Reino Unido é a origem/destino de passageiros que mais está a crescer este ano em Portugal

11-03-2019 (16h23)

O Reino Unido está a ser o principal ‘motor’ de crescimento nos quatro maiores aeroportos portugueses, nos quais, a despeito das perspectivas negativas quanto aos impactos da inexistência de um acordo para o Brexit, registam um crescimento médio do movimento de passageiros em 16%, atingindo um total de 830,6 mil.

Lisboa é o aeroporto português com mais passageiros de voos de/para o Reino Unido nos primeiros dois meses do ano, com 360,3 mil, o que o cota como a terceira principal origem/destino internacional, ultrapassando a Alemanha, que tem um decréscimo em 3,1%, para 316,8 mil, enquanto o Reino Unido tem um aumento em 19,8% ou 59,5 mil.

Segue-se Faro, com 236,4 mil passageiros de voos de/para o Reino Unido, que é tradicionalmente a primeira origem/destino do Aeroporto algarvio, no qual regista um aumento em 16,5% ou 33,3 mil.

Depois está o Porto onde o Reino Unido é apenas a 5ª principal origem/destino de passageiros nos primeiros dois meses deste ano, com 138,3 mil, +12,6% ou mais 13,9 mil que no período homólogo de 2018.

No Funchal, tal como em Faro, o Reino Unido é a primeira origem/destino de passageiros de voos internacionais, com 95,5 mil, +9,7% ou mais 8,5 mil que no primeiro bimestre de 2018.

Os quatro maiores aeroportos portugueses estão assim com um total de 830,6 mil passageiros em voos de/para o Reino Unido, +16,1% ou mais 115,2 mil que no primeiro bimestre de 2018.

No mês de Fevereiro, o número de passageiros em Lisboa, Porto, Faro e Funchal de voos de/para o Reino Unido elevou-se a 432,5 mil, +16% ou mais 59,8 mil que no mês homólogo de 2018.

O aumento mais forte foi em Lisboa, em 18,4%, para 183,2 mil, seguido por Funchal, com +16,2%, para 47,9 mil, Faro, com +15,6%, para 131,7 mil, e Porto, com +11,2%, para 69,6 mil.

O Aeroporto de Lisboa teve também o maior aumento homólogo em valor absoluto, com mais 28,4 mil passageiros em voos de/para o Reino Unido, seguido por Faro, com mais 17,6 mil, Porto, com mais sete mil, e Funchal, com mais 6,7 mil.

Os dados a que o PressTUR indicam ainda que apesar dessa tendência nos maiores aeroportos do País, em Ponta Delgada o mês de Fevereiro foi de quebra forte no número de passageiros em voos de/para o Reino Unido, com -16,8% ou menos cerca de 210 que há um ano, baixando para cerca de mil, levando também a quebra no conjunto do bimestre, em 7,9% ou cerca de 190, para 2,2 mil.

 

Para ler mais clique:

Faro volta a ter em Fevereiro o crescimento mais forte dos aeroportos portugueses

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

DECO recebeu mais de quatro mil queixas relativas a transporte aéreo em 2018

19-04-2019 (18h19)

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) recebeu mais de quatro mil reclamações relacionadas com transportes aéreos em 2018 e, no primeiro trimestre deste ano, elevam-se a 674.

Air Europa aumenta capacidade da rota de São Paulo Guarulhos com voos em B787-9

18-04-2019 (13h29)

A rota Madrid - São Paulo Guarulhos é uma das seis rotas que a Air Europa indicou passará a ter os seus voos em Boeing B787-9, substituindo o B787-8 de menor capacidade.

Aeroporto de Hong Kong contrata Travelport promoção da conectividade multi-modal

18-04-2019 (11h37)

A multinacional tecnológica para o turismo e transportes Travelport anunciou ter assinado um acordo para promover os serviços de conectividade multi-modal do Aeroporto Internacional de Hong Kong (HKIA) junto de viajantes da Ásia, Europa e América do Norte.

Jet Airways suspende todos os voos

18-04-2019 (09h47)

A Jet Airways, que já foi a maior companhia de aviação privada da Índia, com uma frota de 123 aviões e 23 mil trabalhadores, suspendeu todos os voos, por não ter como pagar o combustível e outros serviços.

Voo da Lufthansa Lisboa - Munique desviado hoje para Sevilha para abastecer (Actualiza)

17-04-2019 (19h01)

O voo LH1793 da Lufthansa que saiu hoje de manhã de Lisboa para Munique foi desviado para Sevilha para abastecer.