Novas soluções do Amadeus impulsionam receitas da TAP – Chief Revenue Officer

17-04-2018 (16h21)

O Chief Revenue Officer da TAP, Elton D'Souza, destacou em artigo no blog do Amadeus o contributo das novas soluções da tecnológica para o aumento das receitas da companhia de aviação portuguesa, designadamente através de upsell.

“Como a aposta na experiência do cliente ajuda a TAP Air Portugal a aumentar as receitas”, é o título do texto assinado por Elton D’Souza, no qual escreve que o objectivo da companhia é “proporcionar aos clientes a melhor experiência de viagem possível” desde o primeiro contacto, que geralmente é a reserva do voo.

Por isso, sublinha Elton D’Souza, “é importante para nós oferecer um serviço excelente em todos os canais”.

“Graças a um desenvolvimento personalizado das Amadeus Airline Fare Families, conseguimos implementar as tarifas da TAP nos nossos canais de vendas directos e indirectos, proporcionando aos nossos passageiros um acesso consistente aos nossos produtos e serviços”, sublinha o executivo.

Elton D’Souza afirma que desde a implementação das ‘famílias de tarifas’ a TAP passou a ter a capacidade de “exibir de forma clara e transparente” as ofertas, de maneira a que os clientes entendam e comparem.

A implementação das ‘famílias de tarifas’ também permitiu à TAP aumentar “receitas graças às oportunidades proactivas de upsell”, bem como passar a ter “flexibilidade” para fornecer “ofertas directamente através da Amadeus ou ATPCo para economias de escala”.

Os resultados da implementação da nova estratégia de merchandising, segundo a análise de Elton D’Souza, evidenciam “uma conversão substancial de upsell no canal de distribuição Amadeus, com as agências de viagens parceiras de elevado desempenho a alcançar taxas de conversão de 20%”.

“Isto levou a um aumento da receita por reserva, o que nos deixa muito entusiasmados”, sublinha o executivo, para acrescentar que “ao fornecer os serviços que os nossos clientes desejam e ao exibir claramente as nossas ofertas, podemos atender melhor os nossos clientes e aumentar nossas receitas no processo”.

“É uma vitória”, remata Elton D’Souza, que realça que com “as ferramentas certas para apoiar a nossa estratégia de merchandising, podemos evoluir continuamente a nossa oferta” e “este é apenas o começo”, uma vez que “ainda há muita margem para crescimento e isso dá-nos uma perspectiva positiva para o futuro”.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Amadeus

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo está em negociações com a Ryanair para aumentar voos com Alemanha

16-01-2019 (17h45)

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, disse hoje que o Governo está em negociações com a Ryanair para aumentar ligações aéreas com a Alemanha, origem/destino que para este Inverno tem programados 177 voos regulares por semana de/para Lisboa, operados pelas transportadoras TAP, easyJet, Eurowings, Lufthansa e Ryanair.

Newtour adopta conexões NDC para aceder aos voos do Grupo Lufthansa

16-01-2019 (13h40)

A Newtour, que integra o operador turístico Soltrópico e as agências de viagens Bestravel, assinou um acordo para poder reservar voos das companhias do Grupo Lufthansa através de conexões NDC.

Iberia lança novo website corporativo

16-01-2019 (12h34)

A companhia de aviação espanhola Iberia lançou um novo website corporativo, que diz ter um design mais moderno e intuitivo, fornecendo informações completas sobre a empresa.

Presidente da TAP sinaliza que resultados de 2018 interrompem trajectória “positiva e crescente”

15-01-2019 (18h01)

O ano de 2018 será um “intervalo de curtíssimo prazo” na trajectória dos resultados da TAP, que a médio e longo prazo é “positiva e crescente”, afirmou hoje o presidente do Conselho de Administração do Grupo TAP, Miguel Frasquilho.

TAP prevê ter “em breve” voos em code-share Lisboa – Pequim, via Xi’an, diz Miguel Frasquilho

15-01-2019 (17h17)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, disse hoje que a companhia prevê ter “em breve”, previsivelmente “em Fevereiro ou Março”, um acordo de code-share com a Beijing Capital Airlines para vender os seus voos entre Lisboa e Pequim, via Xi’An.