Número de mortos de acidente de aviação em Havana sobe para 111

22-05-2018 (12h39)

Uma das três sobreviventes do acidente de avião em Havana, na última sexta-feira, morreu ontem, na sequência dos ferimentos sofridos, elevando assim o total de vítimas mortais para 111.

Grettel Landrove, uma jovem de 23 anos que residia em Havana, morreu no Hospital Calixto García, na capital, onde estava internada desde o dia do acidente, com um prognóstico muito crítico.

O avião, um Boeing 737 alugado pela Cubana de Aviación à companhia mexicana Global Air, despenhou-se poucos minutos depois de ter levantado voo, com 113 pessoas a bordo.

As causas do acidente ainda não são conhecidas.

Outras duas sobreviventes, de nacionalidade cubana, continuam no Hospital Calixto García e o seu estado de saúde é crítico.

As autoridades mexicanas suspenderam temporariamente as actividades da Global Air, a companhia aérea proprietária do Boeing 737, anunciou a Direcção-Geral da Aeronáutica Civil do México.

“A empresa está a ser notificada da suspensão temporária de actividade, enquanto decorre a investigação”, referiu, em comunicado.

O documento acrescenta que a Global Air, registada com o nome Damojh Airlines, já tinha sido suspensa temporariamente em 2010, na sequência de uma aterragem de emergência, bem como em 2013, após uma queixa de um trabalhador.

O avião caiu na sexta-feira, às 12h08 (16h08 em Lisboa), numa zona de cultivo situada a cerca de um quilómetro do terminal um do aeroporto internacional José Martí, em Havana.

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Cuba

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos alemães da Ryanair pronunciam-se sobre greve a partir de Agosto

22-06-2018 (16h26)

O sindicato de pilotos alemães Vereiningung Cockpit (VC) vai promover uma votação entre os seus cerca de 400 associados que trabalham na low cost Ryanair sobre desencadear uma greve a partir de Agosto.

CEO da TAP defende direito a sonhar com liderar tráfego entre a Europa e a América do Norte

20-06-2018 (17h57)

Embora tenha pela frente concorrentes como a British Airways, que ainda em 4 de Maio começou a voar de Londres-Heathrow para Nashville, sua 26ª cidade nos Estados Unidos, o CEO da TAP reivindicou hoje no Porto o direito a da companhia a “sonhar grande em relação a ser a principal companhia aérea que liga a Europa à América do Norte”.

CEO da TAP garante aposta no Porto e ironiza: “a concorrência que se cuide”

20-06-2018 (17h51)

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro "é historicamente um dos alicerces da TAP", que tem um "compromisso total e absoluto" com o Porto, garantiu hoje o CEO da companhia, Antonoaldo Neves, que rematou com um: "Queremos ter uma posição dominante no Porto, e a concorrência que se cuide".

Antonoaldo Neves reconhece pontualidade como “problema gravíssimo” da TAP

20-06-2018 (17h48)

"Temos um problema gravíssimo de pontualidade na ponte aérea e na TAP em geral", reconheceu hoje o CEO da companhia, Antonoaldo Neves, na sessão de balanço da operação da companhia aérea no Porto admitiu, que assegurou tratar-se de um "desafio" a superar nos próximos tempos.

Exportações portuguesas de transporte aéreo de passageiros voltam a crescer acima de 20% em Abril

20-06-2018 (16h28)

As empresas portuguesas de transporte aéreo de passageiros, as maiores das quais a TAP, a Azores Airlines, a euroAtlantic e a Hi Fly, aumentaram em Abril as vendas ao estrangeiro em 23,2%, alcançando assim um aumento médio em 15,3% no quadrimestre.