Sevenair quer exclusão da Binter do concurso para os voos Funchal - Porto Santo

02-05-2018 (11h21)

A companhia de aviação Sevenair requereu hoje a exclusão da concorrente Binter, que está à frente no concurso para a concessão da ligação aérea entre Funchal e Porto Santo, por “infração ao clausulado do caderno de encargos”.

“Após consulta da proposta da Binter, na plataforma saphety, foram detectadas infracções ao clausulado do caderno de encargos e que devem conduzir à sua exclusão, sob pena de ilegalidade do futuro acto de adjudicação”, afirma a Sevenair, que assegurou aquela ligação nos últimos três anos, em comunicado citado pela Agência Lusa.

A Sevenair aponta ao júri do concurso público internacional, entre outras, a violação do número de frequências mínimas por parte da companhia aérea espanhola Binter em uma por dia, ou seja, 365 por ano, o que é “inferior ao mínimo de 517 frequências exigidas no caderno de encargos”.

Indica ainda que a Binter “não identifica na sua proposta uma aeronave específica para o serviço da linha, nem uma aeronave específica para o ‘back-up’ [plano B] da linha”.

Considera também a proposta da Binter “confusa e enganadora”, por não apresentar a “designação nominal das quatro tripulações afectas à linha” nem o “número ou percentagem dos membros da tripulação comercial (tripulação de cabina) que assegura as ligações que dominam a língua portuguesa”.

A companhia aérea espanhola Binter está à frente, por três pontos, no concurso público internacional para a concessão da exploração dos serviços aéreos regulares na rota Porto Santo - Funchal - Porto Santo, disse à Lusa fonte ligada ao processo.

Segundo adiantou a mesma fonte, as três concorrentes - LFAS - Lease Fly Aviation Services SA, a Binter Canárias SA e a a Aero Vip - Companhia de Transporte e Serviços Aéreos SA (Sevenair) - foram informadas da decisão preliminar que opta pela proposta da companhia regional espanhola, decorrendo agora um período de audiência antes da decisão final (para ler mais clique: Binter é favorita no concurso para os voos entre a Madeira e o Porto Santo).

A concessão, de acordo com o “Diário da República” de 3 de Março de 2017, será pelo período de três anos, no valor de cerca de 5,6 milhões de euros.

A Binter começou por ser uma companhia aérea regional espanhola, que opera desde 1989, primeiro ligando as Canárias e mais tarde aquele arquipélago a destinos internacionais.

A transportadora tem ligações entre as Canárias e o Funchal e Lisboa e, em 2016, começou a operar em Cabo Verde, através da Binter Cabo Verde, que assegura em exclusividade, desde Agosto de 2017, os voos no arquipélago.

A portuguesa Sevenair, que detém actualmente esta concessão, anunciou hoje que vai contestar o resultado do concurso público internacional, realçando que, ao longo dos últimos três anos, o serviço público de transporte aéreo entre o Porto Santo e Funchal “tem sido prestado cumprindo escrupulosamente o caderno de encargos que esteve na sua origem”.

“Em toda a duração de tempo da concessão não existiu um único incidente que possa ser apontado”, salientou, anunciando que a empresa, que foi notificada na sexta-feira, tem cinco dias para se pronunciar.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Está pronto para a era do NDC? – por Ian Heywood

21-09-2018 (16h36)

Com a New Distribution Capability (NDC) da IATA ainda a ser essencialmente um conjunto de interrogações, mas já a ‘abalar’ o mundo da comercialização de viagens, o PressTUR publica as reflexões de Ian Heywood, Global Head of Product & Marketing, Air Commerce da Travelport.

Turkish Airlines já ultrapassou os 50 milhões de passageiros este ano

21-09-2018 (15h06)

A Turkish Airlines, única companhia de aviação com voos regulares entre Portugal e a Turquia, e que em Portugal também vende conexões além Istambul, nomeadamente para o Extremo Oriente, informou que no fim de Agosto já somava mais de 50 milhões de passageiros transportados este ano, com um aumento médio em 13,1%.

Grupo LATAM reconhecido como líder nas Américas na área da sustentabilidade

21-09-2018 (14h54)

O LATAM Airlines Group foi nomeado na categoria "World" do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI) pelo quinto ano consecutivo.

Presidente de Angola decreta transformação da TAAG em sociedade anónima

21-09-2018 (14h15)

O Presidente de Angola aprovou num decreto a transformação da companhia aérea angolana TAAG em sociedade anónima, primeiro passo para a provável privatização da empresa, cujo Conselho de Administração foi exonerado.

easyJet põe à venda voos até 23 de Junho de 2019

21-09-2018 (12h51)

A easyJet anunciou que já tem disponíveis as reservas para os seus voos até 23 de Junho de 2019, com um total de 26 milhões de lugares em mais de 151 mil voos.