Embraer perde mais 23,3% no primeiro trimestre

15-05-2019 (17h17)

Foto: Embraer
Foto: Embraer

A Embraer, fabricante brasileira de aviões, entre os quais os E190 e E195 utilizados pela TAP Express, teve um prejuízo de 160,8 milhões de reais (35,8 milhões de euros) no primeiro trimestre, +23,3% que no período homólogo de 2018.

Segundo o balanço divulgado pela empresa, o prejuízo ajustado (excluindo-se impostos diferidos e itens especiais) foi de 229,9 milhões de reais (51,2 milhões de euros), que compara com uma perda de 208,9 milhões de reais (46,5 milhões de euros) no primeiro trimestre de 2018.

O EBITDA (sigla em inglês usada para determinar o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Embraer foi de 120,3 milhões de reais (26,7 milhões de euros), resultado que representa um recuo de 32% na comparação com 2018.

A dívida da Embraer subiu para 4,3 mil milhões de reais (960 milhões de euros) no final do primeiro trimestre, que compara com 1,7 mil milhões de reais (380 milhões de euros) ao final de 2018.

A fabricante de aeronaves brasileira também informou que, de Janeiro a Março, entregou 11 aeronaves comerciais e 11 executivas (oito jactos leves e três grandes) e que a sua carteira de pedidos firmes atingiu os 16 mil milhões de reais (3,5 mil milhões de euros), considerando-se todas as entregas, assim como os pedidos firmes ocorridos no período.

A empresa também destacou que os accionistas aprovaram, em assembleia-geral extraordinária realizada em 26 de Fevereiro, a proposta de parceria estratégica com a Boeing.

Na reunião de accionistas, 96,8% de todos os votos válidos foram a favor da operação, com a participação de 67% das acções em circulação.

A Embraer mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras actividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Em Portugal, no Parque de Indústria Aeronáutica de Évora funcionam duas fábricas da Embraer e a empresa também é accionista da OGMA - Indústria Aeronáutica de Portugal, com 65% do capital, em Alverca.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Embraer

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Exportações portuguesas de transporte aéreo de passageiros baixam 0,8% até Maio

18-07-2019 (16h58)

As vendas ao estrangeiro de transporte aéreo de passageiros baixaram 0,8% nos primeiros cinco meses deste ano, significando um recuo de 12,27 milhões de euros, para 1.515,59 milhões, de acordo com dados do Banco de Portugal recolhidos pelo PressTUR.

APAVT apresenta queixa contra a TAP por uso abusivo de dados de passageiros

18-07-2019 (10h40)

A APAVT formalizou junto da IATA, associação internacional de companhias de aviação, uma queixa contra a TAP por alegada utilização abusiva dos contactos dos passageiros que os agentes de viagens são obrigados a fornecer, noticiou hoje o jornal espanhol "Nexotur".

Aeroporto de Lisboa subiu em Maio ao Top5 de crescimento dos grandes aeroportos europeus

17-07-2019 (17h07)

A associação dos aeroportos europeus, que diz representar mais de 500 aeroportos em 45 países do continente, apontou o Aeroporto de Lisboa como o 4º grande aeroporto europeu com crescimento mais forte do número de passageiros em Maio.

Azores Airlines ainda tem 300 passageiros "por reacomodar" após avaria em dois aviões

17-07-2019 (13h20)

A Azores Airlines, do grupo SATA, anunciou hoje que “estão ainda por reacomodar cerca de 300 passageiros” devido “aos cancelamentos em cadeia” verificados desde Sábado, na sequência da avaria de duas aeronaves.

TAP e tripulantes debateram “medidas mitigadoras” para náuseas em A330neo

17-07-2019 (12h00)

A TAP e o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) debateram “medidas mitigadoras” para tentar resolver os odores e as más disposições que têm ocorrido entre tripulações e passageiros nos aviões A330neo.

Noticias mais lidas