Etihad ‘fecha a torneira do dinheiro’ e Air Berlin entra em processo de insolvência

15-08-2017 (14h38)

Lufthansa vai ficar com ‘partes’ da antiga rival

A Air Berlin, que se apresentava como a segunda maior companhia aérea alemã, declarou hoje ter-se colocado em processo de insolvência na sequência da comunicação pelo seu accionista de referência, a Etihad, do Abu Dhabi, de que não a iria continuar a financiar.

A comunicação da Etihad diz que os seus voos continuarão a operar, ao que as agências de notícias internacionais avançam graças a um financiamento de 150 milhões de euros por parte do governo alemão.

"Não haverá uma transferência da totalidade da Air Berlin para a Lufthansa, há partes do negócio que irão para a Lufthansa e há interessados em outras partes do negócio, pelo que não esperamos dificuldades com cartelização", declarou o ministro alemão dos Transportes, Alexander Dobrindt, ao explicar a acção do executivo.

"A Etihad notificou a Air berlin do facto de que não lhe providenciará qualquer suporte financeiro adicional", foi assim que a Air Berlin explicou porque avançou para o pedido de insolvência, enquanto a companhia do Abu Dhabi dizia que a situação na empresa alemã se tinha "deteriorado a um rimo sem precedentes, impedindo-a de superar os seus significativos desafios e de implementar soluções estratégicas alternativas".

O pedido de insolvência da Air Berlin é o segundo de uma grande companhia aérea europeia em menos de quatro meses, depois da Alitalia, que de novo avançou para a insolvência em 2 de Maio, a qual também pertencia ao que foi baptizado de Etihad Airways Partners, referindo-se à ‘colecção' de participações minoritárias que a Etihad formou sob a liderança do entretanto afastado CEO James Hogan.

As notícias das agêncas internacionais referem que o último financiamento da Etihad à Air Berlin, na qual tinha uma participação de 29% desde 2012, ascendeu a 250 milhões de euros em Abril último, acrescentando que, porém, a companhia alemã acumulou mais de 2,7 mil milhões de prejuízos nos últimos seis anos.

 

Clique para mais notícias: Air Berlin

Clique para mais notícias: Etihad

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP reforça oferta de voos entre Porto e São Paulo a partir de Junho

21-02-2019 (11h58)

A TAP vai reforçar as ligações entre Porto e São Paulo dos actuais dois voos por semana para três voos semanais a partir de Junho, que serão às terças, quintas e Sábados.

easyJet lança nova rota de Verão Porto – Málaga

21-02-2019 (09h56)

A companhia de aviação easyJet anunciou que vai voar entre Porto e Málaga de 2 de Abril a 26 de Outubro, quatro vezes por semana, em A320.

TAP recebe segundo Airbus A320neo

20-02-2019 (18h22)

A TAP comunicou hoje que já recebeu o segundo novo Airbus A320neo, com a matrícula CS-TSB, da encomenda de 71 aviões ao fabricante europeu que conta receber até 2025.

Banco de Portugal contabiliza recorde de exportações de transporte aéreo de passageiros em 2018

20-02-2019 (14h07)

O Banco de Portugal contabilizou 3,56 mil milhões de euros de exportações portuguesas de transporte aéreo de passageiros em 2018, que constitui um novo recorde anual, +6,8% ou mais 226,4 milhões que em 2017.

Grupo Air France KLM factura mais mas lucra menos em 2018

20-02-2019 (11h36)

O grupo de aviação Air France KLM, que reclama ser o maior da Europa em voos de longo curso, revelou hoje que em 2018 teve um aumento da receitas de transporte de passageiros em 1,6% (+4,1% sem flutuações cambiais), atingindo 22,9 mil milhões de euros, mas o seu resultado operacional caiu 382 milhões, para 994 milhões.