Siris e Evergreen compram Travelport por 4,4 mil milhões de dólares

30-05-2019 (16h45)

Imagem: Travelport
Imagem: Travelport

As financeiras Siris Capital Group e Evergreen Coast Capital Corporation concluíram o processo de aquisição da Travelport, por 4,4 mil milhões de dólares, cerca de 3,95 mil milhões de euros ao câmbio de hoje.

A empresa vai continuar a operar como Travelport Worldwide Limited e será detida totalmente por afiliados da Siris e da Evergreen, sendo que as acções ordinárias da Travelport serão retiradas da Bolsa de Valores de Nova Iorque.

O Conselho de Administração da nova Travelport será liderado pelo presidente executivo John Swainson, um sócio executivo da Siris e ex-executivo da IBM Corporation, da CA, Inc. (anteriormente Computer Associates) e do grupo Dell Software.

Citado em comunicado, John Swainson afirmou que a Travelport, “através das suas capacidades de distribuição, serviços de tecnologia, soluções de pagamento inovadoras e outras ferramentas digitais”, está “bem posicionada para implantar a sua especialização à escala global e local para fornecer soluções-chave para fornecedores e agências de viagens”.

“Com o apoio combinado da Siris e da Evergreen, estou ansioso por fazer parcerias com a gestão para impulsionar novas oportunidades de inovação e crescimento”, acrescentou o John Swainson.

Gordon Wilson, presidente e CEO da Travelport, por sua vez, comentou: “Começámos a construir um óptimo relacionamento com as equipas da Siris e da Evergreen. Esperamos trabalhar em conjunto enquanto continuamos a desenvolver e investir na nossa plataforma para atender às necessidades dos nossos clientes”.

“Estamos confiantes de que o apoio da Siris e da Evergreen permitirá à Travelport executar a sua estratégia numa excitante nova fase de inovação e liderança no secto”, acrescentou Gordon Wilson.

Uma informação divulgada pela Travelport em Fevereiro acerca de reuniões com accionistas e funcionários citava o co-fundador do Siris Capital Group, Frank Baker, a afirmar que pretendia impulsionar a indústria da distribuição de viagens para uma espécie de “versão 2.0”, significando ter um crescimento mais agressivo (clique para ler: Potenciais compradores da Travelport perspectivam crescimento mais agressivo).

O acordo de compra da Travelport foi anunciado em 10 de Dezembro de 2018 e aprovado pelos accionistas da Travelport em 15 de Março deste ano (clique para ler: Siris e Evergreen Coast assinam acordo para comprar a Travelport).

No primeiro trimestre deste ano, a Travelport teve uma quebra de proveitos em 3% ou cerca de 19,6 milhões de dólares, centrada na Europa e nos Estados Unidos, que eram os seus dois maiores mercados (clique para ler: Travelport baixa proveitos por quebras de reservas na Europa e nos Estados Unidos).

 

Clique para ver mais: Travelport

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Expansão da TAP “espera ansiosamente" pelo aeroporto no Montijo – Miguel Frasquilho

18-10-2019 (13h40)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, afirmou em Macau que a expansão da TAP depende da construção do novo aeroporto no Montijo, que a companhia aérea portuguesa “espera ansiosamente" para poder expandir na Portela, em Lisboa.

Presidente da TAP descarta voos directos para a China “num futuro imediato”

18-10-2019 (13h38)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, descartou a hipótese de a companhia fazer voos directos de Portugal para a China "num futuro imediato", apesar do crescimento de turistas daquele país asiático.

TAP anuncia mais 20% de capacidade para Luanda no próximo ano

17-10-2019 (14h53)

A TAP vai reforçar a sua capacidade para Luanda em mais 20% a partir do próximo ano, anunciou na capital angolana o seu Chief Marketing and Sales Officer, Abílio Martins, que realçou que para a companhia Angola “é um mercado estratégico”.

EgyptAir abre terceira rota para a China

17-10-2019 (13h47)

A companhia de aviação egípcia EgyptAir, parceira da TAP na Star Alliance, anunciou para finais do próximo mês a abertura da sua terceira rota para a China, do seu hub no Cairo para Hangzhou.

Swiss retoma hoje operação normal em A220

17-10-2019 (13h39)

A Swiss, companhia de aviação suíça do grupo Lufthansa, anunciou que hoje retoma o calendário normal de voos em Airbus A220, que decidiu interromper depois de na terça-feira ter tido que desviar para Paris um voo Londres Heathrow - Genebra porque um dos motores parou.

Noticias mais lidas