euroAtlantic desmente acordo da STP com a Ceiba e anuncia que vai reclamar “avultada indemnização”

27-08-2019 (18h02)

“A euroAtlantic airways afirma ser falso que exista um Memorando assinado entre a sua participada STP AIRWAYS e a companhia Ceiba Intercontinental”, diz um comunicado da companhia portuguesa divulgado hoje, no qual também se insurge contra o Governo de São Tomé, designadamente o ministro dos Transportes.

A companhia, diz o comunicado, “considera gravíssimo o que tem sido oficialmente comunicado à imprensa nacional e internacional não podendo aceitar que o Governo de São Tomé e Príncipe, unilateralmente, sem consulta ao maior accionista, investidor de direito internacional, e credor da sua companhia nacional, tenha assinado um “Memorando” em nome da STP AIRWAYS”.

A empresa, que actualmente é detida integralmente pelo seu fundador e presidente, Tomaz Metello, na sequência da compra por este da posição maioritária detida pelo Grupo Pestana, anuncia de seguida que “não deixará de, junto dos Tribunais Internacionais, requerer uma avultada indemnização compensatória” por considerar estar face a “enormes danos e prejuízos”.

A euroAtlantic declara que Memorando que tem sido referido nas notícias, e pelo qual alegadamente a CEIBA, companhia de aviação da Guiné Conacri, irá colocar aviões ao serviço da companhia são-tomense, na qual a euroAtlantic tem 40% do capital, foi “assinado na capital da Guiné Equatorial, Malabo, pelo Presidente (Não Executivo) da STP AIRWAYS, António Aguiar”.

“Não tem nenhum valor jurídico”, declara a companhia portuguesa que acrescenta que “esta matéria não foi levada a Assembleia Geral de accionistas, pelo gestor nomeado pelo Governo, como os gestores legais Executivos oficializados pelos Estatutos da companhia não tiveram conhecimento da matéria”. 

Para ler mais clique:

Governo de São Tomé escolhe Ceiba/White para substituir euroAtlantic na STP Airways

 

Clique para mais notícias: STP Airways

Clique para mais notícias: euroAtlantic Airways

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Expansão da TAP “espera ansiosamente" pelo aeroporto no Montijo – Miguel Frasquilho

18-10-2019 (13h40)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, afirmou em Macau que a expansão da TAP depende da construção do novo aeroporto no Montijo, que a companhia aérea portuguesa “espera ansiosamente" para poder expandir na Portela, em Lisboa.

Presidente da TAP descarta voos directos para a China “num futuro imediato”

18-10-2019 (13h38)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, descartou a hipótese de a companhia fazer voos directos de Portugal para a China "num futuro imediato", apesar do crescimento de turistas daquele país asiático.

TAP anuncia mais 20% de capacidade para Luanda no próximo ano

17-10-2019 (14h53)

A TAP vai reforçar a sua capacidade para Luanda em mais 20% a partir do próximo ano, anunciou na capital angolana o seu Chief Marketing and Sales Officer, Abílio Martins, que realçou que para a companhia Angola “é um mercado estratégico”.

EgyptAir abre terceira rota para a China

17-10-2019 (13h47)

A companhia de aviação egípcia EgyptAir, parceira da TAP na Star Alliance, anunciou para finais do próximo mês a abertura da sua terceira rota para a China, do seu hub no Cairo para Hangzhou.

Swiss retoma hoje operação normal em A220

17-10-2019 (13h39)

A Swiss, companhia de aviação suíça do grupo Lufthansa, anunciou que hoje retoma o calendário normal de voos em Airbus A220, que decidiu interromper depois de na terça-feira ter tido que desviar para Paris um voo Londres Heathrow - Genebra porque um dos motores parou.

Noticias mais lidas