Emirates reduz Dubai - Luanda de sete para cinco voos/semana

14-07-2016 (16h00)

Imagem: Dubai Airports
Imagem: Dubai Airports

A Emirates está a reduzir o número de voos em várias rotas, incluindo Dubai - Luanda, que passa de sete para cinco voos por semana, segundo uma informação aos sistemas globais de reservas a que o PressTUR teve acesso.

Outras reduções permanentes são nas rotas Dubai - Banguecoque de sete para seis diários, a partir de 1 de Agosto, Dubai - Roma, de três para dois diários, a partir de 1 de Outubro (porém, a companhia tem programado aumentar a capacidade nessa rota a partir de 1 de Setembro utilizando numa das ligações o A380 em lugar do B777-300ER), e Dubai - Istambul Sabiha Gokcen, com menos quatro ligações por semana a partir de 3 de Agosto.

Outras reduções indicadas na informação da Emirates, mas como sazonais, incluem o Dubai - Luanda, de sete para cinco voos por semana a partir de 30 de Novembro, apesar de a companhia dos Emirados ‘ter’ a gestão da angolana TAAG (para ler mais clique: TAAG e Emirates anunciam “parceria estratégica” e Emirates diz que acordo de gestão da TAAG é uma das suas linhas de expansão em África).

Também são reduzidas as frequência de voos para Jacarta, de três para dois diários, a partir de 30 de Novembro, Oslo, de sete para cinco por semana, a partir de 29 de Outubro, e São Petersburgo, de sete para cinco por semana, a partir de 31 de Dezembro.

A companhia sinalizou ainda alterações de capacidade em outras rotas por alterações do avião, como seja o Dubai - Rio de Janeiro - Buenos Aires que a partir de 1 de Setembro será efectuado em B777-200LR em lugar do B777-300ER.

Em sentido inverso evolui a oferta na rota Dubai Orlando, que a partir de 1 de Setembro é feita com aviões B777-300ER em lugar do B777-200LR

Outra mudança indicada pela Emirates na actualização dos seus horários é a aceleração da cessação de voos em Airbus A340-300, que vai começar já no próximo mês e não apenas a partir de Novembro.

 

Ver também:

Emirates cresce 35,2% em Lisboa no primeiro semestre, mas não ‘aguenta’ segundo voo diário

 

Clique para mais notícias: Emirates

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Aeroporto de Lisboa

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Primeiro responsável pela pontualidade na TAP sai para a TIM

20-07-2018 (19h24)

O primeiro responsável pela operação (Chief Operating Officer) da TAP, e como tal, também primeiro responsável pela pontualidade, Sami Foguel, sai para a operadora de telecomunicações brasileira TIM.

SATA Azores Airlines renova website para apresentar conteúdos consoante o utilizador

20-07-2018 (17h09)

A SATA Azores Airlines renovou o seu website para apresentar uma “abordagem mais intuitiva e com conteúdos especialmente seleccionados de acordo com o mercado escolhido pelo cliente”, anunciou a companhia aérea.

Canadá é a origem/destino de passageiros com o aumento mais forte em Lisboa

20-07-2018 (16h54)

O Aeroporto de Lisboa teve no primeiro semestre um aumento quase para o dobro do número de passageiros em voos de/para o Canadá, que foi assim a origem/destino com o crescimento mais forte do período, embora em valor absoluto os maiores aumentos tenham sido nas ligações com a Alemanha, com Espanha, com França e com o Brasil.

França é origem/destino de passageiros líder no Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre

20-07-2018 (16h50)

França foi a primeira origem/destino de passageiros do Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre, com 1,746 milhões, inclusivamente mais cerca de 34 mil que nos voos domésticos.

Ryanair diz que mais de 90% dos 50 mil passageiros com voos cancelados já têm alternativas

20-07-2018 (16h34)

A Ryanair revelou hoje que mais de 90% dos 50 mil passageiros com voos cancelados na próxima quarta e quinta-feira, dias de greve de tripulantes de cabina em Portugal, Espanha e Bélgica, já remarcaram os seus voos ou pediram reembolso.