Etihad ‘fecha a torneira do dinheiro’ e Air Berlin entra em processo de insolvência

15-08-2017 (14h38)

Lufthansa vai ficar com ‘partes’ da antiga rival

A Air Berlin, que se apresentava como a segunda maior companhia aérea alemã, declarou hoje ter-se colocado em processo de insolvência na sequência da comunicação pelo seu accionista de referência, a Etihad, do Abu Dhabi, de que não a iria continuar a financiar.

A comunicação da Etihad diz que os seus voos continuarão a operar, ao que as agências de notícias internacionais avançam graças a um financiamento de 150 milhões de euros por parte do governo alemão.

"Não haverá uma transferência da totalidade da Air Berlin para a Lufthansa, há partes do negócio que irão para a Lufthansa e há interessados em outras partes do negócio, pelo que não esperamos dificuldades com cartelização", declarou o ministro alemão dos Transportes, Alexander Dobrindt, ao explicar a acção do executivo.

"A Etihad notificou a Air berlin do facto de que não lhe providenciará qualquer suporte financeiro adicional", foi assim que a Air Berlin explicou porque avançou para o pedido de insolvência, enquanto a companhia do Abu Dhabi dizia que a situação na empresa alemã se tinha "deteriorado a um rimo sem precedentes, impedindo-a de superar os seus significativos desafios e de implementar soluções estratégicas alternativas".

O pedido de insolvência da Air Berlin é o segundo de uma grande companhia aérea europeia em menos de quatro meses, depois da Alitalia, que de novo avançou para a insolvência em 2 de Maio, a qual também pertencia ao que foi baptizado de Etihad Airways Partners, referindo-se à ‘colecção' de participações minoritárias que a Etihad formou sob a liderança do entretanto afastado CEO James Hogan.

As notícias das agêncas internacionais referem que o último financiamento da Etihad à Air Berlin, na qual tinha uma participação de 29% desde 2012, ascendeu a 250 milhões de euros em Abril último, acrescentando que, porém, a companhia alemã acumulou mais de 2,7 mil milhões de prejuízos nos últimos seis anos.

 

Clique para mais notícias: Air Berlin

Clique para mais notícias: Etihad

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos portugueses já estão a crescer menos que a média europeia

16-10-2018 (18h07)

Os aeroportos portugueses, que sistematicamente figuravam como líderes de crescimento na Europa, actualmente crescem menos que a média europeia, porque o abrandamento do crescimento de Lisboa não tem beneficiado os outros aeroportos, que estão piores que o da capital, à excepção do Porto.

Emirates reduz voos para Lisboa em Abril e Maio de 2019

15-10-2018 (11h53)

A Emirates, companhia de aviação do Dubai actualmente com dois voos por dia para Lisbia, vai reduzir a operação a partir de 16 de Abril devido a obras de manutenção da pista do seu hub, no Dubai International Airport.

TAP antecipa e cancela voos da Madeira no sábado devido à passagem de furacão Leslie

12-10-2018 (17h21)

A companhia de aviação portuguesa TAP antecipou três voos previstos para Sábado de manhã da Madeira e cancelou a operação no arquipélago naquele dia até às 18:00 devido ao mau tempo esperado pela passagem do furacão Leslie.

Zagreb desde 155 euros é a proposta da Croatia Airlines

12-10-2018 (16h44)

A Croatia Airlines, representada em Portugal pela APG, está a promover a ligação Lisboa-Zagreb, que estendeu até 14 de Janeiro, com preços a partir de 155 euros por pessoa.

Croatia Airlines prolonga ligação Lisboa-Zagreb e retoma em 2019

12-10-2018 (16h25)

A Croatia Airlines, representada em Portugal pela APG, anunciou que vai prolongar a rota Lisboa-Zagreb até 14 de Janeiro, e a sua renovação para a temporada de 2019, a partir de 29 de Abril e até 28 de Outubro.