Seguranças do Aeroporto de Madrid vão estar em greve no dia 21 de Dezembro

04-12-2018 (15h55)

Foto: AENA
Foto: AENA

O sindicato Alternativa Sindical convocou os profissionais de segurança da empresa Eulen no Aeroporto de Madrid-Barajas para uma greve no dia 21 de Dezembro.

A paralisação, que convoca 300 trabalhadores, deve-se ao incumprimento da empresa com o pagamento de um bónus acordado com o Governo espanhol.

A Alternativa Sindical, de acordo com a imprensa espanhola, não descarta estender a convocatória a outras áreas da segurança, onde actua empresa Ilunion, que acusa de incumprimento do acordo feito com o Governo e de um acordo assinado com o próprio sindicato em Agosto e que levou à desconvocação de uma greve que estava agendada para esse mês.

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Groundforce prevê investir 2,85 milhões de euros em 2019 e acredita que vai operar no Montijo

21-01-2019 (15h30)

A Groundforce estima investir este ano 2,85 milhões de euros, avançou o presidente executivo, Paulo Neto Leite, que está convicto de que a empresa de handling (assistência em terra) irá operar no futuro aeroporto complementar do Montijo.

Ryanair assina acordo com a SiteMinder para vender hotéis na Europa

21-01-2019 (14h15)

A Ryanair, que há uma semana deu por terminada a sua incursão na venda online de pacotes turísticos, assinou um acordo com a SiteMinder para comercializar hotéis na Europa através da sua plataforma Ryanair Rooms.

TAP reivindica “confiança” da banca internacional

21-01-2019 (13h07)

A TAP informou hoje que nos últimos oito meses captou “empréstimos superiores a 240 milhões de euros”, salientando que se trata de financiamentos de “bancos internacionais de primeira linha” e que demonstram “um enorme voto de confiança na Companhia”.

APG Portugal acrescenta Middle East Airlines ao seu programa de interline

21-01-2019 (10h40)

A Middle East Airlines, companhia aérea de bandeira do Líbano, passou a integrar o programa de emissão de bilhetes interline da APG Portugal, que já conta com 81 transportadoras.

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

Ultimas Noticias