Grupo LATAM transporta mais 2,3 milhões no 1º semestre

10-07-2019 (15h19)

Foto: LATAM
Foto: LATAM

As companhias do Grupo LATAM, uma delas a LATAM Brasil que no início de Setembro de 2018 começou a rota São Paulo Guarulhos - Lisboa, informou que no primeiro semestre somou 35 milhões de passageiros, com um aumento em 7,1% ou 2,31 milhões em relação ao período homólogo de 2018.

A informação mostra que foi a operação nos mercados de língua espanhola (Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Peru) que o grupo teve o maior aumento de passageiros, com mais 1,44 milhões (+13,1%), seguindo-se então o Brasil, com mais 586 mil (+4,3%), e o conjunto das rotas internacionais operadas tanto pela LAN como pela LATAM Brasil, com mais 285 mil (+3,5%).

O mercado brasileiro manteve-se ainda assim o maior em número de passageiros transportados, com 14,17 milhões, mais cerca de 1,7 milhões que nas operações domésticas em países de língua espanhola, as quais somaram 12,48 milhões.

As rotas internacionais, por sua vez, somaram 8,39 milhões, mas o seu principal ‘peso’ é em RPK (passageiros x quilómetros voados), concentrando 58% do total de passageiros quilómetros voados pelas companhias do grupo, face a 24,6% dos voos domésticos no Brasil e 17,4% dos voos domésticos na Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Peru.

O crescimento mais forte no semestre, porém, foi precisamente nestes mercado, com um aumento em 12,5%, enquanto no doméstico no Brasil foi de 3% e em rotas internacionais foi de 5,7%.

A informação relativa ao mês de Junho indica uma aceleração do crescimento tanto em RPK, com um aumento em 7%, quanto em número de passageiros embarcados, com um aumento em 8,8% ou 450 mil, atingindo um total de 5,569 milhões.


Clique para ler: 


 

Clique para mais notícias: LATAM

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Beijing Capital muda voos de/para Lisboa para o novo aeroporto da capital chinesa

20-09-2019 (13h42)

A Beijing Capital, única companhia de aviação chinesa a voar de/para Portugal, vai alterar o aeroporto de partida/chegada a Pequim para o novo aeroporto da capital chinesa, o Beijing Daxing (PKX).

Aeroporto do Porto vai renovar o sistema ILS para melhorar aterragens quando há nevoeiro

19-09-2019 (17h38)

O Aeroporto do Porto vai ter um “renovado sistema ILS (Landing Sistem, ou sistema de aterragem, em tradução livre) para garantir melhores condições” à infraestrutura, nomeadamente quando há nevoeiro, revelou hoje à Lusa a NAV – Navegação Aérea de Portugal.

Magnet junta companhias aéreas e agentes de viagens em Lisboa, Porto e Coimbra

19-09-2019 (16h53)

A Magnet vai organizar em Outubro, em Lisboa, Porto e Coimbra, um evento para juntar agentes de viagens e as principais companhias de aviação que operam em Portugal.

Governo publica lei que aprova Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil

19-09-2019 (15h34)

O Governo publicou hoje, em Diário da República, o decreto-lei que aprova o Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil, com medidas que revêm a legislação anterior e a adaptam “à mais recente regulamentação europeia”.

Ryanair quer que tripulantes da base de Faro aceitem alterar contratos para sazonais

18-09-2019 (18h13)

A low cost Ryanair admitiu em “nota” de distribuição restrita recuar no encerramento da base de Faro, mas dizendo que a sua continuação “poderá agora ser possibilitada pelo acordo das tripulações baseadas” na infra-estrutura “em mudar para contratos sazonais, para reflectir a natureza sazonal do tráfego de e para o Algarve”.

Noticias mais lidas