Mesmo com crise do Brexit, voos Reino Unido - Portugal despedem-se de 2018 com +15% de passageiros

09-01-2019 (17h33)

Os quatro maiores aeroportos portugueses em voos de/para o Reino Unido tiveram crescimentos de passageiros a dois dígitos nessas ligações no mês de Dezembro, do agravamento da ameaça de um ‘hard Brexit’ por falta de um acordo com a União Europeia aceite pela maioria do parlamento britânico.

Dados de tráfego dos aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci a que o PressTUR teve acesso indicam que embora no ano de 2018 tenha ocorrido uma quebra de passageiros nos voos de/para o Reino Unido nos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro e Funchal, em 2,7% ou 227,5 mil, para 8,167 milhões, ‘na despedida’, em Dezembro, houve um aumento em 14,9% ou 55,5 mil, para 427,9 mil.

O maior contributo para este aumento de passageiros em Dezembro veio das ligações de/para o Aeroporto de Lisboa, com mais 23,8 mil que no último mês de 2017, seguindo-se os aumentos de 17,2 mil Faro, 7,6 mil no Porto e 6,8 mil no Funchal.

Lisboa foi o aeroporto que em Dezembro teve mais passageiros em voos de/para o Reino Unido, com 187,7 mil, seguido por Faro, com 114,9 mil, Porto, com 76,4 mil, e Funchal, com 48,9 mil.

Já no conjunto dos 12 meses do ano, Faro é líder destacado, mais de metade (50,5%) dos passageiros em voos entre o Reino Unido e Portugal, com um total de 4,12 milhões, seguindo-se Lisboa com 29,5% ou 2,41 milhões, Porto, com 12,2% ou 997,7 mil, e o Funchal, com 7,8% ou 637,4 mil.

Ora foi precisamente em Faro que o balanço de 2018 foi mais negativo, com uma quebra de 247,8 mil passageiros (-5,7%), o que acentua o contraste com o mês de Dezembro, no qual, apesar do agravamento da crise do Brexit no Reino Unido, houve um aumento de passageiros em 17,6% ou 17,2 mil, para 114,9 mil.

E mais significativo é ainda que os outros três principais aeroportos portugueses em passageiros voos de/para o Reino Unido tiveram igualmente aumentos a dois dígitos, com +14,6% em Lisboa, que no último mês do ano é o aeroporto português com mais passageiros em voos de/para o Reino Unido, com 43,9% do total, +11,1% no Porto e +16,3% no Funchal.

 

Para ler mais clique:

Aeroporto de Lisboa cresceu 8,9% em 2018 e somou 29,031 milhões de passageiros

Aeroporto do Porto ficou ‘em cima’ dos 12 milhões de passageiros em 2018

Sem Lisboa e Porto, crescimento dos aeroportos ANA/Vinci ficou em 0,02% em 2018

Crescimento do Aeroporto de Faro ‘disparou’ para 19% em Dezembro, mas Lisboa abrandou para 2,2%

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aprovado projecto de lei que retira limite ao investimento estrangeiro nas companhias aéreas brasileiras

21-03-2019 (18h07)

A Câmara de Deputados do Brasil aprovou um projecto de lei que retira o limite de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras, muito semelhante à Medida Provisória 863 editada em Dezembro de 2018 pelo ex-presidente Michel Temer, que foi preso hoje, 21 de Março, por suspeitas de corrupção.

Privatização parcial da TAAG avança ainda este ano, diz ministro dos Transportes angolano

20-03-2019 (17h07)

O ministro dos Transportes angolano, Ricardo de Abreu, disse hoje à agência Lusa que a privatização parcial da companhia de aviação angolana TAAG deverá avançar ainda este ano.

TAP fez o primeiro voo comercial de um A330neo nos EUA

20-03-2019 (11h05)

A TAP realizou esta terça-feira o primeiro voo comercial de um Airbus A330-900 Neo nos Estados Unidos, ao aterrar uma aeronave deste modelo em Miami, num voo procedente de Lisboa com 193 passageiros a bordo.

EUA fazem auditoria ao processo de certificação do Boeing 737 MAX 8

20-03-2019 (10h30)

O Departamento dos Transportes do Governo dos EUA confirmou ter lançado uma auditoria à certificação do Boeing 737 MAX 8, modelo dos dois aviões que caíram recentemente na Indonésia e na Etiópia.

Travelport e Japan Airlines juntam-se para criar um GDS líder no Japão

19-03-2019 (18h25)

A Travelport e a Japan Airlines assinaram um acordo para lançar uma joint venture que visa desenvolver um GDS líder no Japão, através da integração das plataformas Travelport Japan e a Axess International Network.