Ryanair perde COO com a crise da ‘salganhada’ das escalas de pilotos

08-10-2017 (21h46)

O primeiro responsável de Operação da Ryanair (COO, do inglês Chief Operations Officer), Michael Hickey, é, para a imprensa britânica o primeiro executivo da low cost ‘a cair’ pela ‘salganhada’ na gestão de pilotos que a levou a ter que cancelar milhares de voos e centenas de milhares de reservas.

A imprensa britânica diz que Michael Hickey sairá no fim do mês e que o CEO Michael O’Leary lamentou a sua saída, dizendo que será uma dura tarefa encontrar um substituto.

Hickey entrou para a Ryanair em 1988 e em 2000 foi promovido a director de Engenharia, a que se seguiu, há três anos, a promoção a COO.

A imprensa realça que ele era responsável pelas escalas de pilotos quando começaram os problemas, mas essa responsabilidade foi-lhe retirada e entregue ao Chief People Officer, Edward Wilson, a 27 de Setembro, quando a Ryanair anunciou a segunda vaga de cancelamentos.

Uma declaração de O’Leary citada na imprensa britânica diz que Michael Hickey deu um “enorme contributo” para a Ryanair nos últimos 30 anos”especialmente para a qualidade e segurança da nossa engenharia e funções de operações”.

As notícias da imprensa internacional realçam que os problemas não se circunscrevem às escalas, salientando que O’Leary já teve que escrever aos pilotos a ‘retratar-se’ de comentários negativos que tinha feito sobre eles, a apelar-lhes para não trocarem a companhia pela concorrência e prometendo-lhes aumentos salariais.

A Ryanair tem-se empenhando no entanto em afirmar a sua capacidade de recrutamento de pilotos, tendo indicado que nas últimas 12 semanas contratou 210 novos pilotos e que desde o início do ano entraram para a companhia 822.

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.