TACV deixam de voar Lisboa – Boavista Charters Solférias e Soltrópico com Empty Leg

05-02-2015 (00h15)

Os TACV vão deixar de operar no dia 30 de Maio os voos que faziam aos Sábados entre Lisboa e a ilha cabo-verdiana da Boavista, revelou ao PressTUR o delegado da companhia aérea em Portugal, Mário Almeida, indicando que esta rota passa a ser operada ao Domingo por outra companhia em ‘full charter’.



O Lisboa-Boavista “a partir do dia 31 de Maio deixa de operar aos Sábados e passa a ser operado aos Domingos não com os TACV mas com outra companhia em regime de full charter”, disse Mário Almeida.
Essa operação será partilhada pelos operadores turísticos Solférias e Soltrópico com uma companhia aérea contratada através do broker Empty Leg, de acordo com as fontes do PressTUR.
Os voos dos TACV entre Lisboa e Sal, por sua vez, mantêm-se uma vez por semana, aos Sábados, assim como as ligações entre a capital portuguesa e São Vicente, duas vezes por semana, e Praia, seis vezes por semana.
O reforço que habitualmente é colocado no Verão com mais um voo entre Lisboa e a Boavista também não vai existir com os TACV, que também não vai fazer os voos charter do Porto para Cabo Verde.
Fontes do PressTUR confirmaram que os charters do Porto para Cabo Verde estão praticamente confirmados, estando a ser contratados com o broker Empty Leg para partidas aos Sábados do Porto para o Sal e para a Boavista, de 6 de Junho a 19 de Setembro ( Charters de Verão para Cabo Verde e Porto Santo começam mais cedo este ano).  
Mário Almeida disse ainda ao PressTUR que a cessação dos voos para a Boavista foi decidida porque obrigava o seu avião e tripulações a passar a noite em Lisboa e “a fazer posicionamentos semanais para o Porto”.
“Mas os operadores continuam com todos os apoios dos TACV, eles continuam ligados a nós, têm os allotments para a Praia, o Sal, São Vicente e Fortaleza. Ou seja, continua igual, excepto estes voos [da Boavista] voltam a ser charters de novo agora. Pelo menos este ano vai ser assim”, acrescentou.
Além dos charters, Lisboa tem voos directos para a Boavista pela TAP, que também voa para a Praia, Sal e São Vicente.
Dados do Aeroporto de Lisboa a que o PressTUR teve acesso indicam que no ano de 2014 os TACV fizeram 790 voos de e para a capital portuguesa com um total de 95.289 passageiros, +11% que em 2013.
O tráfego total entre Lisboa e os aeroportos de Cabo Verde, por sua vez, cresceu 8,9% e elevou-se a 275.889 passageiros.
No Aeroporto do Porto, os TACV somaram 10.712 passageiros até ao fim de Setembro, último mês da operação sazonal da Invicta para Cabo Verde, com um aumento em 0,3%.
No conjunto dos dois principais aeroportos portugueses, os TACV somaram 106 mil passageiros, com um aumento em 9,8% ou cerca de 9,5 mil.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CEO da TAP defende direito a sonhar com liderar tráfego entre a Europa e a América do Norte

20-06-2018 (17h57)

Embora tenha pela frente concorrentes como a British Airways, que ainda em 4 de Maio começou a voar de Londres-Heathrow para Nashville, sua 26ª cidade nos Estados Unidos, o CEO da TAP reivindicou hoje no Porto o direito a da companhia a “sonhar grande em relação a ser a principal companhia aérea que liga a Europa à América do Norte”.

CEO da TAP garante aposta no Porto e ironiza: “a concorrência que se cuide”

20-06-2018 (17h51)

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro "é historicamente um dos alicerces da TAP", que tem um "compromisso total e absoluto" com o Porto, garantiu hoje o CEO da companhia, Antonoaldo Neves, que rematou com um: "Queremos ter uma posição dominante no Porto, e a concorrência que se cuide".

Antonoaldo Neves reconhece pontualidade como “problema gravíssimo” da TAP

20-06-2018 (17h48)

"Temos um problema gravíssimo de pontualidade na ponte aérea e na TAP em geral", reconheceu hoje o CEO da companhia, Antonoaldo Neves, na sessão de balanço da operação da companhia aérea no Porto admitiu, que assegurou tratar-se de um "desafio" a superar nos próximos tempos.

Exportações portuguesas de transporte aéreo de passageiros voltam a crescer acima de 20% em Abril

20-06-2018 (16h28)

As empresas portuguesas de transporte aéreo de passageiros, as maiores das quais a TAP, a Azores Airlines, a euroAtlantic e a Hi Fly, aumentaram em Abril as vendas ao estrangeiro em 23,2%, alcançando assim um aumento médio em 15,3% no quadrimestre.

CEO da TAP diz que auditoria do TdC é "assunto de accionista" mas afirma-se "confiante" no futuro

20-06-2018 (14h56)

Antonoaldo Neves, CEO da TAP, escusou-se hoje a comentar a auditoria do Tribunal de Contas (TdC) que aponta uma acrescida "exposição" do Estado português a "contingências adversas" da companhia, mas dizendo estar "confiante" num bom desempenho financeiro da empresa.