TAP e SATA Internacional repetiram em Agosto o Top10 dos piores índices de pontualidade, OAG

10-09-2018 (15h25)

Melhor do mundo foi a Aeroflot e a Azul foi 12ª melhor

A TAP, cujo CEO, Antonoaldo Neves, que em Março passado, durante a BTL, dizia que a pontualidade da companhia era a sua prioridade e que agora a classificou como "vergonhosa", no mês de Agosto teve pouco mais de metade dos voos a chegarem a horas, ainda assim melhor do que em Julho, em que mais de metade das chegadas foram atrasadas.

Os dados publicados hoje pela OAG indicam que a TAP teve o 6º pior índice de pontualidade entre 164 companhias de todo o mundo, com 51,4% dos voos a chegarem até 15 minutos da hora prevista, ligeiramente pior que a SATA Internacional (Azores Airlines), que teve o 7º pior índice, que teve 51,8% dos voos a chegarem no horário.

A melhor das companhias portuguesas foi a SATA Air Açores, com 69,9% dos voos no horário, classificando-se na 93ª entre 164 incluídas no ranking publicado pela OAG, enquanto a TAP foi 159ª e a SATA Internacional foi 158º.

O melhor índice de pontualidade de uma companhia portuguesa foi da Orbest, do grupo Barceló, com 100% das chegadas no horário.

A Orbest foi, assim, uma das melhores companhias da região EMEA (Europa, Médio Oriente e África), um ranking que inclui 193 companhias e em que a angolana TAAG foi 15ª, com 93,5% dos voos a chegarem no horário.

A espanhola Iberia foi 44ª nesse ranking de pontualidades de companhias da EMEA, com 83,4%, a Binter Canárias foi 45ª, com 83,4%, a Air Europa foi 94ª, com 74,6%, a Ryanair foi 106ª, com 72,2%, a SATA Air Açores foi 123ª, com 69,9%, a Lufthansa foi 135ª, com 68,3%, a TACV foi 140ª, com 66,7%, a easyJet foi 149ª, com 64,2%, a SATA Internacional foi 172ª, com 51,8%, e a TAP foi 175ª, com 51,4%, a STP Airways foi 177ª, com 50%, e a euroAtlantic foi 188ª, com 40%

O ranking de pontualidade da globalidade das companhias publicado pela OAG tem a Hahn Air na liderança, com 92% dos voos a chegarem a horas, mas com apenas 27 voos.

Entre as grandes companhias mundiais, a melhor em Agosto foi a Aeroflot, 19ª maior em número de voos, com 32.375, e 3ª em pontualidade, com 89,7% das chegadas no horário.

Entre as que tiveram mais de cinco mil voos, Seguiram-se a Hawaiian Airlines, com 89,6%, Air Baltic, com 89,5%, a Copa Airlines, com 88,4%, a Garuda Indonesia, com 88,3%, e a Azul, companhia fundada e presidida por David Neeleman, também accionista de referência da TAP e de onde veio para a TAP o CEO Antonoaldo Neves, com 87,3%.

Em número de voos, a nº 1 mundial em Agosto foi a American Airlines, que foi a única a somar mais de 200 mil, com 203.299, seguida pelas também norte-americanas Delta Airlines, com 176.836, United Airlines, com 156.417, e Southwest Airlines, com 118.483.

A primeira não norte-americana é a low cost europeia Ryanair, com 72.352 voos em Agosto, seguindo-se as chinesas China Southern Airlines, com 68.867, e China Eastern Airlines, com 66.806, vindo depois a easyJet, com 57.444, a Air Canadá, com 56.085, e a Lufthansa German Airlines, com 47.430.

Neste ranking a TAP foi 56ª, com 12.551 voos, a SATA Air Açores foi 198ª, com 1.834, e a SATA Internacional foi 263ª, com 766.

 

Continua:

Seis em cada dez voos partiram atrasados de Lisboa em Agosto, OAG

 

Ver também:

Primeiro responsável pela pontualidade na TAP sai para a TIM

 

Clique para mais notícias: OAG

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Pontualidade

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: SATA

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vueling vai ter voos Tenerife - Lisboa

15-02-2019 (16h56)

A Vueling, low cost do IAG, grupo de que fazem parte também a British Airways, a Iberia, a Aer Lingus e a Level, vai ter voos entre Tenerife e Lisboa a partir de Abril.

TAP transporta menos passageiros este Janeiro nas suas rotas espanholas

15-02-2019 (15h47)

A TAP, que em meados do ano passado retirou A Coruña, Astúrias e Vigo da sua rede de destinos em Espanha, começou 2019 com uma quebra de passageiros nas ligações com o país vizinho em 3,4% ou cerca de 4,7 mil, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pela AENA.

Passageiros em voos entre Espanha e Portugal aumentam 10,8% em Janeiro

15-02-2019 (15h33)

Os aeroportos espanhóis somaram este Janeiro 357,6 mil passageiros de voos de/para Portugal, +10,8% ou mais 34,9 mil que no primeiro mês de 2018, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR.

Aeroportos espanhóis começam 2019 com aumento de um milhão de passageiros

15-02-2019 (15h08)

Os 49 aeroportos espanhóis somaram 16,58 milhões de passageiros no primeiro mês deste ano, com um aumento em 7% ou 1,08 milhões em relação a Janeiro de 2018, cerca de metade do qual em Madrid Barajas e em Barcelona El Prat, de acordo com a AENA, gestora dos aeroportos espanhóis.

Lucro da Finnair baixa 11% para 150,7 milhões de euros em 2018

15-02-2019 (14h37)

A Finnair, que voa de Helsínquia para Lisboa e tem programado voar também para o Porto, obteve um lucro líquido de 150,7 milhões de euros em 2018, menos 11% do que no ano anterior, apesar de um aumento da facturação.