TACV vai ter mais um voo semanal para Fortaleza

24-01-2018 (14h45)

A companhia de aviação cabo-verdiana TACV anunciou que a partir da próxima quinta-feira, 1 de Fevereiro, muda a sua “base operacional” para o Sal, de onde passará a ter três voos por semana para o Brasil com conexão às suas ligações de Lisboa, dois para Fortaleza e um para o Recife.

Em Portugal a companhia anunciou que “reforça para duas frequências semanais os voos Lisboa - Fortaleza”, que na realidade são Lisboa - Sal - Fortaleza, às terças e quintas-feiras, mas apenas uma por semana à partida de Fortaleza, às quartas feiras.

Uma consulta ao website da companhia mostrou que a companhia tem programado que os passageiros, às terças-feiras e quintas-feiras, saiam de Lisboa às 17h00 (voo VR601), chegando ao Sal às 20h10 locais, de onde partem (voo VR667) às 21h30 para Fortaleza, com hora de chegada à capital do Ceará às 23h35 (locais, 2h35 em Lisboa).

O voo de regresso de Fortaleza para o Sal é só às quartas-feiras (VR668) e parte às 00h40 locais (3h40 em Lisboa) tendo chegada a Cabo Verde prevista para as 6h35 locais e a saída para Lisboa (voo VR602) é às 9h00 locais, com chegada prevista para 14h00.

Para a ligações Lisboa - Sal - Recife, o website da TACV mostra que a partir de Lisboa (voo VR601) é às 17h00, com chegada ao Sal às 20h10 locais e partida (voo VR663) às 21h30 para o Brasil, onde a chegada está prevista para as 23h45 locais (2h45 em Lisboa).

O voo de Recife é às quintas-feiras (voo VR664) com partida às 00h45 locais (3h45 em Lisboa) para chegar ao Sal às 6h50, de onde às 9h00 locais sai o voo VR602 para Lisboa.

O website mostra ainda que os TACV estão a promover as duas rotas com preços desde 586 euros à partida de Lisboa e desde 574 euros para as saídas de Paris.

A informação divulgada pela companhia em Portugal realça ainda que tem o programa Cabo Verde Stopover, com o qual “os passageiros terão a possibilidade de fazer uma estadia de até 7 dias em Cabo Verde para conhecer as ilhas, sem custos adicionais”.

O comunicado assinala ainda que o reforço das ligações com o Brasil “é mais um passo no processo de reestruturação da TACV - Cabo Verde Airlines, que contempla um novo modelo de negócio em formato Hub & Spoke, ponto de conexão para vários destinos, a entrar em funcionamento a 1 de Fevereiro”.

“Este novo modelo colocará o arquipélago, nomeadamente a ilha do Sal, como ligação entre os 4 continentes – América do Norte, América do Sul, África e Europa, alargando assim o mercado de actuação da companhia aérea”, acrescenta, reforçando com uma declaração do seu CEO, Mário Chaves, em que afirma “olhamos para estes voos como uma porta aberta entre a Europa e o Brasil tendo Cabo Verde como elo de ligação”.

O comunicado diz também que os voos do Brasil serão efectuados em Boeing B757 com 160 lugares em económica e 22 lugares Comfort Class e acrescenta que “espera ainda um reforço da frota para Março e novas rotas para mais mercados em 2018”

“Queremos que as pessoas escolham a nossa companhia onde quer que viagem”, diz também a declaração de Mário Chaves, citada no comunicado da TACV cuja gestão é actualmente da responsabilidade da Loftleidir Icelandic (para ler mais clique: Icelandair assume gestão da cabo-verdiana TACV).

 

Para aceder ao site da companhia clique: TACV

 

Clique para mais notícias: TACV

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair lança-se na venda de bilhetes para eventos desportivos

14-12-2018 (17h12)

A Ryanair anunciou que começou a comercializar bilhetes para eventos desportivos, designadamente para jogos de futebol das primeiras divisões espanhola e francesa.

Brasil autoriza estrangeiros a ter 100% do capital das companhias aéreas do país

14-12-2018 (16h59)

O Presidente do Brasil, Michel Temer, assinou uma medida provisória que abre espaço para que estrangeiros assumam 100% do controlo do capital das companhias aéreas do país.

Operador dinamarquês vai ter charters para Portugal com a Jet Time, após falência da Primera Air

14-12-2018 (15h49)

O operador turístico dinamarquês Bravo Tours contratou a companhia aérea Jet Time para fazer as suas operações charter no próximo Verão, incluindo voos para Portugal, que estavam previstas ser realizadas pela Primera Air, que declarou falência em Outubro.

TAP prevê poupar 30 milhões de euros na factura de combustível em 2019

14-12-2018 (12h56)

A TAP prevê conseguir em 2019 uma poupança de 30 milhões de euros nos custos de combustível, graças à renovação da frota com aviões mais eficientes, de acordo com o Chief Financial Officer (CFO) da companhia, Raffael Quintas.

Manutenção e engenharia da TAP no Brasil prevê lucro de 3 milhões de euros em 2019 – Antonoaldo Neves

14-12-2018 (12h35)

O negócio da manutenção e engenharia da TAP no Brasil, a ex-VEM (Varig Engenharia e Manutenção), atingiu o equilíbrio operacional em 2018 e deverá alcançar em 2019 um lucro operacional de três milhões de euros, disse Antonoaldo Neves, CEO da TAP.

Ultimas Noticias