Ryanair e easyJet “fazem” crescimento do Porto mas TAP manteve-se a nº1 no primeiro semestre

19-07-2010 (10h59)

A Ryanair e a easyJet transportaram mais quase 320 mil passageiros de e para o Aeroporto do Porto no primeiro semestre, mas neste período a TAP conseguiu ainda ter a liderança, com mais cerca de 45 mil passageiros que a low cost liderada por Michael O’Leary, que escolheu a Invicta para a sua primeira base em Portugal.

Dados do Aeroporto do Porto a que o PressTUR teve acesso indicam que nos primeiros seis meses deste ano a TAP transportou de e para o Porto 779.829 passageiros, o que equivale a 33,6% do total de passageiros comerciais embarcados e desembarcados na Invicta, e a Ryanair transportou 734.188, o que equivale a 31,7% do total.
Depois, vêm a easyJet, com 294.458 passageiros  (12,7% do total), Lufthansa, com 131.626 (5,7% do total) e Transavia France, com 93.309 (4% do total).
Destas cinco companhias, apenas a Ryanair e a easyJet ganham quota de mercado, respectivamente em 6,35 e em 3,06 pontos.
A Ryanair cresce 42,5%, o que equivale a mais cerca de 219 mil passageiros que no ano passado, e a easyJet cresce 50,3%, o que equivale a mais cerca de 99 mil passageiros.
A TAP também cresce, em 1,6% ou cerca de 12 mil passageiros, e perde 4,16 pontos de quota de mercado.
Já a Lufthansa e a Transavia France têm quedas, respectivamente em 0,4% (menos cerca de meio milhar de passageiros) e em 5,7% (menos cerca de 5,6 mil).
O aeroporto do Porto foi o que mais cresceu em Portugal no primeiro semestre, tendo um aumento do número de passageiros em voos comerciais de 14,1% ou 286,5 mil, para 2.319.095.
Para este crescimento contribuíram ainda a Air Berlin (+12% ou mais cerca de 4,7 mil passageiros, para 44.226), a Luxair (+19% ou mais cerca de 3,1 mil, para 19.718) e a White (+186,9% ou mais cerca de 5,9 mil, para 8.990), que tem o quarto maior crescimento em valor absoluto.
Além destas empresas, registaram também crescimentos a Air Transat (+8,8%, para 6.893 passageiros), a Iberworld (+24,2%, para 2.947), a Eruope Airpost (+6,2%, para 2.864) e a Tunisair (com aumento acima de 250%, para 1.607).
Para o crescimento do aeroporto do Porto no primeiro semestre contribuíram ainda o início de operações de companhias como a Viking Airlines (dois mil passageiros), Sky Airlines (1.410) e Travel Services (1.127).
À margem da tendência de crescimento do tráfego ficaram a Air Nostrum (-10,4% ou menos cerca de 8,2 mil passageiros, para 71.129), Aigle Azur (-7,9% ou menos cerca de 3,9 mil, para 45.381), SATA Internacional (-3,2% ou menos cerca de 1,4 mil, para 43.047), Brussels (-2,1% ou menos cerca de 0,5 mil, para 24.178).
Em relação ao mês de Junho, os dados a que o PressTUR teve acesso mostra que as cinco maiores companhias na Invicta tiveram crescimentos do tráfego em relação ao período homólogo de 2009, destacando-se os aumentos em 54,3% ou cerca de 52,7 mil da Ryanair, para 149.631, e em 64,3% ou cerca de 22,2 mil da easyJet, para 56.736.
A Ryanair, que foi de novo líder em Junho, ganhou sete pontos de quota de mercado, subindo para 32,6% do total de passageiros do Aeroporto Sá Carneiro, e a easyJet, terceira maior, ganhou 3,29 pontos, para 12,4%.
A TAP, nº 2 em Junho, cresceu 7,2% ou quase 9,5 mil, para 140.902 (30,7% do total), a Lufthansa cresceu 2,3% ou cerca de 0,6 mil, para 26.051 (5,7% do total), e a Transavia France cresceu 21,3% ou cerca de 3,3 mil, para 18,971.
As maiores quedas do número de passageiros em Junho foram as da Hapag-Lloyd Express, com –97,6% ou menos cerca de 6,8 mil, para 164, Air Nostrum, franchisada da Iberia, com –13,9% ou menos cerca de dois mil, para 12.688, e SATA Internacional, com –15,7% ou menos cerca de 1,7 mil, para 9.278.
Entre as companhias que mais cresceram em Junho, a White, que opera charters à partida do Porto para o operador turístico Soltour, foi a que teve o maior incremento do número de passageiros depois da Ryanair, easyJet, TAP e Transavia France, com mais cerca de 2,2 mil (+69,3%), para 5.304.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.