Emirates programa terceiro voo diário para Moscovo Domodedovo a partir de finais de Outubro

12-06-2018 (18h49)

Voo Emirates
Voo Emirates

A Emirates, maior operadora mundial de aviões Airbus A380 e Boeing B777, indicou aos sistemas de reservas que a partir de finais de Outubro terá um terceiro voo diário entre o seu hub no Dubai e o aeroporto moscovita de Domodedovo, em B777-300ER.

Em horas locais, o novo voo à partida do Dubai, EK173, parte às 3h00 e a chegada está prevista para as 7h20.

O voo de Moscovo, EK174, parte às 10h40 e tem chegada prevista para as 16h55.

De acordo com o Airports Council International (ACI) Europe, Moscovo Domodedovo foi o 23º maior aeroporto europeu em número de passageiros em Abril, com 2,2 milhões, e no conjunto do quadrimestre foi o 20º, com 8,1 milhões, em ambos os períodos em queda relativamente aos períodos homólogos de 2017, de 3% e de 1,8%, respectivamente.

 

Clique para mais notícias: Emirates

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair lança-se na venda de bilhetes para eventos desportivos

14-12-2018 (17h12)

A Ryanair anunciou que começou a comercializar bilhetes para eventos desportivos, designadamente para jogos de futebol das primeiras divisões espanhola e francesa.

Brasil autoriza estrangeiros a ter 100% do capital das companhias aéreas do país

14-12-2018 (16h59)

O Presidente do Brasil, Michel Temer, assinou uma medida provisória que abre espaço para que estrangeiros assumam 100% do controlo do capital das companhias aéreas do país.

Operador dinamarquês vai ter charters para Portugal com a Jet Time, após falência da Primera Air

14-12-2018 (15h49)

O operador turístico dinamarquês Bravo Tours contratou a companhia aérea Jet Time para fazer as suas operações charter no próximo Verão, incluindo voos para Portugal, que estavam previstas ser realizadas pela Primera Air, que declarou falência em Outubro.

TAP prevê poupar 30 milhões de euros na factura de combustível em 2019

14-12-2018 (12h56)

A TAP prevê conseguir em 2019 uma poupança de 30 milhões de euros nos custos de combustível, graças à renovação da frota com aviões mais eficientes, de acordo com o Chief Financial Officer (CFO) da companhia, Raffael Quintas.

Manutenção e engenharia da TAP no Brasil prevê lucro de 3 milhões de euros em 2019 – Antonoaldo Neves

14-12-2018 (12h35)

O negócio da manutenção e engenharia da TAP no Brasil, a ex-VEM (Varig Engenharia e Manutenção), atingiu o equilíbrio operacional em 2018 e deverá alcançar em 2019 um lucro operacional de três milhões de euros, disse Antonoaldo Neves, CEO da TAP.

Ultimas Noticias