IATA assinala redução dos fundos das companhias de aviação retidos em Angola

05-06-2018 (15h31)

Angola, um dos países onde as companhias de aviação têm mais fundos que não conseguem repatriar, reduziu no ano passado em 120 milhões de dólares, segundo indicou a IATA, que considerou estar perante uma evolução encorajadora.

A IATA estima em 4.900 milhões de dólares o total de fundos das companhias aéreas retidos em diversos países, o principal dos quais a Venezuela, com 77% do total, no montante de 3.780 milhões de dólares, e sem perspectivas de resolução do problema.

A questão normalmente prende-se com vendas nesses países problemáticos que as companhias não conseguem depois repatriar, ou só o podem fazer sofrendo grandes perdas com câmbios totalmente fora do mercado.

Depois da Venezuela, onde uma das companhias afectadas é a TAP, surge a Angola, onde também a companhia portuguesa é uma das penalizadas, com um montante total, segundo a IATA, de 386 milhões de dólares.

Anteriormente o segundo país com mais fundos de companhias aéreas retidos era a Nigéria, que entretanto permitiu a recuperação dos 600 milhões que tinha retidos.

O Top5 dos países com mais fundos retidos inclui depois o Sudão, com 170 milhões de dólares, o Bangladesh, com 95 milhões, e o Zimbabwe, com 76 milhões.

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: IATA

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.