Governo de São Tomé anuncia que STP Airways vai deixar de ter voos para Lisboa com a sua accionista euroAtlantic

11-06-2019 (16h06)

Imagem: euroAtlantic
Imagem: euroAtlantic

A companhia aérea portuguesa euroAtlantic Airways vai deixar de fazer os voos da STP Airways entre Lisboa e São Tomé a partir de Outubro, após a recusa das autoridades são-tomenses de estender o acordo em vigor, anunciou o Governo são-tomense, adiantando que "outros parceiros" assumirão a rota.

“Neste momento a euroAtlantic está a voar, ela é parte accionista da STP Airways, esta situação vai continuar, pelo menos até o mês de Outubro”, disse aos jornalistas o ministro das Obras Públicas, Infra-estruturas e Recursos Naturais são-tomense, Osvaldo Abreu.

Em declarações aos jornalistas no Sábado, dia 8, o governante sublinhou que o acordo entre a euroAtlantic e o Estado são-tomense vai até Outubro, altura em que a rota será assumida por “outros parceiros”, que não especificou.

“Nós estamos a conversar para podermos viabilizar outras formas, outras normas, outras rotas e parcerias para dar mais asas à STP Airways e modernizar um pouco tudo o que é equipamentos, handling e outros serviços aéreos que nós achamos que, pela pujança que o nosso país ganhou, precisamos de acompanhar e não sermos sempre surpreendidos e estarmos atrás dos acontecimentos”, acrescentou.

O ministro garantiu que “não há incumprimento do acordo assinado”, mas que o Governo são-tomense recusou a sua extensão pedida pela companhia portuguesa como sendo o motivo essencial para a ruptura da parceria.

“Não existem incumprimentos, existem simplesmente mal-entendidos. Nós temos acordos, os acordos têm prazos”, disse o governante.

“Houve um pedido para a extensão de um determinado serviço pela euroAtlantic e o Governo de São Tomé e Príncipe achou que neste momento não havia condições para fazer a extensão deste serviço no âmbito do acordo e a empresa achou que sem a anuência desta solicitação ela não teria as condições para continuar a operar com a STP Airways”, explicou Osvaldo Abreu.

O Governo são-tomense disse que já tem alternativa à euroAtlantic Airways (EAA). “Nós tínhamos que ter alternativa, somos Governo, somos responsáveis e nós não podemos de maneira alguma deixar os nossos clientes, o nosso país, sem possibilidades de voar com as nossas cores, com o nosso nome, com a nossa bandeira. A STP Airways vai continuar a voar”, garantiu.

A EAA é a maior accionista da STP Airways, detendo a gestão da companhia aérea de bandeira de São Tomé e Príncipe.

A STP Airways foi constituída por escritura pública no dia 23 de Junho de 2008, entre a euroAtlantic airways (37%), Estado de São Tomé e Príncipe (35%), Banco Equador (14%) e Golfo Internacional Air Sevice (14%).

A Lusa e o PressTUR tentaram obter comentários da operadora portuguesa, mas sem sucesso até ao momento.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: euroAtlantic

Clique para ver mais: STP Airways

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos portugueses crescem no Verão ligeiramente menos que a média do grupo Vinci

14-10-2019 (15h31)

Os aeroportos portugueses geridos pela ANA cresceram no terceiro trimestre, que corresponde ao Verão, época mais forte da aviação no Hemisfério Norte, duas décimas abaixo do aumento médio de passageiros no conjunto dos aeroportos geridos pelo grupo Vinci, embora com Lisboa e Porto a terem crescimentos mais fortes.

TAP passa a ter voo diário para Natal em A321neo LR no primeiro trimestre do próximo ano

14-10-2019 (13h55)

A TAP tem previsto para o primeiro trimestre do próximo ano a introdução da versão de longo alcance do A321neo na rota Lisboa – Natal, com reforço da frequência de voos para diário.

Finnair aumenta ligações com Tóquio

11-10-2019 (17h02)

A companhia de aviação finlandesa Finnair, que em Portugal tem voos para os aeroportos de Lisboa e do Porto, anunciou que no início do Verão IATA de 2020 reforçará a sua oferta de voos para Tóquio com uma ligação diária ao aeroporto de Haneda, além da que já tem para Narita.

Lisboa teve o 9º maior aumento de passageiros dos aeroportos europeus em Agosto

11-10-2019 (15h50)

O Aeroporto de Lisboa, cotado com o 3º crescimento mais forte de passageiros dos 25 maiores aeroportos europeus no mês de Agosto, com +8%, foi, de acordo com os dados publicados pelo ACI Europe, o que teve o 9º maior aumento no mês, com mais 232,5 mil.

Lisboa e Porto atingem Tops de crescimento dos aeroportos europeus no mês mais forte da aviação

11-10-2019 (15h27)

Os aeroportos de Lisboa e do Porto tiveram, respectivamente, o 4º e o 3º crescimento mais forte de passageiros dos aeroportos europeus da sua dimensão em Agosto, mês de ‘pico’ da época alta da aviação e do turismo no Hemisfério Norte.

Noticias mais lidas