IAG teve menos 50 mil passageiros em voos internacionais intra-europeus em Agosto

06-09-2017 (11h43)

Avião da Vueling no Aeroporto de Amesterdão Schiphol
Avião da Vueling no Aeroporto de Amesterdão Schiphol

O IAG, que engloba a British Airways, a Iberia (incluindo Iberia Expess), a Vueling e a Aer Lingus, teve praticamente uma estagnação do número de passageiros em Agosto, por força de uma quebra de 50 mil em voos internacionais intra-europeus, em que a espanhola Vueling é a sua ‘arma’ para concorrer com as low cost, que dominam esse espaço.

Os dados publicados pelo grupo indicam que em Agosto ficou por um aumento de passageiros em 0,7% ou 78 mil, somando 10,65 milhões, penalizado também por uma quebra nos voos da Ásia e Pacífico, em 4,4% ou nove mil, para 194 mil.

O maior impacto foi, porém, do decréscimo em 0,8% ou 50 mil no sector dos voos internacionais intra-europeus, que é o que tem sempre mais passageiros, concentrando ainda assim 57% do total de Agosto, com 6,07 milhões, enquanto o sector Ásia e Pacífico representou apenas 1,8% do total.

O segundo sector mais relevante em número de passageiros é o dos voos domésticos,  que em Agosto teve um aumento em 3,7% ou 81 mil, somando 2,28 milhões, o que equivale a 21,5% do total do mês.

Este crescimento permitiu que o grupo tivesse em Agosto um crescimento do número de passageiros em voos de curto e médio curso ainda que apenas em 0,4% ou 31 mil, para 8,36 milhões, o que equivale a 78,8% do total.

Os voos de longo curso, que concentram 63,5% do tráfego em RPK, pelas maiores distâncias percorridas, em número de passageiros tiveram 21,5% do total, com 2,289 milhões, +2,1% ou mais 47 mil que há um ano.

As ligações com a América do Norte são as principais, com 1,09 milhões de passageiros e um aumento em 2,5% ou 27 mil, seguindo-se os voos de/para África, Médio Oriente e Ásia do Sul com 557 mil (+4,3% ou mais 23 mil que há um ano), e América Latina e Caraíbas com 444 mil (+1,4% ou mais seis mil).

No conjunto dos primeiros oito meses deste ano, o IAG tem um crescimento médio do número de passageiros em 3,4%, que significa um aumento de 2,3 milhões, com o qual supera os 70 milhões, com 70,195 milhões.

Neste período, 54,2% desse total ou 38 milhões viajaram em voos internacionais intra-europeus e 23% ou 16,1 milhões em voos domésticos no Reino Unido, Irlanda, Espanha e Itália e 22,9%, pelo que o conjunto das operações de curto e médio curso concentrou 78,5% do total de passageiros do mês, com 8,36 milhões, a crescer 0,4% ou 31 mil.

Em voos de longo curso o grupo transportou 16 milhões de passageiros, representando 21,5% do total, com 10,6% ou 7,46 milhões nas rotas da América do Norte, 5,5% ou 3,85 milhões nas ligações com África, Médio Oriente e Ásia do Sul, 4,6% ou 3,23 milhões nos voos da América Latina e Caraíbas e 2,2% ou 1,46 milhões nos voos da Ásia e Pacífico.

E todos os sectores estão com aumentos do número de passageiros, os mais fortes dos quais foram nos voos domésticos, com +6%, e nas rotas de África, Médio Oriente e Ásia do Sul, com +5%.

Seguem-se os voos da Ásia e Pacífico, apesar da quebra em Agosto, com +3,5%, América do Norte, com +3%, Europa, com +2,4%, e América Latina, com +1,2%.

Em valor absoluto, os maiores aumentos são nos voos domésticos, em 915 mil, e nos voos internacionais intra-europeus, com +897 mil.

Em voos intercontinentais o aumento foi em 490 mil, com mais 215 mil no sector América do Norte, mais 185 no sector África, Médio Oriente e Ásia do Sul, mais 52 mil no sector Ásia e Pacífico e mais 38 mil no sector América Latina e Caraíbas.

 

Clique para mais notícias: IAG

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Travelport torna-se o primeiro GDS a gerir uma reserva de voos com NDC (Actualiza)

23-10-2018 (15h07)

A Travelport, líder em Portugal no fornecimento de conteúdos e processamento de reservas de agências de viagens, anunciou que a primeira reserva de voos baseada em New Distribution Capability (NDC) da IATA foi feita em Travelport Smartpoint, a sua aplicação de ponto de venda para agências de viagens.

Travelport torna-se o primeiro GDS a gerir uma reserva de voos com NDC

23-10-2018 (10h10)

A Travelport anunciou que a primeira reserva de voos baseada em New Distribution Capability (NDC) foi feita através do Travelport Smartpoint pela agência de viagens britânica Meon Valley Travel, na sexta-feira, dia 19 de Outubro, para um voo low cost de Londres para Milão.

TAP reforça liderança em voos Portugal - Espanha até Setembro, embora com perda de quota no Verão

22-10-2018 (18h02)

A TAP foi a companhia de aviação em que viajaram 39,7% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal nos primeiros nove meses deste ano, a ganhar assim 0,2 pontos em relação ao período homólogo de 2017, embora no Verão (Junho a Setembro) tenha ficado em 37,6%, a baixar 0,6 pontos.

Voos entre Espanha e Portugal crescem 14,1% até Setembro e atingem 3,7 milhões passageiros

22-10-2018 (17h30)

Os aeroportos espanhóis contabilizaram 3,7 milhões de passageiros em voos de/para Portugal nos primeiros nove meses deste ano, com um aumento em 14,1% ou quase 459 mil, de acordo com os dados da empresa gestora, a AENA, consultados pelo PressTUR.

Tráfego aéreo Espanha-Brasil volta a crescer, e a dois dígitos

22-10-2018 (17h02)

Depois de em 2017 ter caído 8%, o número de passageiros a voarem entre Espanha e o Brasil está a subir este ano a 10,8% e com o aumento nos meses de Verão na Europa (Junho a Setembro) a atingir 19,2%, de acordo com dados da gestora dos aeroportos espanhóis, AENA, recolhidos pelo PressTUR.