IAG teve menos 50 mil passageiros em voos internacionais intra-europeus em Agosto

06-09-2017 (11h43)

Avião da Vueling no Aeroporto de Amesterdão Schiphol
Avião da Vueling no Aeroporto de Amesterdão Schiphol

O IAG, que engloba a British Airways, a Iberia (incluindo Iberia Expess), a Vueling e a Aer Lingus, teve praticamente uma estagnação do número de passageiros em Agosto, por força de uma quebra de 50 mil em voos internacionais intra-europeus, em que a espanhola Vueling é a sua ‘arma’ para concorrer com as low cost, que dominam esse espaço.

Os dados publicados pelo grupo indicam que em Agosto ficou por um aumento de passageiros em 0,7% ou 78 mil, somando 10,65 milhões, penalizado também por uma quebra nos voos da Ásia e Pacífico, em 4,4% ou nove mil, para 194 mil.

O maior impacto foi, porém, do decréscimo em 0,8% ou 50 mil no sector dos voos internacionais intra-europeus, que é o que tem sempre mais passageiros, concentrando ainda assim 57% do total de Agosto, com 6,07 milhões, enquanto o sector Ásia e Pacífico representou apenas 1,8% do total.

O segundo sector mais relevante em número de passageiros é o dos voos domésticos,  que em Agosto teve um aumento em 3,7% ou 81 mil, somando 2,28 milhões, o que equivale a 21,5% do total do mês.

Este crescimento permitiu que o grupo tivesse em Agosto um crescimento do número de passageiros em voos de curto e médio curso ainda que apenas em 0,4% ou 31 mil, para 8,36 milhões, o que equivale a 78,8% do total.

Os voos de longo curso, que concentram 63,5% do tráfego em RPK, pelas maiores distâncias percorridas, em número de passageiros tiveram 21,5% do total, com 2,289 milhões, +2,1% ou mais 47 mil que há um ano.

As ligações com a América do Norte são as principais, com 1,09 milhões de passageiros e um aumento em 2,5% ou 27 mil, seguindo-se os voos de/para África, Médio Oriente e Ásia do Sul com 557 mil (+4,3% ou mais 23 mil que há um ano), e América Latina e Caraíbas com 444 mil (+1,4% ou mais seis mil).

No conjunto dos primeiros oito meses deste ano, o IAG tem um crescimento médio do número de passageiros em 3,4%, que significa um aumento de 2,3 milhões, com o qual supera os 70 milhões, com 70,195 milhões.

Neste período, 54,2% desse total ou 38 milhões viajaram em voos internacionais intra-europeus e 23% ou 16,1 milhões em voos domésticos no Reino Unido, Irlanda, Espanha e Itália e 22,9%, pelo que o conjunto das operações de curto e médio curso concentrou 78,5% do total de passageiros do mês, com 8,36 milhões, a crescer 0,4% ou 31 mil.

Em voos de longo curso o grupo transportou 16 milhões de passageiros, representando 21,5% do total, com 10,6% ou 7,46 milhões nas rotas da América do Norte, 5,5% ou 3,85 milhões nas ligações com África, Médio Oriente e Ásia do Sul, 4,6% ou 3,23 milhões nos voos da América Latina e Caraíbas e 2,2% ou 1,46 milhões nos voos da Ásia e Pacífico.

E todos os sectores estão com aumentos do número de passageiros, os mais fortes dos quais foram nos voos domésticos, com +6%, e nas rotas de África, Médio Oriente e Ásia do Sul, com +5%.

Seguem-se os voos da Ásia e Pacífico, apesar da quebra em Agosto, com +3,5%, América do Norte, com +3%, Europa, com +2,4%, e América Latina, com +1,2%.

Em valor absoluto, os maiores aumentos são nos voos domésticos, em 915 mil, e nos voos internacionais intra-europeus, com +897 mil.

Em voos intercontinentais o aumento foi em 490 mil, com mais 215 mil no sector América do Norte, mais 185 no sector África, Médio Oriente e Ásia do Sul, mais 52 mil no sector Ásia e Pacífico e mais 38 mil no sector América Latina e Caraíbas.

 

Clique para mais notícias: IAG

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.