Falência da Air Berlin deixa 200 mil sem reembolsos dos bilhetes não utilizados

16-10-2017 (15h08)

Website Air Berlin Group
Website Air Berlin Group

Cerca de 200 mil clientes da Air Berlin vão perder o dinheiro que despenderam a comprar bilhetes da companhia alemã cujo ‘grosso’ dos activos está ‘destinado’ à Lufthansa, segundo a imprensa internacional.

A Air Berlin solicitou a insolvência em Agosto e já anunciou que deixa de voar no próximo dia 28, com os voos de longo curso a terminarem ontem dia 15.

As notícias da imprensa internacional dizem que cerca de cem mil clientes perdem o dinheiro que investiram na compra de voos de longo curso da Air Berlin e outros tantos perdem o dinheiro aplicado em passagens de médio curso.

As informações dizem que não terão direito a reembolso os clientes que compraram bilhetes antes da Air Berlin declarar insolvência a 15 de Agosto, depois que o seu accionista de referência, a Etihad, do Abu Dhabi, ter cessado o apoio financeiro.

As notícias mais recentes da repartição dos ‘despojos’ da que foi a segunda maior companhia alemã e uma das maiores da Europa indicam que a maior ‘fatia’ ficará para a Lufthansa, que tomará cerca de 80 aviões, alegadamente para expandir a Eurowings, e ficará com as subsidiárias austríaca Niki e a regional LG Walter.

As notícias referem que a Lufthansa já assinou um contrato de 200 milhões de euros por esses activos e acrescentam que o seu CEO em declarações à imprensa avançou o montante de 1,5 mil milhões.

Adicionalmente, a Lufthansa propõe-se integrar uns milhares de trabalhadores da Air Niki, mas o negócio já está a levantar objecções, quer da parte de outras companhias de aviação, da Ryanair ao IAG, quer da parte de autoridades, neste caso da Áustria, que consideram que a Lufthansa, que já tem a Austrian no seu grupo, terá uma posição fortemente dominante.

A companhia alemã tem contraposto que o que interessa é a posição que terá no mercado europeu.

 

Clique para mais notícias: Air Berlin

Clique para mais notícias: Lufthansa

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

CTP duvida que aeroporto do Montijo esteja pronto em 2023 – Francisco Calheiros

16-11-2018 (10h19)

"Há muito que a CTP diz que tem dúvidas da abertura do Montijo em 2022", mas "neste momento temos dúvidas para 2023", disse hoje o presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), Francisco Calheiros.

Atrasos na TAP este ano custaram mais 40 milhões de euros, Antonoaldo Neves

15-11-2018 (20h13)

Os atrasos na TAP este ano custaram mais 40 milhões de euros do que em 2017, segundo avançou hoje o CEO da TAP, Antonoaldo Neves, em Vila Nova de Gaia.

Lufthansa anuncia crescimento em 13% em Portugal até Outubro

15-11-2018 (16h59)

A Lufthansa anunciou hoje teve um crescimento em 13% em Portugal nos dez meses até Outubro, concluindo que está a ter “outro ano fantástico” no mercado português.

TAP apresenta os seus tripulantes de cabina como ‘wine advisors’

15-11-2018 (16h25)

A TAP, que reclama ser o “maior canal de comunicação e experimentação do vinho português”, anunciou hoje que 58 dos seus tripulantes de cabina já ostentam o badge “Wine Advisor”.

TACV programa voos para Dakar a partir de DezembroTitulo

15-11-2018 (11h00)

A companhia de aviação cabo-verdiana Cabo Verde Airlines (TACV) vai começar a voar entre a ilha do Sal e a capital do Senegal, Dakar, a partir de 9 de Dezembro, duas vezes por semana, com o seu Boeing B757.