Emirates reduz Dubai - Luanda de sete para cinco voos/semana

14-07-2016 (16h00)

Imagem: Dubai Airports
Imagem: Dubai Airports

A Emirates está a reduzir o número de voos em várias rotas, incluindo Dubai - Luanda, que passa de sete para cinco voos por semana, segundo uma informação aos sistemas globais de reservas a que o PressTUR teve acesso.

Outras reduções permanentes são nas rotas Dubai - Banguecoque de sete para seis diários, a partir de 1 de Agosto, Dubai - Roma, de três para dois diários, a partir de 1 de Outubro (porém, a companhia tem programado aumentar a capacidade nessa rota a partir de 1 de Setembro utilizando numa das ligações o A380 em lugar do B777-300ER), e Dubai - Istambul Sabiha Gokcen, com menos quatro ligações por semana a partir de 3 de Agosto.

Outras reduções indicadas na informação da Emirates, mas como sazonais, incluem o Dubai - Luanda, de sete para cinco voos por semana a partir de 30 de Novembro, apesar de a companhia dos Emirados ‘ter’ a gestão da angolana TAAG (para ler mais clique: TAAG e Emirates anunciam “parceria estratégica” e Emirates diz que acordo de gestão da TAAG é uma das suas linhas de expansão em África).

Também são reduzidas as frequência de voos para Jacarta, de três para dois diários, a partir de 30 de Novembro, Oslo, de sete para cinco por semana, a partir de 29 de Outubro, e São Petersburgo, de sete para cinco por semana, a partir de 31 de Dezembro.

A companhia sinalizou ainda alterações de capacidade em outras rotas por alterações do avião, como seja o Dubai - Rio de Janeiro - Buenos Aires que a partir de 1 de Setembro será efectuado em B777-200LR em lugar do B777-300ER.

Em sentido inverso evolui a oferta na rota Dubai Orlando, que a partir de 1 de Setembro é feita com aviões B777-300ER em lugar do B777-200LR

Outra mudança indicada pela Emirates na actualização dos seus horários é a aceleração da cessação de voos em Airbus A340-300, que vai começar já no próximo mês e não apenas a partir de Novembro.

 

Ver também:

Emirates cresce 35,2% em Lisboa no primeiro semestre, mas não ‘aguenta’ segundo voo diário

 

Clique para mais notícias: Emirates

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Aeroporto de Lisboa

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair lança-se na venda de bilhetes para eventos desportivos

14-12-2018 (17h12)

A Ryanair anunciou que começou a comercializar bilhetes para eventos desportivos, designadamente para jogos de futebol das primeiras divisões espanhola e francesa.

Brasil autoriza estrangeiros a ter 100% do capital das companhias aéreas do país

14-12-2018 (16h59)

O Presidente do Brasil, Michel Temer, assinou uma medida provisória que abre espaço para que estrangeiros assumam 100% do controlo do capital das companhias aéreas do país.

Operador dinamarquês vai ter charters para Portugal com a Jet Time, após falência da Primera Air

14-12-2018 (15h49)

O operador turístico dinamarquês Bravo Tours contratou a companhia aérea Jet Time para fazer as suas operações charter no próximo Verão, incluindo voos para Portugal, que estavam previstas ser realizadas pela Primera Air, que declarou falência em Outubro.

TAP prevê poupar 30 milhões de euros na factura de combustível em 2019

14-12-2018 (12h56)

A TAP prevê conseguir em 2019 uma poupança de 30 milhões de euros nos custos de combustível, graças à renovação da frota com aviões mais eficientes, de acordo com o Chief Financial Officer (CFO) da companhia, Raffael Quintas.

Manutenção e engenharia da TAP no Brasil prevê lucro de 3 milhões de euros em 2019 – Antonoaldo Neves

14-12-2018 (12h35)

O negócio da manutenção e engenharia da TAP no Brasil, a ex-VEM (Varig Engenharia e Manutenção), atingiu o equilíbrio operacional em 2018 e deverá alcançar em 2019 um lucro operacional de três milhões de euros, disse Antonoaldo Neves, CEO da TAP.

Ultimas Noticias