Ryanair inicia processo para despedir 512 funcionários em Espanha

26-08-2019 (16h24)

Foto: Ryanair
Foto: Ryanair

A Ryanair inciou um processo de despedimento colectivo que poderá afectar cerca de 512 tripulantes de cabina e pilotos em Espanha, onde confirmou o encerramento das bases de Las Palmas, Tenerife Sul, Lanzarote e Girona, para o próximo dia 8 de Janeiro, segundo avançou o sindicato USO.

O comunicado, citado na imprensa espanhola, indica que o despedimento abrange 164 pessoas em Girona, 156 em Tenerife Sul, 110 em Las Palmas e 82 em Lanzarote.

Citado na nota de imprensa, o secretário do sindicato USO, Jairo Gonzalo, confirmou que os funcionários receberam uma notificação da Ryanair quando o sindicato estava reunido com a direcção da companhia aérea para chegar a acordo sobre os serviços mínimos para dez dias de greve convocados para Setembro.

Jairo Gonzalo avança que enquanto estavam reunidos com a direcção da companhia “os responsáveis de recursos humanos da Ryanair, Crewlink e Workforce enviavam e-mails às equipas a anunciar o encerramento das bases”.

A transportadora irlandesa justifica o encerramento das bases com o atraso das entregas dos aviões B737 Max, com os efeitos do Brexit e com a quebra dos lucros nos últimos dois anos (ver também: Atraso do B737 MAX ‘vai custar’ cinco milhões de passageiros à Ryanair em 2020/2021).

O sindicato USO, porém, defende que a companhia está a desmantelar as bases em Espanha porque aplicar a legislação laboral espanhola é mais caro do que contratar novas tripulações através de outras empresas onde as condições são mais precárias.

Os tripulantes de cabina da Ryanair vão estar em greve nos dias 1, 2, 6, 8, 13, 15, 20, 22, 27 e 29 de Setembro, contra os despedimentos e encerramentos de bases.

A companhia aérea assegura que, apesar do encerramento das bases, “nenhuma rota será afectada”, porque os destinos serão servidos por voos a partir de outras bases.

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Espanha

Clique para ver mais: Ryanair

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos espanhóis têm no fim de Agosto mais quase nove milhões de passageiros

12-09-2019 (15h02)

Os aeroportos espanhóis estão no fim de Agosto com mais quase nove milhões de passageiros que nos primeiros oito meses de 2018, sobressaindo Madrid, com mais 2,6 milhões, Barcelona, com mais 1,7 milhões, e Palma de Maiorca, Málaga e Alicante, cada aumentos acima dos 700 mil passageiros.

Royal Air Maroc já abriu reservas para voos Casablanca - Pequim Daxing

12-09-2019 (14h31)

A companhia de aviação marroquina Royal Air Maroc (RAM), que voa para os aeroportos portugueses de Lisboa e do Porto, já abriu as reservas para os voos entre o seu hub de Casablanca e o novo aeroporto da capital chinesa, Pequim Daxing, que tem programado começar a 16 de Janeiro próximo.

América Latina destaca-se como ‘motor’ de crescimento do IAG

11-09-2019 (18h57)

O IAG, segundo maior grupo europeus de aviação, deveu quase 50% do seu crescimento de tráfego este Agosto às ligações com países da América Latina, com aumentos em 25,5% do número de passageiros embarcados e em 21,3% do tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados).

Justiça brasileira rejeita pedido de falência da Avianca Brasil

11-09-2019 (13h47)

O Tribunal de Justiça de São Paulo rejeitou o pedido de falência da companhia de aviação Avianca Brasil, do grupo dos irmãos Efromovich, e manteve o plano de recuperação judicial a decorrer desde Dezembro.

TAP confirma reanimação da procura de voos no Brasil

10-09-2019 (16h41)

A TAP assinalou a reanimação do mercado brasileiro, o seu maior em receita pelo menos em 2018, ao anunciar que "recuperação do mercado brasileiro influencia crescimento consecutivo do número de passageiros transportados nas rotas de e para o Brasil em Agosto".

Noticias mais lidas