Movimento de passageiros em voos entre Portugal e Espanha cresce 14% no primeiro quadrimestre

22-05-2019 (14h56)

Foto: Ross Parmly / Unsplash
Foto: Ross Parmly / Unsplash

Portugal, 8ª maior origem/destino de passageiros de voos internacionais nos aeroportos de Espanha, teve de Janeiro a Abril, inclusive, primeiro período do ano não marcado pelas alterações de data da Páscoa, um crescimento em 14%, que compara com um aumento médio de 6,4% do tráfego internacional.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR indicam que no quadrimestre 1,579 milhões de passageiros viajaram em voos entre os dois países ibéricos, mais cerca de 194 mil que no período homólogo de 2018.

Portugal foi assim, a segunda origem/destino internacional com aumento mais forte de passageiros no Top10 dos aeroportos espanhóis, a seguir aos Estados Unidos, cujo aumento foi em 16,7%.

Em aumento em valor absoluto, Portugal teve o 5º maior aumento, depois da Alemanha, com mais 516,2 mil (+7,1%, para 7,8 milhões), Reino Unido, com mais 462 mil (+4,4%, para 11,02 milhões), Áustria, com mais 416,2 mil (+126,9%, para 744,1 mil), e Itália, com mais 384 mil (+9,2%, para 4,54 milhões).

O Reino Unido manteve-se, assim, a 1ª origem/destino de passageiros dos aeroportos espanhóis, com 11,02 milhões, seguindo-se a Alemanha, com 7,8 milhões, Itália, com 4,5 milhões, França, com 3,83 milhões, e Holanda, com 2,36 milhões.

A segunda metade do Top10 das origens/destinos de passageiros inclui a Bélgica, com 1,78 milhões de passageiros, Suíça, com 1,76 milhões, Portugal, com 1,579 milhões, Estados Unidos, com 1,188 milhões, e Suécia, com 1,15 milhões.

Incluindo voos domésticos, que transportaram 25,38 milhões de passageiros, em alta de 7,1% ou 1,68 milhões em relação ao período homólogo de 2018, os aeroportos espanhóis somaram 75,94 milhões de passageiros no primeiro quadrimestre, +6,4% ou mais 4,54 milhões que no período homólogo de 2018.

Em voos internacionais, o número de passageiros atingiu os 50,56 milhões, com um aumento em 6% ou 2,85 milhões em relação ao primeiro quadrimestre de 2018.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos espanhóis

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Greve na Azores Airlines cancela dois de 23 voos programados para hoje

21-10-2019 (19h31)

A greve dos tripulantes de cabine da Azores Airlines (anteriormente denominada SATA Internacional) convocada pelo SNPVAC levou ao cancelamento, até às 16h00 (mais uma em Lisboa), de dois dos 23 voos programados para hoje, informou a empresa.

euroAtlantic anuncia voos ida e volta para a Guiné desde 325 euros

21-10-2019 (17h04)

A euroAtlantic Airways, companhia criada e presidida por Tomaz Metello, tem em curso uma promoção para os seus voos para a Guiné Bissau às sextas-feiras, com preços desde 325 euros ida e volta.

Fastjet suspende voos em Moçambique a partir de Sábado

21-10-2019 (16h13)

A companhia aérea Fastjet vai suspender os voos em Moçambique a partir de Sábado, dia 26, alegando excesso de oferta e prejuízos acumulados, como indica em comunicado.

LAM vai investir 109 milhões em novos aviões e quer ligar África do Sul a Lisboa - diretor-geral

21-10-2019 (12h34)

A Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), que já anunciou que vai voar entre Maputo e Lisboa a partir do próximo mês de Março, de acordo com o seu director-geral vai investir até 120 milhões de dólares (109 milhões de euros) em novos aviões e intensificar presença nas rotas africanas, querendo ligar África do Sul a Portugal.

Expansão da TAP “espera ansiosamente" pelo aeroporto no Montijo – Miguel Frasquilho

18-10-2019 (13h40)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, afirmou em Macau que a expansão da TAP depende da construção do novo aeroporto no Montijo, que a companhia aérea portuguesa “espera ansiosamente" para poder expandir na Portela, em Lisboa.

Noticias mais lidas