Heathrow soma +3,8% de passageiros em Janeiro e destaca aumentos da China, Brasil e México

11-02-2014 (14h06)

O aeroporto de Londres - Heathrow, o maior da Europa, somou 5,383 milhões de passageiros em Janeiro, mais 3,8% que no mês homólogo do ano passado, tendo o número de passageiros com origem nos mercados do Brasil, Rússia, Índia e China (BRIC) aumentado em conjunto 5%.

Os dados de tráfego da Heathrow Airport Holdings, subsidiária da espanhola Ferrovial anteriormente designada por BAA, indicam aumentos do número de passageiros com origem na China em 26% e no Brasil em 6,8%, sem especificar valores absolutos.
A informação também destaca o crescimento dos países MINT, designadamente México, Indonésia, Nigéria e Turquia, que em conjunto registaram um aumento de 5,8%, impulsionado principalmente pelo México, que teve mais 26,8% de passageiros que em Janeiro de 2013.
A capacidade disponível por avião registou um aumento de 1,4% e a taxa de ocupação global subiu 0,6%, para 70,6%, enquanto o número de passageiros por avião aumentou 2,2%, para 144,5.
O CEO Colin Matthews, citado na informação, sublinha que os dados de tráfego em Janeiro mostram “um arranque forte do ano e um aumento da procura por rotas de longo curso para destinos de mercados emergentes, como Chengdu e Cidade do México”.
No ano passado, o aeroporto de Heathrow atingiu um novo recorde do número de passageiros, com 72,3 milhões, mais 3,4% ou mais 2,3 milhões que em 2012, para o que contaram aumentos de 5,7% nos voos da América Latina e em 5,3% nas ligações com a Ásia e Pacífico ( Londres-Heathrow bate recorde em 2013 ‘puxado’ por voos Ásia-Pacífico e América Latina).  
Londres-Heathrow registou assim o 5º maior aumento da Europa em número de passageiros no ano passado, ficando atrás dos aumentos dos dois aeroportos de Istambul, designadamente de Istambul-Ataturk (+13,6% ou mais 6,1 milhões de passageiros, para 51,1 milhões) e de Sabiha Gocken (+27% ou mais quatro milhões, para 18,8 milhões), e dos dois aeroportos de Moscovo, nomeadamente Sheremetyevo (+11,7% ou mais 3,07 milhões, para 29,25 milhões) e Domodedovo (+9,2% ou mais 2,6 milhões, para 30,76 milhões).
Para este ano, a ACI-Europa, associação dos aeroportos europeus, prevê um aumento do movimento de passageiros na Europa em 3,2% e assinala que a sua previsão parte do pressuposto que Turquia e Rússia vão manter “o crescimento dinâmico” de que deram prova no ano passado ( Aeroportos europeus prevêem +3,2% passageiros com Turquia e Rússia a serem as locomotivas).  

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Está pronto para a era do NDC? – por Ian Heywood

21-09-2018 (16h36)

Com a New Distribution Capability (NDC) da IATA ainda a ser essencialmente um conjunto de interrogações, mas já a ‘abalar’ o mundo da comercialização de viagens, o PressTUR publica as reflexões de Ian Heywood, Global Head of Product & Marketing, Air Commerce da Travelport.

Turkish Airlines já ultrapassou os 50 milhões de passageiros este ano

21-09-2018 (15h06)

A Turkish Airlines, única companhia de aviação com voos regulares entre Portugal e a Turquia, e que em Portugal também vende conexões além Istambul, nomeadamente para o Extremo Oriente, informou que no fim de Agosto já somava mais de 50 milhões de passageiros transportados este ano, com um aumento médio em 13,1%.

Grupo LATAM reconhecido como líder nas Américas na área da sustentabilidade

21-09-2018 (14h54)

O LATAM Airlines Group foi nomeado na categoria "World" do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI) pelo quinto ano consecutivo.

Presidente de Angola decreta transformação da TAAG em sociedade anónima

21-09-2018 (14h15)

O Presidente de Angola aprovou num decreto a transformação da companhia aérea angolana TAAG em sociedade anónima, primeiro passo para a provável privatização da empresa, cujo Conselho de Administração foi exonerado.

easyJet põe à venda voos até 23 de Junho de 2019

21-09-2018 (12h51)

A easyJet anunciou que já tem disponíveis as reservas para os seus voos até 23 de Junho de 2019, com um total de 26 milhões de lugares em mais de 151 mil voos.