Finnair anuncia ligações com mais oito destinos na China em code-share com a China Southern

21-05-2019 (13h57)

A Finnair, companhia de aviação finlandesa que em 2018 voltou a voar entre o seu hub em Helsínquia e Lisboa, anunciou hoje um novo acordo de code-share com a China Southern com o qual proporciona conexões para oito destinos na China.

Com o code-share, os seus voos de Helsínquia para Guangzhou passam a proporcionar conexões para Changsha (CSX), Chongqing (CKG), Hangzhou (HGH), Nanjing (NKG), Sanya (SYX), Wenzhou (WNZ), Xiamen (XMN) and Xi´an (XIY), diz a informação da Finnair.

A informação acrescenta que a China Southern, por sua vez, passa a proporcionar aos seus clientes conexões em voos Finnair de Helsínquia para Amsterdão (AMS), Billund (BLL), Copenhaga (CPH), Gotemburgo (GOT), Londres (LHR), Paris (CDG), Riga (RIX) e Estocolmo (ARN).

Já na passada sexta-feira a Finnair anunciara uma expansão da sua rede na China através de um acordo com a Juneyao Air, companhia baseada em Xangai.

Com esse acordo, indicou a Finnair, a sua rede na China passou a contar com conexões em voos da Juneyao Air de Shanghai para Harbin, Shenyang, Dalian, Qingdao, Xi´an, Chongqing, Kunming, Xiamen e Fuzhou.

A Finnair, representada em Portugal pela APG, concluiu o primeiro quadrimestre com um crescimento do tráfego em RPK (passageiros x quilómetros voados) em 7,7% e um aumento do número de passageiros embarcados em 7,1%, atingindo um total de 4,37 milhões.

A sua rede para a Ásia, que é um dos seus ‘pontos fortes’, teve um crescimento do tráfego em RPK em 2% e um aumento do número de passageiros em 2%, para 801,2 mil.

 

Clique para mais notícias: Finnair

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP já voa para Washington – Dulles

17-06-2019 (17h16)

A TAP já liga as capitais de Portugal e dos Estados Unidos, com a inauguração no Domingo do seu voo TP231 para Washington – Dulles, que informou ter preços de ida desde 253 euros.

Lufthansa responsabiliza excesso de capacidade na Europa pela quebra de resultados

17-06-2019 (15h15)

O grupo Lufthansa, maior grupo de aviação da Europa em número de passageiros e em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), responsabiliza um alegado excesso de capacidade na Europa por uma evolução pior do que previa, mas os seus dados mostram que a subsidiária mais problemática é a Eurowings, que até era identificada com o negócio de voos de longo curso low cost.

Lufthansa alarma mercados com revisão em forte baixa da previsão de resultados

17-06-2019 (14h46)

A Lufthansa revelou hoje uma previsão de queda acentuada do resultado operacional ajustado de não recorrentes, que conduziu a forte quebra da sua cotação na Bolsa de Frankfurt e ‘ondas de choque’ nos títulos das outras companhias de aviação europeias.

TAP quadruplica oferta de obrigações para até 200 milhões de euros

14-06-2019 (19h03)

A TAP decidiu multiplicar por quatro o número e valor de obrigações a emitir, no âmbito do empréstimo obrigacionista em curso, passando de 50 milhões de euros para até 200 milhões de euros, foi hoje comunicado ao mercado.

TAP recebe mais três Airbus A330neo e já conta com dez

14-06-2019 (16h58)

A TAP anunciou hoje ter recebido mais três aviões Airbus A330neo e que, assim, já com dez unidades deste avião que diz contribuir “com mais de 24 milhões de euros para a economia portuguesa” e “mais de 600 postos de trabalho para o País”.

Noticias mais lidas