo é um marco importante no plano de investimentos definido aquando da privatização da Companhia e que vai permitir à TAP transformar-se na operadora com uma das frotas mais modernas ao seu serviço, a nível mundial”, afirma o comunicado.

A informação retoma a informação de que a nova frota é resultado da privatização da companhia, pois os “novos accionistas da TAP anunciaram, logo após a assinatura do contrato de privatização, uma encomenda de 53 novos aviões de última geração à Airbus”.

Foram então contratados à fabricante europeia 15 A320neo, 12 A321neo, 12 A321LR (Long Range) e 14 A330neo, especifica, acrescentando que “de então para cá, a TAP contratou já novos aviões adicionais, que acrescem à encomenda de 53 realizada à Airbus”.

“Estes novos contratos prevêem a integração na frota da TAP já este ano de um A320neo, dois A321neo e um A330neo e de três A320neo, três A321neo, dois A321LR e seis A330neo ao longo de 2019, num total de 18 aeronaves adicionais à encomenda original de 53 novos aviões à Airbus”, acrescenta.

A TAP reafirma que até 2025 “receberá assim 71 novos aviões, mais modernos, confortáveis, na vanguarda tecnológica e mais eficientes em cerca de 15% em termos de consumo de combustível e de redução das emissões de CO2”.

O comunicado também destaca que a TAP “será a primeira operadora do mundo a voar o novo A330-900neo, que virá equipado com interiores de cabina AirSpace by Airbus, com o qual os passageiros, bem como os tripulantes da TAP, vão poder beneficiar de uma nova experiência de viagem proporcionada por este inovador design de cabina de avião”.

“A modernização da frota da TAP com os mais avançados aviões disponíveis no mercado vai permitir à Companhia aumentar a sua oferta e crescer para novos destinos, de forma ainda mais eficiente, reforçando a sua competitividade na arena global e contribuindo para uma crescente centralidade de Portugal enquanto hub Atlântico do transporte aéreo e para a atracção de novos fluxos turísticos para o País”, acrescenta.

A TAP recebeu o seu primeiro A320neo a 17 de Abril (para ler mais clique: TAP ainda recebe mais três novos Airbus este ano e em 2019 vão chegar 14).

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

TAP confirma A321neo LR na rota Porto – Newark

18-01-2019 (11h56)

A TAP confirmou que a partir de 1 de Junho vai voar entre Porto e Nova Iorque Newark seis vezes por semana com um avião Airbus A321neo Long Range, como o PressTUR noticiou esta terça-feira, dia 15.

Norwegian vai encerrar bases em Espanha, Itália e EUA

18-01-2019 (11h30)

A companhia de aviação Norwegian Air Shuttle anunciou que vai encerrar a partir de Abril várias bases em Espanha, Itália e Estados Unidos, para melhorar o seu desempenho financeiro.

Aeroportos portugueses já ficaram em Novembro abaixo do crescimento médio na União Europeia

17-01-2019 (17h49)

O estancamento do Aeroporto de Lisboa arrastou o país dos tops de crescimento da aviação comercial na União Europeia para níveis inferiores à média, de acordo com o ACI Europa, que até mostrou Faro no Top5 de crescimento em Novembro dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano.

“A festa poderá estar a acabar em breve”, avisa director-geral do ACI Europa

17-01-2019 (17h47)

O director-geral do ACI Europe, Olivier Jankovec, citado em comunicado da organização, comentou que os dados de Novembro mostram que o transporte aéreo de passageiros “continuam a desafiar um ambiente geopolítico e económico crescentemente desafiador”, mas que “a festa poderá estar a acabar em breve”.