Grupo Finnair mais que duplica lucros até ao fim de Setembro

25-10-2017 (16h21)

Foto: Airbus
Foto: Airbus

O Grupo Finnair, que já anunciou que no próximo ano voltará a voar de/para Lisboa, divulgou hoje que no fim de Setembro está com um aumento dos proveitos em 10,1%, para 1.923,1 milhões de euros, o resultado operacional sobe 105,4%, para 201,3 milhões, e o resultado líquido ‘dispara’ 113,2%, para 152,3 milhões.

Para o terceiro trimestre, o grupo indicou subidas dos proveitos em 14,7%, para 735,4 milhões de euros, do resultado operacional em 5,9%, para 122,2 milhões e do resultado líquido em 6,8%, para 93,6 milhões.

A informação para o terceiro trimestre especifica que o aumento das receitas em 14,7% compreendeu aumentos de 15,9% nas receitas de passagens, para 597,7 milhões de euros, de 10,5% nos produtos complementares (ancillary), para 37,6 milhões, 13,6% em carga, para 51,6 milhões, e 15,8% em serviços, para 48,7 milhões.

O grupo indicou também que teve o aumento das receitas de passagens em 15,9%, para 597,7 milhões de euros, foi com aumentos em 25,3% nas rotas da Ásia, para 281,7 milhões, 11,7% nas rotas internacionais intra-europeias, para 238,9 milhões, 4,9% nas rotas da América do Norte, para 40,2 milhões, e 3,1% nas rotas domésticas, para 32,1 milhões.

Nos dois sectores com mais peso na sua actividade, o grupo teve melhores desempenhos em receita do que em tráfego, o qual, em RPK, cresceu em média 15%, com +20% nas rotas da Ásia e +11% nas rotas internacionais intra-europeias.

As rotas da América do Norte também tiveram crescimento, em 10,2%, e as rotas domésticas tiveram um decréscimo em 4%.

Nos nove meses de Janeiro a Setembro, inclusive, o aumento das receitas em 10,1%m para 1.923,1 milhões de euros, compreendeu subidas das receitas de passagens em 11%, para 1.529,5 milhões, dos ancillary em 14,5%, para 107,4 milhões, e da carga em 9,8%, para 140,2 milhões.

O aumento das receitas de passagens compreendeu, por sua vez, aumentos em 18,7% das receitas do sector Ásia, para 669,2 milhões, das rotas internacionais intra-europeias em 10%, para 636,5 milhões, da América do Norte em 0,1%, para 92,9 milhões, e do doméstico em 4,3%, para 124,6 milhões.

O aumento das receitas de passagens em 11% compara com uma subida do tráfego em RPK em 11,6%, se bem que o sector com mais peso, das ligações com a Ásia, o crescimento das receitas em 18,7% tenha sido face a um aumento do tráfego em 15,2%.

Já na Europa o crescimento das receitas foi de 10% e o aumento do tráfego foi de 9,6%, no Atlântico Norte as receitas aumentaram 0,1% face a um aumento do tráfego em 3,2% e no doméstico as receitas aumentaram 4,3% face a um aumento do tráfego em 2,5%.

Assim, o grupo teve no terceiro trimestre uma subida do yield em 0,8%, mas nos nove meses desde o início do ano ainda tem um decréscimo em 0,5%.

Apesar desta descida, via taxa de ocupação, que nos nove meses sobe 4,1 pontos, para 84,3%, o grupo tem um aumento da receita unitária (por lugar voado um quilómetro) em 3,7%.

No terceiro trimestre, o aumento da receita unitária foi de 3,3%, com uma subida da taxa de ocupação em três pontos, para 87,2%, a somar-se à subida do yield em 0,8%.

O grupo Finnair transportou 3,27 milhões de passageiros no terceiro trimestre e nos nove meses desde o início do ano soma 8,95 milhões, com aumentos face aos períodos homólogos de 2016 respectivamente em 9,6% e em 8,2%.

 

Clique para mais notícias: Finnair

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Novo A321 Long Range da TAP está pronto para chegar a Telavive e Nova Iorque

24-05-2019 (17h43)

A TAP anunciou que o seu novo avião A321 Long Range, que já está a voar para destinos europeus, também já está registado para operar as rotas da companhia para Telavive, em Israel, e Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Azores Airlines vai manter voos directos entre a ilha Terceira e Toronto no Inverno

23-05-2019 (16h54)

Os voos directos entre a ilha Terceira e Toronto (Canadá), operados pela companhia aérea açoriana Azores Airlines, do grupo SATA, vão estender-se ao Inverno 2019/2020, anunciou hoje o Governo Regional dos Açores.

Delta acredita estar “no bom caminho e com sucesso” em Portugal, director regional de Vendas

23-05-2019 (15h28)

“Não olhamos para o desempenho da concorrência. Estamos no bom caminho e com sucesso”, disse o director regional de Vendas para o Sul da Europa da Delta Airlines, Frederic Schenk, a propósito da concorrência com a TAP nas ligações entre Portugal e a América do Norte.

Senado brasileiro aprova medida que retira limite ao investimento estrangeiro nas companhias aéreas brasileiras

23-05-2019 (09h07)

O Senado brasileiro aprovou na quarta-feira uma medida provisória que autoriza o investimento de até 100% de capital estrangeiro nas companhias aéreas instaladas no país, noticiou a imprensa local.

TAP cresce menos que o mercado Espanha - Portugal e em Madrid até tem quebra

22-05-2019 (16h54)

A TAP, que no primeiro quadrimestre de 2018 foi a companhia de aviação de 42,2% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal nesse período, este ano baixou para 37,5%, reflectindo a cessação de três rotas e uma quebra de 1,7% no Aeroporto de Madrid.

Noticias mais lidas