IAG teve menos 50 mil passageiros em voos internacionais intra-europeus em Agosto

06-09-2017 (11h43)

Avião da Vueling no Aeroporto de Amesterdão Schiphol
Avião da Vueling no Aeroporto de Amesterdão Schiphol

O IAG, que engloba a British Airways, a Iberia (incluindo Iberia Expess), a Vueling e a Aer Lingus, teve praticamente uma estagnação do número de passageiros em Agosto, por força de uma quebra de 50 mil em voos internacionais intra-europeus, em que a espanhola Vueling é a sua ‘arma’ para concorrer com as low cost, que dominam esse espaço.

Os dados publicados pelo grupo indicam que em Agosto ficou por um aumento de passageiros em 0,7% ou 78 mil, somando 10,65 milhões, penalizado também por uma quebra nos voos da Ásia e Pacífico, em 4,4% ou nove mil, para 194 mil.

O maior impacto foi, porém, do decréscimo em 0,8% ou 50 mil no sector dos voos internacionais intra-europeus, que é o que tem sempre mais passageiros, concentrando ainda assim 57% do total de Agosto, com 6,07 milhões, enquanto o sector Ásia e Pacífico representou apenas 1,8% do total.

O segundo sector mais relevante em número de passageiros é o dos voos domésticos,  que em Agosto teve um aumento em 3,7% ou 81 mil, somando 2,28 milhões, o que equivale a 21,5% do total do mês.

Este crescimento permitiu que o grupo tivesse em Agosto um crescimento do número de passageiros em voos de curto e médio curso ainda que apenas em 0,4% ou 31 mil, para 8,36 milhões, o que equivale a 78,8% do total.

Os voos de longo curso, que concentram 63,5% do tráfego em RPK, pelas maiores distâncias percorridas, em número de passageiros tiveram 21,5% do total, com 2,289 milhões, +2,1% ou mais 47 mil que há um ano.

As ligações com a América do Norte são as principais, com 1,09 milhões de passageiros e um aumento em 2,5% ou 27 mil, seguindo-se os voos de/para África, Médio Oriente e Ásia do Sul com 557 mil (+4,3% ou mais 23 mil que há um ano), e América Latina e Caraíbas com 444 mil (+1,4% ou mais seis mil).

No conjunto dos primeiros oito meses deste ano, o IAG tem um crescimento médio do número de passageiros em 3,4%, que significa um aumento de 2,3 milhões, com o qual supera os 70 milhões, com 70,195 milhões.

Neste período, 54,2% desse total ou 38 milhões viajaram em voos internacionais intra-europeus e 23% ou 16,1 milhões em voos domésticos no Reino Unido, Irlanda, Espanha e Itália e 22,9%, pelo que o conjunto das operações de curto e médio curso concentrou 78,5% do total de passageiros do mês, com 8,36 milhões, a crescer 0,4% ou 31 mil.

Em voos de longo curso o grupo transportou 16 milhões de passageiros, representando 21,5% do total, com 10,6% ou 7,46 milhões nas rotas da América do Norte, 5,5% ou 3,85 milhões nas ligações com África, Médio Oriente e Ásia do Sul, 4,6% ou 3,23 milhões nos voos da América Latina e Caraíbas e 2,2% ou 1,46 milhões nos voos da Ásia e Pacífico.

E todos os sectores estão com aumentos do número de passageiros, os mais fortes dos quais foram nos voos domésticos, com +6%, e nas rotas de África, Médio Oriente e Ásia do Sul, com +5%.

Seguem-se os voos da Ásia e Pacífico, apesar da quebra em Agosto, com +3,5%, América do Norte, com +3%, Europa, com +2,4%, e América Latina, com +1,2%.

Em valor absoluto, os maiores aumentos são nos voos domésticos, em 915 mil, e nos voos internacionais intra-europeus, com +897 mil.

Em voos intercontinentais o aumento foi em 490 mil, com mais 215 mil no sector América do Norte, mais 185 no sector África, Médio Oriente e Ásia do Sul, mais 52 mil no sector Ásia e Pacífico e mais 38 mil no sector América Latina e Caraíbas.

 

Clique para mais notícias: IAG

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Novo sistema de gestão do espaço aéreo “em princípio, estará completamente operacional em 2021” - NAV

25-05-2018 (17h04)

O presidente da NAV Portugal, Jorge Ponce de Leão, afirmou que o novo sistema de gestão do espaço aéreo deverá estar “completamente operacional em 2021”, antes da entrada em operação do aeroporto do Montijo.

Governo aprova proposta para registo de identificação dos passageiros aéreos

25-05-2018 (16h59)

A proposta de lei que vai permitir às companhias aéreas transmitir dados dos viajantes para um registo de identificação dos passageiros (PNR, na sigla em inglês) como forma de prevenir terrorismo e criminalidade grave foi aprovada pelo Governo.

TAP transporta +19% de passageiros entre Portugal e Espanha e alcança quota de 42,2%

25-05-2018 (16h38)

A TAP reforçou a liderança do transporte aéreo de passageiros entre Portugal e Espanha com um crescimento 16% ou 2,6 pontos mais forte que o mercado no primeiro quadrimestre, o que lhe deu um reforço da quota de mercado em 0,9 pontos, para 42,2%, ainda que tenha baixado no Aeroporto de Madrid, onde a líder é a Iberia que este ano começou a ter também voos de/para o Porto.

Sevilha é a principal rota espanhola da TAP depois de Madrid e Barcelona

25-05-2018 (16h36)

A TAP transportou até Abril 40 mil passageiros em voos de/para Sevilha, o que faz da capital andaluza a primeira origem/destino em Espanha depois das duas grandes metrópoles, Madrid e Barcelona, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR.

Laudamotion começa a voar Viena - Faro a 28 de Outubro

25-05-2018 (11h06)

A Laudamotion, criada a partir da venda falência do grupo Air Berlin e onde a Ryanair aguarda autorização para ser accionista maioritária, tem programado abrir a sua base em Viena em finais de Outubro, com 20 rotas, uma das quais Faro, com dois voos por semana.