Ryanair admite que é quase impossível duas pessoas viajarem juntas se não pagarem para escolher lugar

29-06-2017 (16h16)

Um porta-voz da Ryanair admitiu hoje que os clientes que não pagam para escolher lugar é “quase certo” que lhes será atribuído um dos lugares do meio da fila, uma queixa que está avolumar-se por parte de clientes da low cost que acusam de actuar dessa forma para ‘sacar’ mais uns euros.

O que está em causa é que quem não paga entre dois e 15 euros para escolher lugar, por um lado quase por certo ‘ficará entalado’ no meio da fila, como, também, além de que se pretender viajar acompanhado é quase seguramente impossível porque o sistema separa as pessoas, por vezes, como se queixava um passageiros, com “um avião de distância”.

A questão tem estado em efervescência nas redes sociais ao ponto de a BBC ter avançado para um BBC Watchdog sobre o tema, para o qual teve a colaboração da directora da Oxford University Statistical Consultancy, que perante um caso concreto de quatro reservas em que grupos de quatro passageiros foram todos colocados nos lugares do meio disse que a probabilidade disso acontecer ‘de forma limpa’ era de uma em 540 milhões, ou seja, um pouco pior que ganhar a lotaria, cuja probabilidade é de um em 45 milhões.

Face a este ‘engrossar’ das críticas, um porta-voz da Ryanair veio admitir o que já era óbvio, que não só quando os passageiros pagam para escolher escolhem maioritariamente janela ou coxia, como que o sistema da companhia guarda esses lugares para os que venham a pagar.

As hipóteses de passageiros que não pagam para escolher lugar ficarem separados “são extremamente altas porque muitos dos nossos clientes escolhem pagar para reservarem lugares e esses clientes esmagadoramente preferem janela ou coxia”, começou referir, concluindo que isso explica porque quem não paga e se sujeita à atribuição aleatória de lugar “quase por certo ficará num dos lugares do meio, enquanto nós guardamos os lugares à janela e na coxia para os que desejam pagar por eles”.

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Comentários
  • Diogo

    É uma companhia execrável. No entanto, quase todas o são à sua maneira...

    29-06-2017 (17h54)


Escrever comentário

Outras Notícias

Alemanha, Espanha e Brasil lideram aumentos de passageiros no Aeroporto de Lisboa

12-11-2018 (17h16)

As rotas de/para a Alemanha, Espanha e Brasil são as que estão com maiores aumentos de passageiros no fim de Outubro, somando em conjunto mais cerca 738 mil, o que é aproximadamente um terço do aumento total do período.

Principais ligações intercontinentais a Lisboa estão com 17% de aumento de passageiros

12-11-2018 (17h11)

As sete principais ligações aéreas intercontinentais a Lisboa registaram um aumento médio de passageiros até Outubro em 17%, representando um aumento de aproximadamente 616 mil, com o qual ultrapassaram os 4,2 milhões de passageiros.

TAP assina acordo com empresa de formação de pilotos

12-11-2018 (17h00)

A TAP anunciou a assinatura de um memorando de entendimento com uma empresa que presta serviços de formação de pilotos, a L3, com o intuito de proporcionar “oportunidades de emprego aos formandos” e também a qualificação de Type Rating do Airbus A320 pela L3 aos novos pilotos contratados pela TAP.

Avião que aterrou de emergência em Faro já seguiu para Amesterdão

12-11-2018 (16h18)

O avião da Transavia que aterrou hoje de emergência no aeroporto de Faro com 149 passageiros a bordo já seguiu para Amesterdão, disse à Lusa fonte da ANA - Aeroportos de Portugal.

Aeroportos portugueses ultrapassam em Outubro total de passageiros de 2016

12-11-2018 (14h23)

Os aeroportos portugueses atingiram no fim de Outubro um total de 48,06 milhões de passageiros, ultrapassando assim os cerca de 44,5 milhões da totalidade do ano de 2016 e ficando a apenas 3,7 milhões do total do ano de 2017, que é menos do que somaram no mês de Outubro deste ano.