Ryanair perde COO com a crise da ‘salganhada’ das escalas de pilotos

08-10-2017 (21h46)

O primeiro responsável de Operação da Ryanair (COO, do inglês Chief Operations Officer), Michael Hickey, é, para a imprensa britânica o primeiro executivo da low cost ‘a cair’ pela ‘salganhada’ na gestão de pilotos que a levou a ter que cancelar milhares de voos e centenas de milhares de reservas.

A imprensa britânica diz que Michael Hickey sairá no fim do mês e que o CEO Michael O’Leary lamentou a sua saída, dizendo que será uma dura tarefa encontrar um substituto.

Hickey entrou para a Ryanair em 1988 e em 2000 foi promovido a director de Engenharia, a que se seguiu, há três anos, a promoção a COO.

A imprensa realça que ele era responsável pelas escalas de pilotos quando começaram os problemas, mas essa responsabilidade foi-lhe retirada e entregue ao Chief People Officer, Edward Wilson, a 27 de Setembro, quando a Ryanair anunciou a segunda vaga de cancelamentos.

Uma declaração de O’Leary citada na imprensa britânica diz que Michael Hickey deu um “enorme contributo” para a Ryanair nos últimos 30 anos”especialmente para a qualidade e segurança da nossa engenharia e funções de operações”.

As notícias da imprensa internacional realçam que os problemas não se circunscrevem às escalas, salientando que O’Leary já teve que escrever aos pilotos a ‘retratar-se’ de comentários negativos que tinha feito sobre eles, a apelar-lhes para não trocarem a companhia pela concorrência e prometendo-lhes aumentos salariais.

A Ryanair tem-se empenhando no entanto em afirmar a sua capacidade de recrutamento de pilotos, tendo indicado que nas últimas 12 semanas contratou 210 novos pilotos e que desde o início do ano entraram para a companhia 822.

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Novo sistema de gestão do espaço aéreo “em princípio, estará completamente operacional em 2021” - NAV

25-05-2018 (17h04)

O presidente da NAV Portugal, Jorge Ponce de Leão, afirmou que o novo sistema de gestão do espaço aéreo deverá estar “completamente operacional em 2021”, antes da entrada em operação do aeroporto do Montijo.

Governo aprova proposta para registo de identificação dos passageiros aéreos

25-05-2018 (16h59)

A proposta de lei que vai permitir às companhias aéreas transmitir dados dos viajantes para um registo de identificação dos passageiros (PNR, na sigla em inglês) como forma de prevenir terrorismo e criminalidade grave foi aprovada pelo Governo.

TAP transporta +19% de passageiros entre Portugal e Espanha e alcança quota de 42,2%

25-05-2018 (16h38)

A TAP reforçou a liderança do transporte aéreo de passageiros entre Portugal e Espanha com um crescimento 16% ou 2,6 pontos mais forte que o mercado no primeiro quadrimestre, o que lhe deu um reforço da quota de mercado em 0,9 pontos, para 42,2%, ainda que tenha baixado no Aeroporto de Madrid, onde a líder é a Iberia que este ano começou a ter também voos de/para o Porto.

Sevilha é a principal rota espanhola da TAP depois de Madrid e Barcelona

25-05-2018 (16h36)

A TAP transportou até Abril 40 mil passageiros em voos de/para Sevilha, o que faz da capital andaluza a primeira origem/destino em Espanha depois das duas grandes metrópoles, Madrid e Barcelona, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR.

Laudamotion começa a voar Viena - Faro a 28 de Outubro

25-05-2018 (11h06)

A Laudamotion, criada a partir da venda falência do grupo Air Berlin e onde a Ryanair aguarda autorização para ser accionista maioritária, tem programado abrir a sua base em Viena em finais de Outubro, com 20 rotas, uma das quais Faro, com dois voos por semana.