Futuro avião de longo curso da TAP já fez primeiro voo de teste

20-10-2017 (14h17)

A Airbus, fabricante europeu de aviões, realizou ontem o primeiro voo de teste do seu novo A330neo, que no futuro será o avião de longo curso da TAP, a qual, por sua vez, será a companhia estreante do novo aparelho, no Verão do próximo ano, como confirmado na cerimónia pelo COO da Airbus.

Tratou-se de um voo de quatro horas e 13 minutos sobre o Sudoeste de França à partida do aeroporto de Toulouse-Blagnac, a que à descolagem assistiram vários convidados.

O aparelho testado foi um A330-900 que a Airbus prevê entre em operação comercial em meados de 2018 e tenha, então, o mais baixo custo médio por lugar voado uma milha na gama dos aviões wide-body de 300 passageiros.

A companhia tem previsto ter dois modelos, o A330-800, que apresenta como o sucessor do A330-200, que é o avião base da actual frota de longo curso da TAP, com capacidade para 257 passageiros, e que a Airbus prevê tenha a sua certificação completa em 2019.

Tal como o A330-900, de 287 passageiros, ontem testado, o A330-800 também é equipado com motores Rolls-Royce Trent 7000.

O COO e presidente de Aviões Comerciais da Airbus, Fabrice Brégier, em declarações ontem à imprensa que a empresa decidiu aumentar o peso máximo à descolagem (MTOW, do inglês para maximum takeoff weight) de 242 para 251 toneladas nas versões que deverão chegar ao mercado em 2020 devido a “modificações menores e controláveis”.

O avião terá então um alcance de mais 700 milhas náuticas, que “provavelmente” lhe permitirá voar entre Kuala Lumpur e Londres.

As certificações europeia e americana do novo A330 implica 1-500 horas de voos de teste, incluindo 1.100 para o A330-900 e 300 para o A330-800, que deverão ser cumpridas com três aviões de teste.

 

Clique para mais notícias: Airbus

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: TAP

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Comentários
  • Mário Vieira

    Caríssimos ; Só para acrescentar à vossa informação o facto de que nos testes de certificação em que estarão envolvidos três aviões, que um dos 'participantes' será o Msn 1819, o primeiro avião de produção que é precisamente a primeira aeronave prevista a entrar ao serviço na TAP (que até já tem registo reservado na ANAC, será o futuro CS-TUA). Este será utilizado nos testes de certificação da nova cabine 'Airspace'. Eis um link com mais informação sobre este assunto ; https://leehamnews.com/2017/10/20/bjorns-corner-airbus-a330neo-flight-test-starts/ Melhores cumprimentos ; MV

    21-10-2017 (13h31)


Escrever comentário

Outras Notícias

Novo sistema de gestão do espaço aéreo “em princípio, estará completamente operacional em 2021” - NAV

25-05-2018 (17h04)

O presidente da NAV Portugal, Jorge Ponce de Leão, afirmou que o novo sistema de gestão do espaço aéreo deverá estar “completamente operacional em 2021”, antes da entrada em operação do aeroporto do Montijo.

Governo aprova proposta para registo de identificação dos passageiros aéreos

25-05-2018 (16h59)

A proposta de lei que vai permitir às companhias aéreas transmitir dados dos viajantes para um registo de identificação dos passageiros (PNR, na sigla em inglês) como forma de prevenir terrorismo e criminalidade grave foi aprovada pelo Governo.

TAP transporta +19% de passageiros entre Portugal e Espanha e alcança quota de 42,2%

25-05-2018 (16h38)

A TAP reforçou a liderança do transporte aéreo de passageiros entre Portugal e Espanha com um crescimento 16% ou 2,6 pontos mais forte que o mercado no primeiro quadrimestre, o que lhe deu um reforço da quota de mercado em 0,9 pontos, para 42,2%, ainda que tenha baixado no Aeroporto de Madrid, onde a líder é a Iberia que este ano começou a ter também voos de/para o Porto.

Sevilha é a principal rota espanhola da TAP depois de Madrid e Barcelona

25-05-2018 (16h36)

A TAP transportou até Abril 40 mil passageiros em voos de/para Sevilha, o que faz da capital andaluza a primeira origem/destino em Espanha depois das duas grandes metrópoles, Madrid e Barcelona, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR.

Laudamotion começa a voar Viena - Faro a 28 de Outubro

25-05-2018 (11h06)

A Laudamotion, criada a partir da venda falência do grupo Air Berlin e onde a Ryanair aguarda autorização para ser accionista maioritária, tem programado abrir a sua base em Viena em finais de Outubro, com 20 rotas, uma das quais Faro, com dois voos por semana.