SATA Internacional e TAP são das seis piores em pontualidade em Abril, Ranking da OAG

08-05-2018 (15h48)

A Azores Airlines (antiga SATA Internacional) e a TAP cotaram-se em Abril entre as piores companhias em pontualidade no ranking publicado pela OAG, respectivamente em 151ª e em 148ª entre 153 companhias de aviação de todo o mundo.

A Azores Airlines foi a terceira pior classificada, melhor apenas que a canadiana Air Inuit e que a argelina Tassil Airlines, com 47% de chegadas até 15 minutos da hora anunciada.

A TAP, por sua vez, ficou em 148ª com 53,8% de chegadas até 15 minutos da hora anunciada, melhor apenas que a Air Inuit, a Tassil Airlines, a Azores Airlines, a Regional Jet e a ViaAir.

Em Abril de 2017, a TAP esteve 81.º posto, entre 137 companhias, com 74,9% de chegadas sem atrasos e 9.682 voos (para ler mais clique: TAP melhora ligeiramente no ranking de pontualidade da OAG).

A melhor companhia portuguesa no ranking da OAG foi de novo este Abril a SATA Air Açores em 128ª, com 66,7% chegadas à hora, mas 3,1% de cancelamentos, à frente da Air France, com 67%.

O ‘ranking' de pontualidade em Abril deste ano foi liderado pela T'way Air, da Coreia do Sul, com 99,5% de chegadas à hora de um total de 3.419 voos.

Entre as grandes companhias, a Copa (9.921 voos) foi a que teve o melhor registo com 90,9% dos voos á hora.

Também com registos acima dos 90% estiveram a grega Aegean Airlines, com 90,1%, a Binter Canárias, com 90%, ambas a operarem de/para Portugal, seguindo-se a LATAM Brasil (antiga TAM), que tem anunciado começar a voar este ano de São Paulo para Lisboa, com 89,8%.

A OAG inclui ainda no seu ranking a Aero VIP, com 556 voos regionais, e que teve 87,6% de chegadas sem atrasos e 1,9% de cancelamentos, enquanto a Orbest, do grupo Barceló, operou com sucesso todos os 20 voos no quarto mês de 2018 e registou 80% de chegadas sem atrasos.

O ranking que a OAG publica por número de voos no mês liderado em Abril pelas quatro maiores companhias dos Estados Unidos, a American Airlines, com 187.844 voos, a Delta Airlines, com 159.520, a United Airlines, com 141.753, e a Southwest, com 117.478, seguida pela Ryanair, com 68.160, a TAP está no lugar 59, com 11.263 voos.

A companhia açoriana SATA Air Açores está em 222ª, com 1.235, a Azores Airlines está em 268ª, com 625, e a Aero Vip é 275ª, com 556, e a Orbest é 375ª, com 20.

Em regularidade (percentagem de voos cancelados relativamente aos calendarizados), a OAG indica que a pior portuguesa em Abril foi SATA Air Açores, com 3,1% em 1.235 voos, seguida pela TAP, com 1,9% em 11.263 voos, Aero VIP, com 1,9% em 556 voos, Azores Airlines, com 1% em 625 voos.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Para ler mais clique:

TAP e SATA's ficaram entre as piores do mundo em pontualidade no mês de Março, OAG

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.