Lisboa e Porto atingem Tops de crescimento dos aeroportos europeus no mês mais forte da aviação

11-10-2019 (15h27)

Os aeroportos de Lisboa e do Porto tiveram, respectivamente, o 4º e o 3º crescimento mais forte de passageiros dos aeroportos europeus da sua dimensão em Agosto, mês de ‘pico’ da época alta da aviação e do turismo no Hemisfério Norte.

De acordo com o ACI – Airports Council International, que elabora os Tops por grupos consoante o tráfego anual, o Aeroporto Humberto Delgado, de Lisboa, com um aumento de passageiros em 8% em Agosto, apresentou o quarto crescimento mais forte do mês entre os aeroportos do Grupo 1, que são os maiores do continente, com mais de 25 milhões de passageiros por ano.

Antalya, na Turquia, foi o líder, com um aumento de passageiros em 15,3%, à frente de Viena com +13,2%, Moscovo Sheremetyevo com +10,6%, Lisboa com +8% e Madrid com +7,5%.

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, do Porto, teve o 3º aumento de passageiros mais forte do grupo de aeroportos que anualmente têm entre dez milhões e 25 milhões de passageiros, com +10,8% que há um ano, depois de Milão Malpensa, que beneficiou do encerramento de Linate para obras na pista, com +33,4%, e Kiev, com +24,2%, e à frente de Estugarda, com +8,4%, Alicante, com +8,3%.

O Aeroporto de Lisboa, maior aeroporto português, foi o 20º maior da Europa no mês de Agosto, com 3,128 milhões de passageiros, e o Porto, com 1,349 milhões, foi o 51º.

Faro foi 56º, com 1,192 milhões de passageiros, o Funchal foi 130º, com 318,3 mil, e Ponta Delgado foi 143º, com 260 mil.

Assim, Lisboa subiu um lugar no ranking dos maiores aeroportos europeus, já que tinha sido 21º em Agosto de 2018 e de 2017, e o Porto subiu sucessivamente de 57º em Agosto de 2017 e 55º em Agosto do ano passado.

Já Faro, embora melhor que em Agosto de 2018, em que foi o 58º aeroporto europeu, ainda ficou aquém de Agosto de 2017, em que foi 52º.

Também o Funchal subiu uma posição em relação a Agosto de 2018, em que foi o 131º maior, mas ficou aquém de Agosto de 2017, em que foi 125º.

Já Ponta Delgada manteve a 143ª posição com em Agosto de 2018 e de 2017.

Para o mês de Agosto o ACI Europa publicou os dados de tráfego relativos a 239 aeroportos, que somaram em conjunto 227,4 mil passageiros, com um aumento em 3,4% ou 7,468 milhões em relação ao mês homólogo de 2018.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos europeus

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Nove países da UE querem aumentar impostos sobre as companhias aéreas

12-11-2019 (15h06)

Nove países da União Europeia juntaram-se para exigir uma aviação mais limpa na Europa, um dos meios de transporte mais poluentes que consideram que está a ser taxado abaixo do que devia.

Câmara de Lisboa vai promover estudo sobre os impactos do aeroporto da capital

12-11-2019 (15h01)

A Câmara de Lisboa aprovou na semana passada em reunião privada a realização de um estudo sobre os diversos impactos da exploração do aeroporto da capital, nomeadamente ao nível da poluição, ruído e tráfego.

Boeing espera retomar voos do 737 Max no início do próximo ano

12-11-2019 (14h54)

A Boeing anunciou que prevê que os voos comerciais com aviões 737 Max, retirados de circulação desde meados de Março após dois acidentes que fizeram 346 mortos, recomecem no início do próximo ano e não em Dezembro.

ANA tem até 20 de Dezembro para analisar medidas de mitigação ambiental

12-11-2019 (14h49)

O prazo para a ANA Aeroportos analisar as medidas de mitigação propostas na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto do Montijo foi prorrogado até 20 de Dezembro, adiantou à agência Lusa a Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

IAG anuncia acordo para compra da Air Europa e reforço do hub de Madrid

04-11-2019 (15h48)

A IAG International Airlines Group, que já tem a mais histórica companhia espanhola, a Iberia, e a maior companhia do país, a low cost Vueling, anunciou hoje ter um acordo para a compra da sua maior concorrente em Espanha, a Air Europa, num negócio que prevêem esteja concluído no segundo semestre de 2020.

Noticias mais lidas