Etihad ‘fecha a torneira do dinheiro’ e Air Berlin entra em processo de insolvência

15-08-2017 (14h38)

Lufthansa vai ficar com ‘partes’ da antiga rival

A Air Berlin, que se apresentava como a segunda maior companhia aérea alemã, declarou hoje ter-se colocado em processo de insolvência na sequência da comunicação pelo seu accionista de referência, a Etihad, do Abu Dhabi, de que não a iria continuar a financiar.

A comunicação da Etihad diz que os seus voos continuarão a operar, ao que as agências de notícias internacionais avançam graças a um financiamento de 150 milhões de euros por parte do governo alemão.

"Não haverá uma transferência da totalidade da Air Berlin para a Lufthansa, há partes do negócio que irão para a Lufthansa e há interessados em outras partes do negócio, pelo que não esperamos dificuldades com cartelização", declarou o ministro alemão dos Transportes, Alexander Dobrindt, ao explicar a acção do executivo.

"A Etihad notificou a Air berlin do facto de que não lhe providenciará qualquer suporte financeiro adicional", foi assim que a Air Berlin explicou porque avançou para o pedido de insolvência, enquanto a companhia do Abu Dhabi dizia que a situação na empresa alemã se tinha "deteriorado a um rimo sem precedentes, impedindo-a de superar os seus significativos desafios e de implementar soluções estratégicas alternativas".

O pedido de insolvência da Air Berlin é o segundo de uma grande companhia aérea europeia em menos de quatro meses, depois da Alitalia, que de novo avançou para a insolvência em 2 de Maio, a qual também pertencia ao que foi baptizado de Etihad Airways Partners, referindo-se à ‘colecção' de participações minoritárias que a Etihad formou sob a liderança do entretanto afastado CEO James Hogan.

As notícias das agêncas internacionais referem que o último financiamento da Etihad à Air Berlin, na qual tinha uma participação de 29% desde 2012, ascendeu a 250 milhões de euros em Abril último, acrescentando que, porém, a companhia alemã acumulou mais de 2,7 mil milhões de prejuízos nos últimos seis anos.

 

Clique para mais notícias: Air Berlin

Clique para mais notícias: Etihad

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pilotos da KLM ameaçam com greve por reivindicações salariais

14-08-2018 (18h28)

Os pilotos da companhia de aviação holandesa KLM, que faz parte do mesmo grupo que a francesa Air France e a low cost Transavia, ameaçaram hoje fazer greve caso não tenham resposta até sexta-feira para as suas reivindicações salariais, segundo o jornal holandês “De Telegraaf”.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

SATA tem nova Administração a partir de segunda-feira

10-08-2018 (16h10)

A nova Administração da companhia de aviação açoriana SATA, presidida por António Luís Gusmão Teixeira, toma posse na segunda-feira, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

Ryanair prevê transportar 400 mil passageiros hoje apesar da greve de pilotos na Europa

10-08-2018 (12h07)

A low cost Ryanair, segunda maior companhia de aviação em Portugal, garantiu que vai transportar hoje mais de 400 mil passageiros em mais de dois mil voos, apesar de enfrentar uma greve dos pilotos na Irlanda, Suécia, Alemanha e Bélgica.