TAP abre programa de pré-reformas para tripulantes e trabalhadores de terra a partir dos 57 anos

12-07-2018 (09h10)

Foto: TAP
Foto: TAP

A TAP abriu um programa de pré-reformas para tripulantes de cabine e trabalhadores de terra, com idade a partir de 57 anos, sendo que apenas quem tem a partir de 63 anos receberá a totalidade da remuneração.

Numa circular enviada hoje aos trabalhadores, a que a Lusa teve acesso, o administrador da TAP, David Pedrosa, informa que "na sequência do processo de transformação em curso na companhia", a transportadora irá dar início a um programa de pré-reformas, que termina em 30 de Setembro.

Segundo a comunicação, "terão acesso a este programa os tripulantes de cabina e os trabalhadores de terra, em território português, que não requeiram substituição e/ou, situações devidamente aprovadas pela Comissão Executiva", referindo que "a pré-reforma poderá ser recusada".

Os trabalhadores com 63 ou mais anos a completar até ao final do ano podem aceder à pré-reforma com 100% da remuneração fixa, com 62 anos ficam com 95%, com 60 e 61 anos 90%, com 59 anos 85%, com 58 anos 80% e com 57 anos a remuneração fica pelos 70%.

"Para os tripulantes de cabina, o programa será faseado e só poderá ter efeitos a partir do momento em que esteja assegurada a respectiva operação da companhia. A primeira fase deste processo destina-se aos tripulantes com idade igual ou superior aos 63 anos", refere a circular.

No entanto, todos os tripulantes interessados, abrangidos nas idades acima descritas, deverão manifestar o seu interesse neste momento.

Adicionalmente, acrescenta, "os trabalhadores que já atingiram a idade de reforma poderão beneficiar de um incentivo de passagem à reforma correspondente a sete salários, sendo que este incentivo apenas se aplica aos trabalhadores com idade até aos 69 anos e meio".

"Este programa termina a 30 Setembro 2018, pelo que aconselhamos a maior celeridade na reflexão, decisão e contacto", refere ainda a informação.

O Estado, através da Parpública detém 50%, e o consórcio Atlantic Gateway, de Humberto Pedrosa e David Neeleman, detém 45% do Grupo TAP (TAP SGPS), estando os restantes 5% nas mãos dos trabalhadores.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: TAP

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aegean confirma aumento de frequências para Lisboa e Porto

22-02-2019 (18h11)

A companhia de aviação grega Aegean confirmou hoje que tem programado um aumento de frequências para Lisboa e Porto, num comunicado em que anuncia um reforço da sua oferta global este ano em 700 mil lugares.

Ryanair e Wizz Air multadas em Itália por “prática comercial incorrecta” na cobrança da bagagem de mão

22-02-2019 (13h18)

A autoridade da concorrência italiana aplicou uma multa de três milhões de euros à Ryanair e de um milhão de euros à Wizz Air por “prática comercial incorrecta, na medida em que engana o consumidor no preço efectivo do bilhete, ao não incluir na tarifa base um elemento essencial do transporte aéreo que é uma bagagem de mão de maior volume”.

TAP reforça oferta de voos entre Porto e São Paulo a partir de Junho

21-02-2019 (11h58)

A TAP vai reforçar as ligações entre Porto e São Paulo dos actuais dois voos por semana para três voos semanais a partir de Junho, que serão às terças, quintas e Sábados.

easyJet lança nova rota de Verão Porto – Málaga

21-02-2019 (09h56)

A companhia de aviação easyJet anunciou que vai voar entre Porto e Málaga de 2 de Abril a 26 de Outubro, quatro vezes por semana, em A320.

TAP recebe segundo Airbus A320neo

20-02-2019 (18h22)

A TAP comunicou hoje que já recebeu o segundo novo Airbus A320neo, com a matrícula CS-TSB, da encomenda de 71 aviões ao fabricante europeu que conta receber até 2025.