Finnair anuncia ligações com mais oito destinos na China em code-share com a China Southern

21-05-2019 (13h57)

A Finnair, companhia de aviação finlandesa que em 2018 voltou a voar entre o seu hub em Helsínquia e Lisboa, anunciou hoje um novo acordo de code-share com a China Southern com o qual proporciona conexões para oito destinos na China.

Com o code-share, os seus voos de Helsínquia para Guangzhou passam a proporcionar conexões para Changsha (CSX), Chongqing (CKG), Hangzhou (HGH), Nanjing (NKG), Sanya (SYX), Wenzhou (WNZ), Xiamen (XMN) and Xi´an (XIY), diz a informação da Finnair.

A informação acrescenta que a China Southern, por sua vez, passa a proporcionar aos seus clientes conexões em voos Finnair de Helsínquia para Amsterdão (AMS), Billund (BLL), Copenhaga (CPH), Gotemburgo (GOT), Londres (LHR), Paris (CDG), Riga (RIX) e Estocolmo (ARN).

Já na passada sexta-feira a Finnair anunciara uma expansão da sua rede na China através de um acordo com a Juneyao Air, companhia baseada em Xangai.

Com esse acordo, indicou a Finnair, a sua rede na China passou a contar com conexões em voos da Juneyao Air de Shanghai para Harbin, Shenyang, Dalian, Qingdao, Xi´an, Chongqing, Kunming, Xiamen e Fuzhou.

A Finnair, representada em Portugal pela APG, concluiu o primeiro quadrimestre com um crescimento do tráfego em RPK (passageiros x quilómetros voados) em 7,7% e um aumento do número de passageiros embarcados em 7,1%, atingindo um total de 4,37 milhões.

A sua rede para a Ásia, que é um dos seus ‘pontos fortes’, teve um crescimento do tráfego em RPK em 2% e um aumento do número de passageiros em 2%, para 801,2 mil.

 

Clique para mais notícias: Finnair

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair espera voar com Boeing 737 Max em Fevereiro/Março

20-09-2019 (15h50)

O CEO do Grupo Ryanair, Michael O’Leary, afirmou que Fevereiro ou início de Março é a previsão mais real para começar a voar com aviões Boeing 737 Max, modelo proibido de voar desde Março, após dois acidentes fatais.

Beijing Capital muda voos de/para Lisboa para o novo aeroporto da capital chinesa

20-09-2019 (13h42)

A Beijing Capital, única companhia de aviação chinesa a voar de/para Portugal, vai alterar o aeroporto de partida/chegada a Pequim para o novo aeroporto da capital chinesa, o Beijing Daxing (PKX).

Aeroporto do Porto vai renovar o sistema ILS para melhorar aterragens quando há nevoeiro

19-09-2019 (17h38)

O Aeroporto do Porto vai ter um “renovado sistema ILS (Landing Sistem, ou sistema de aterragem, em tradução livre) para garantir melhores condições” à infraestrutura, nomeadamente quando há nevoeiro, revelou hoje à Lusa a NAV – Navegação Aérea de Portugal.

Magnet junta companhias aéreas e agentes de viagens em Lisboa, Porto e Coimbra

19-09-2019 (16h53)

A Magnet vai organizar em Outubro, em Lisboa, Porto e Coimbra, um evento para juntar agentes de viagens e as principais companhias de aviação que operam em Portugal.

Governo publica lei que aprova Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil

19-09-2019 (15h34)

O Governo publicou hoje, em Diário da República, o decreto-lei que aprova o Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil, com medidas que revêm a legislação anterior e a adaptam “à mais recente regulamentação europeia”.

Noticias mais lidas