TAP e SATA ‘divorciam-se’ nos voos entre Lisboa e Ponta Delgada e Terceira e no Porto - Ponta Delgada

21-11-2017 (17h59)

A TAP anunciou hoje às agências de viagens portuguesas que cessa o code-share que tinha com a SATA nos voos entre o seu hub de Lisboa e os aeroportos açorianos de Ponta Delgada e da Terceira, bem como nos voos entre o Porto e Ponta Delgada.

Os passageiros que tinham reservas em voos em que a TAP era a ‘marketing carrier', ou seja, que eram operados em aviões da SATA (S4), a companhia diz que "estão a ser protegidos em voos operados pela TAP", acrescentando que "os voos TP marketing [operados em avião SATA] estão fechados à venda e serão retirados de availability nos GDS".

A companhia liderada por Fernando Pinto diz ainda nessa informação, intitulada "cancelamento do acordo de code-sharing entre a TAP e a SATA nas rotas LISPDL v.v., OPOPDL v.v. e LISTER v.v.", que "serão dados status UN nos voos marketing e TK nos voos alternativos operados pela TAP".

A TAP diz ainda às agências de viagens portuguesas que apenas "deverão contactar o Help Desk das Agências pelo canal habitual e nos moldes divulgados (keywords apropriadas no subject do email - ver Informação nº 34 de 2017)" nos casos "de recusa da protecção oferecida, ou na impossibilidade total de confirmação em voos TAP".


Nota: Esta notícia foi corrigida, pois tinha um erro no primeiro parágrafo, relativamente à localização dos aeroportos de Ponta Delgada e da Terceira, que obviamente são nos Açores, mas por lapso foram descritos como cabo-verdianos. O PressTUR agradece aos leitores que prontamente detecataram o erro e nos chamaram a atenção de forma cordial.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: SATA

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Comentários
  • João

    Cabo-verdianos????? Favor corrigir.

    22-11-2017 (11h48)

  • Marina

    Os aeroportos de Ponta Delgada e da Terceira são nos Açores e não em Cabo Verde. Haja paciência para tanta ignorância em relação aos Açores

    22-11-2017 (11h09)

  • MARIA M PACHECO

    Cabo-verdianos? Não, na verdade são umas ilhas mais acima..... até pode ser um erro inocente, mas a falta de edição de texto por hm revisor qualificado é inaceitável. E não, os Açores não ficam em África.

    22-11-2017 (10h37)

  • Humberto Pontes

    "... aeroportos CABO-VERDIANOS de Ponta Delgada e da Terceira" ???

    22-11-2017 (00h49)

  • Ricardo Ribeiro

    Em que ilhas de Cabo Verde ficam os aeroportos de Ponta Delgada e Terceira? Fiquei curioso...

    22-11-2017 (00h28)

  • Paulo Raposo

    Aeroportos caboverdianos ?!?! A sério !?!?!

    21-11-2017 (23h39)


Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

TAP confirma A321neo LR na rota Porto – Newark

18-01-2019 (11h56)

A TAP confirmou que a partir de 1 de Junho vai voar entre Porto e Nova Iorque Newark seis vezes por semana com um avião Airbus A321neo Long Range, como o PressTUR noticiou esta terça-feira, dia 15.

Norwegian vai encerrar bases em Espanha, Itália e EUA

18-01-2019 (11h30)

A companhia de aviação Norwegian Air Shuttle anunciou que vai encerrar a partir de Abril várias bases em Espanha, Itália e Estados Unidos, para melhorar o seu desempenho financeiro.

Aeroportos portugueses já ficaram em Novembro abaixo do crescimento médio na União Europeia

17-01-2019 (17h49)

O estancamento do Aeroporto de Lisboa arrastou o país dos tops de crescimento da aviação comercial na União Europeia para níveis inferiores à média, de acordo com o ACI Europa, que até mostrou Faro no Top5 de crescimento em Novembro dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano.

“A festa poderá estar a acabar em breve”, avisa director-geral do ACI Europa

17-01-2019 (17h47)

O director-geral do ACI Europe, Olivier Jankovec, citado em comunicado da organização, comentou que os dados de Novembro mostram que o transporte aéreo de passageiros “continuam a desafiar um ambiente geopolítico e económico crescentemente desafiador”, mas que “a festa poderá estar a acabar em breve”.