Singapore recebe primeiro Airbus que voa 20 horas sem escalas

24-09-2018 (17h24)

Foto: H. Goussé, Airbus
Foto: H. Goussé, Airbus

A Singapore Airlines já tem na sua frota o primeiro Airbus A350XWB Ultra Long Range, que como o nome indica se distingue pelas grandes distâncias que pode voar sem escalas.

O último modelo do A350 XWB é capaz de voar uma distância maior em serviço comercial do que qualquer outro avião, com um alcance de até 9.700 milhas náuticas (aproximadamente 18.000km) ou 20 horas sem escala.

A Singapore Airlines encomendou sete A350-900ULR, configurados em duas classes, com 67 lugares na Classe Executiva e 94 lugares na Classe Premium Economy.

O início da operação do novo avião está previsto para 11 de Outubro, em voos directos entre Singapura e Nova Iorque, com uma duração de 18 horas e 45 minutos, que passarão a ser os voos comerciais mais longos do mundo.

Depois de Nova Iorque, o avião entrará em serviço em mais duas rotas directas transpacíficas, para Los Angeles e São Francisco.

“A entrega de hoje é um marco para a Airbus e para a Singapore Airlines, pois começamos um novo capítulo no transporte aéreo sem escala”, afirmou o presidente executivo da Airbus, Tom Enders.

“Com o seu alcance sem igual e o salto qualitativo na eficiência do combustível, o A350 está posicionado de forma única para satisfazer a procura por novos serviços de ultra longo curso. A combinação entre a cabine silenciosa e espaçosa do A350 e o serviço em voo mundialmente reconhecido da Singapore Airlines, assegurará os níveis mais altos de conforto dos passageiros nas rotas mais longas do mundo”, acrescentou.

 

Clique para mais notícias: Singapore Airlines

Clique para mais notícias: Airbus

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP vai investir “cada vez mais” nas vendas directas

22-03-2019 (15h13)

As vendas da TAP através dos seus canais directos, como o seu website e o contact center, representaram 41% das vendas da companhia aérea em 2018, e o objectivo é chegar a 50%, disse hoje Raffael Quintas, Chief Financial Officer (CFO) da companhia.

Companhia aérea indonésia cancela encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX

22-03-2019 (14h30)

A companhia aérea indonésia Garuda anunciou hoje o cancelamento de uma encomenda de 49 aviões Boeing 737 MAX, aparelho ligado a dois acidentes, o mais recente dos quais a 10 de Março, na Etiópia.

Aprovado projecto de lei que retira limite ao investimento estrangeiro nas companhias aéreas brasileiras

21-03-2019 (18h07)

A Câmara de Deputados do Brasil aprovou um projecto de lei que retira o limite de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras, muito semelhante à Medida Provisória 863 editada em Dezembro de 2018 pelo ex-presidente Michel Temer, que foi preso hoje, 21 de Março, por suspeitas de corrupção.

Privatização parcial da TAAG avança ainda este ano, diz ministro dos Transportes angolano

20-03-2019 (17h07)

O ministro dos Transportes angolano, Ricardo de Abreu, disse hoje à agência Lusa que a privatização parcial da companhia de aviação angolana TAAG deverá avançar ainda este ano.

TAP fez o primeiro voo comercial de um A330neo nos EUA

20-03-2019 (11h05)

A TAP realizou esta terça-feira o primeiro voo comercial de um Airbus A330-900 Neo nos Estados Unidos, ao aterrar uma aeronave deste modelo em Miami, num voo procedente de Lisboa com 193 passageiros a bordo.