Ryanair cai 6,4% em Faro no mês de Julho e agrava quebra este ano para 5,5%

19-08-2014 (17h02)

Aeroporto cresce 1,5% em Julho e 4,2% nos primeiros sete meses

A Ryanair, maior companhia no Aeroporto de Faro está a ser também a que mais penaliza o seu crescimento este ano, com um decréscimo de 56,8 mil passageiros nos primeiros sete meses deste ano, cerca de 17 mil dos quais no mês de Julho, de acordo com dados a que o PressTUR teve acesso e que mostram que Ryanair é uma excepção entre as maiores companhias que voam de para o Algarve.

A informação indica que apesar da quebra da sua maior companhia, em 6,4% no mês de Julho, para 248,2 mil passageiros, e em 5,5% nos primeiros sete meses, para 971,1 mil, o Aeroporto de Faro teve aumentos de passageiros em ambos os períodos, com +1,5% ou mais 12,5 mil no mês de Julho, para 867,3 mil, e +4,2% ou mais 139,7 mil desde o início deste ano, para 3,477 milhões.
Os maiores contributos para o crescimento no mês de Julho vieram da easyJet, com +8,5% ou mais 11,6 mil passageiros, para 147,8 mil, Norwegian, com +41,8% ou mais 5,2 mil, para 17,8 mil, Aer Lingus, com +6,8% ou mais 3,3 mil, para 52,6 mil, Air Berlin, com +9,7% ou mais cerca de dois mil, para 22,3 mil, e TAP, com +3,7% ou mais cerca de 700, para 19,1 mil.
Por origens/destinos, sobressaíram, pela positiva, o aumento de 20,5 mil passageiros nas ligações com o Reino Unido (+4,7%), para 460,5 mil, ou seja 53,1% do total de passageiros embarcados e desembarcados no mês, e, pela negativa, as quedas da Holanda, em quase oito mil (-9,4%, para 76,7 mil), e da Alemanha, em cerca de 6,3 mil (-6,4%, para 92,5 mil).
Nos sete meses de Janeiro a Novembro, a Monarch é a companhia que mais contribui para compensar a queda da Ryanair, com um aumento de 43,6 mil passageiros (+13,9%, para 357,5 mil).
Seguem-se os aumentos de 37 mil passageiros da Jet2.com (+18,4%, para 238,1 mil), de 30,9 mil da easyJet (+5,2%, para 656,5 mil) e de 30,7 mil da British Airways (+58,5%, para 83,3 mil).
Depois vêm os aumentos da Air Berlin, em 15,7 mil (+13,7%, para 130,2 mil), Aer Lingus, em 5,5 mil (+3,1%, para 183,5 mil), da TAP, em 3,2 mil (+3,1%, para 109,3 mil), e da Transavia.com, em 1,7 mil (+0,6%, para 269,6 mil).
O Reino Unido foi nestes sete meses a origem/destino de 54,4% dos passageiros que voaram de e para Faro, com um total de 1,892 milhões, +6,3% ou mais 111,3 mil que no período homólogo de 2013.
A segunda maior origem/destino foi a Alemanha e a terceira foi a Holanda, mas ambas com quedas ligeiras, respectivamente em 2,8 mil passageiros (-0,7%, para 373,6 mil) e em 2,2 mil (-0,7%, para 316,6 mil).
Depois vem os voos de e para a Irlanda, com 314,5 mil (+2,4% ou mais 7,5 mil), os voos domésticos, com 190,8 mil (+2,7% ou mais quase cinco mil), França, com 90,6 mil (+13,2% ou mais 10,6 mil), Bélgica, com 77,2 mil (+8,1% ou mais 5,8 mil), Espanha, com 55 mil (-3,1% ou menos 1,7 mil), Dinamarca, com 34,9 mil (-2,5% ou menos cerca de 900), e Noruega, com 29,2 mil (-4,7% ou menos 1,4 mil).
A informação a que o PressTUR teve acesso indica que as companhias ‘tradicionais' são as que registam o aumento mais forte de passageiros em Faro, com +12,9%, mas a sua participação no tráfego é de apenas 18% (626,1 mil passageiros, mais 71,4 mil).
As low cost, que concentraram 73,5% do tráfego nos primeiros sete meses deste ano, tiveram um crescimento em 4,4% ou 108,9 mil passageiros, para 2,558 milhões.
Os charters, que há uns anos predominavam em Faro, estão reduzidos a 8,4% dos passageiros, com uma queda este ano em 12,1% ou 40,5 mil, para 293,4 mil.
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

TAP confirma A321neo LR na rota Porto – Newark

18-01-2019 (11h56)

A TAP confirmou que a partir de 1 de Junho vai voar entre Porto e Nova Iorque Newark seis vezes por semana com um avião Airbus A321neo Long Range, como o PressTUR noticiou esta terça-feira, dia 15.

Norwegian vai encerrar bases em Espanha, Itália e EUA

18-01-2019 (11h30)

A companhia de aviação Norwegian Air Shuttle anunciou que vai encerrar a partir de Abril várias bases em Espanha, Itália e Estados Unidos, para melhorar o seu desempenho financeiro.

Aeroportos portugueses já ficaram em Novembro abaixo do crescimento médio na União Europeia

17-01-2019 (17h49)

O estancamento do Aeroporto de Lisboa arrastou o país dos tops de crescimento da aviação comercial na União Europeia para níveis inferiores à média, de acordo com o ACI Europa, que até mostrou Faro no Top5 de crescimento em Novembro dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano.

“A festa poderá estar a acabar em breve”, avisa director-geral do ACI Europa

17-01-2019 (17h47)

O director-geral do ACI Europe, Olivier Jankovec, citado em comunicado da organização, comentou que os dados de Novembro mostram que o transporte aéreo de passageiros “continuam a desafiar um ambiente geopolítico e económico crescentemente desafiador”, mas que “a festa poderá estar a acabar em breve”.