GOL contrata cinco novos Boeing B737 MAX 8 no segundo semestre de 2018

05-09-2017 (13h23)

Imagem: Boeing
Imagem: Boeing

Companhia também vende e passa a ter alugados outros sete aviões

A GOL anunciou hoje que contratou com o lessor GE Capital Aviation Services (GECAS) receber cinco Boeing B737 MAX 8 de 186 lugares a partir do segundo semestre do próximo ano.

A companhia indicou ainda que além de alugar esses aviões também contratou com a GECAS a venda seguida de aluguer (sale and Leaseback) de outros sete Boeing, cinco deles B737 MAX8 e dois B737-800 Next Generation (NG).

O comunicado da GOL cita o vice-presidente do fabricante responsável pela produção do 737 MAX, Keith Leverkuhn, que destaca que “o design leve do 737 MAX aliado aos novos motores e às tecnologias aerodinâmicas tornam o MAX mais eficiente no consumo de combustível”.

O 737 MAX “pode alcançar economias de até 20% no consumo de combustível por assento, quando comparado com aeronaves que ele substitui”, acrescenta a informação da GOL, que cita ainda o seu vice-presidente de Planeamento, Celso Ferrer, que explica que esse negócio com a GECAS irá aumentar “a quantidade de aeronaves Boeing 737 MAX 8 planeadas para 2018 de cinco para seis, sem alterar o plano de frota de 121 aeronaves no final de 2018”.

A companhia brasileira avançou ainda na mesma informação que os cinco 737 MAX 8 alugados à GECAS terão “os assentos GOL+Conforto nos voos domésticos e a Classe GOL Premium nos trechos internacionais”.

“Com autonomia de voo de até 6.500 km (em comparação aos 5.500 km do 737-800 NG), as novas aeronaves 737 MAX 8 permitem que a GOL ofereça voos sem escalas do Brasil para quaisquer destinos na América Latina e na Florida”, acrescenta.

 

Clique para mais notícias: GOL

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Travagem de Lisboa ‘arrasta’ aeroportos portugueses para crescimento ‘insípido’

18-09-2018 (17h30)

O crescimento de passageiros nos aeroportos portugueses, que era sistematicamente dos mais fortes na Europa, foi inferior em Julho à média europeia, de acordo com os dados publicados pelo Airports Council International (ACI) Europa, que mostram uma forte correlação com o abrandamento do Aeroporto de Lisboa.

Faro teve a 8ª maior queda de passageiros dos aeroportos europeus em Julho

18-09-2018 (16h34)

O Aeroporto de Faro, principal ‘porta de entrada’ de turistas estrangeiros no Algarve, maior região turística portuguesa, teve em Julho a 8ª maior queda de passageiros de todos os aeroportos europeus, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Airports Council International (ACI) Europa.

TAP põe mais um avião a fazer a ponte aérea Lisboa – Porto

17-09-2018 (13h25)

A TAP acaba de anunciar que vai ter nove aviões a fazer a ponte aérea entre Lisboa e Porto, reforçando a oferta para 18 voos por dia a partir de 28 de Outubro.

United Airlines promete reduzir emissões em 50% até 2050

14-09-2018 (18h41)

A companhia aérea norte-americana United Airlines anunciou o objectivo de, até 2050, reduzir para metade as emissões de gases que contribuem para o efeito estufa, usando como base as emissões registadas em 2005.

TAP vai manter limites de vento que definiu para aterrar na Madeira – Antonoaldo Neves

14-09-2018 (11h54)

“Mesmo que os limites sejam alterados, a TAP vai manter” os limites de vento que definiu para aterragens na Madeira, porque estudou o assunto e tem o “seu padrão de operação e de segurança”, afirmou o CEO da transportadora, Antonoaldo Neves.