GOL agrava redução de capacidade no mês de Março e queda de tráfego acentua-se para 19,3%

05-05-2016 (09h17)

Foto: GOL
Foto: GOL

A GOL, maior companhia aérea em passageiros transportados em voos internos no Brasil, reduziu em 16,7% o número de lugares disponíveis neste mercado no mês de Março e teve uma queda de passageiros em 19,3% ou cerca de 563 mil.

A informação divulgada hoje pela companhia evidencia que, com o fim do ‘pico’ da época alta no Brasil, aprofundou a estratégia de ‘secar’ capacidade, especialmente no mercado doméstico.

Em ASK, medida de capacidade mais utilizada na aviação, indicando o total de lugares x quilómetros voados, a companhia reduziu a sua capacidade em 9,4% no mês de Março, quando nos primeiros dois meses baixara 0,8%, o que leva a que a redução do trimestre tenha sido em 1,4%.

Ainda assim, a companhia teve quedas de taxa de ocupação tanto em Março (-1,7 pontos, para 72,5%) quanto no trimestre (-0,7 pontos, para 77,6%) porque em ambos os períodos as duas reduções de capacidade foram insuficientes para anular as quedas de tráfego (medido em RPK = passageiros x quilómetros voados), que foram de 11,5% em Março e 2,3% no trimestre, tendo em conta neste caso que nos primeiros dois meses o decréscimo tinha sido em 1,5%.

Em voos internacionais, o quadro foi melhor com subidas de taxa de ocupação em 8,3 pontos em Março, para 77,8%, e em 1,5 pontos no trimestre, para 72,9%, mas em Março a companhia apenas teve 11,9% da capacidade em voos internacionais e a média no trimestre foi de 12,2%.

Acresce que as subidas de taxa de ocupação em voos internacionais não se ficaram a dever a aumentos de tráfego (em RPK), que baixou 9,5% em Março e 4,6% no trimestre, mas a reduções de capacidade, em 19,1% no mês e em 6,7% no trimestre.

Assim, de acordo com o balanço de tráfego divulgado pela GOL, a companhia efectuou 309.287 voos no trimestre, nos quais teve disponíveis 51,422 milhões de lugares e transportou 37,79 milhões de passageiros, o que significa que ficou 13,632 milhões de lugares vazios (26,5% do total).

Relativamente ao primeiro trimestre de 2015, a empresa fez menos quase dez mil voos (-3,9% ou menos 9.988), teve menos cerca de dois milhões de lugares nos voos (-3,7%) e transportou menos 2,25 milhões de passageiros.

No mês de Março, a companhia fez 22.131 voos, -16,6% ou menos cerca de 4,4 mil que há um ano.

A sua capacidade total em número de lugares foi de 3,69 milhões, -16,5% ou menos 730 mil que há um ano, com -16,7% ou menos 695 mil em voos domésticos e -13,7% ou menos 34 mil em voos internacionais.

Em finais de Março, ao divulgar os prejuízos do ano de 2015, a GOL anunciou que vai acentuar este ano a redução da sua capacidade no mercado (clique para ler: GOL corta lugares disponíveis em 15% a 18% este ano).

 

Clique para mais notícias: GOL

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícia: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair garante continuidade dos voos Lisboa – Porto no próximo Verão

17-10-2018 (17h02)

A Ryanair vai continuar a voar entre Lisboa e Porto no próximo Verão, assegurou a companhia em resposta ao PressTUR, questionada sobre a continuidade da linha tendo em conta que no seu website estão indisponíveis reservas a partir de 31 de Março.

Travelport renova acordo de distribuição com a Jet Airways

17-10-2018 (14h17)

A Travelport e a Jet Airways renovaram o seu acordo de distribuição, que permite às agências de viagens conectadas à tecnológica aceder à oferta da companhia de aviação indiana.

Aeroportos portugueses já estão a crescer menos que a média europeia

16-10-2018 (18h07)

Os aeroportos portugueses, que sistematicamente figuravam como líderes de crescimento na Europa, actualmente crescem menos que a média europeia, porque o abrandamento do crescimento de Lisboa não tem beneficiado os outros aeroportos, que estão piores que o da capital, à excepção do Porto.

Emirates reduz voos para Lisboa em Abril e Maio de 2019

15-10-2018 (11h53)

A Emirates, companhia de aviação do Dubai actualmente com dois voos por dia para Lisbia, vai reduzir a operação a partir de 16 de Abril devido a obras de manutenção da pista do seu hub, no Dubai International Airport.

TAP antecipa e cancela voos da Madeira no sábado devido à passagem de furacão Leslie

12-10-2018 (17h21)

A companhia de aviação portuguesa TAP antecipou três voos previstos para Sábado de manhã da Madeira e cancelou a operação no arquipélago naquele dia até às 18:00 devido ao mau tempo esperado pela passagem do furacão Leslie.