Embraer perde mais 23,3% no primeiro trimestre

15-05-2019 (17h17)

Foto: Embraer
Foto: Embraer

A Embraer, fabricante brasileira de aviões, entre os quais os E190 e E195 utilizados pela TAP Express, teve um prejuízo de 160,8 milhões de reais (35,8 milhões de euros) no primeiro trimestre, +23,3% que no período homólogo de 2018.

Segundo o balanço divulgado pela empresa, o prejuízo ajustado (excluindo-se impostos diferidos e itens especiais) foi de 229,9 milhões de reais (51,2 milhões de euros), que compara com uma perda de 208,9 milhões de reais (46,5 milhões de euros) no primeiro trimestre de 2018.

O EBITDA (sigla em inglês usada para determinar o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Embraer foi de 120,3 milhões de reais (26,7 milhões de euros), resultado que representa um recuo de 32% na comparação com 2018.

A dívida da Embraer subiu para 4,3 mil milhões de reais (960 milhões de euros) no final do primeiro trimestre, que compara com 1,7 mil milhões de reais (380 milhões de euros) ao final de 2018.

A fabricante de aeronaves brasileira também informou que, de Janeiro a Março, entregou 11 aeronaves comerciais e 11 executivas (oito jactos leves e três grandes) e que a sua carteira de pedidos firmes atingiu os 16 mil milhões de reais (3,5 mil milhões de euros), considerando-se todas as entregas, assim como os pedidos firmes ocorridos no período.

A empresa também destacou que os accionistas aprovaram, em assembleia-geral extraordinária realizada em 26 de Fevereiro, a proposta de parceria estratégica com a Boeing.

Na reunião de accionistas, 96,8% de todos os votos válidos foram a favor da operação, com a participação de 67% das acções em circulação.

A Embraer mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras actividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Em Portugal, no Parque de Indústria Aeronáutica de Évora funcionam duas fábricas da Embraer e a empresa também é accionista da OGMA - Indústria Aeronáutica de Portugal, com 65% do capital, em Alverca.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Embraer

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos em todo o mundo tomam precauções contra surto de coronavírus

23-01-2020 (17h34)

Aeroportos à volta do mundo começaram hoje a tomar precauções com o fluxo de turistas chineses que tiram férias pelo Ano Novo Lunar, dado o surto de um novo tipo de coronavírus com origem na China.

Wamos Air quer captar mais portugueses para os seus voos

23-01-2020 (10h48)

A Wamos Air assina esta quinta-feira um acordo para formalizar a sua representação em Portugal pela ATR, disse ao PressTUR David Blázquez, commercial routes manager, que assume o objectivo de captar mais passageiros no mercado português.

Construção de aeroporto no Montijo depende da aprovação do projeto de execução e respetivo relatório ambiental

22-01-2020 (18h05)

A construção de um aeroporto civil no Montijo, declarada na terça-feira ambientalmente viável pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), só pode avançar após aprovação dos respetivos projecto de execução e relatório de conformidade ambiental.

Portugal é “um mercado muito importante” onde a Globalia quer crescer — Javier Hidalgo, CEO

22-01-2020 (14h32)

A Globalia, dona da Air Europa e dos hotéis Be Live, entre outras empresas de turismo, como o operador Travelplan, presente em Portugal, vê o país como um mercado "muito importante" onde ambiciona crescer em várias áreas de negócio, disse ao PressTUR Javier Hidalgo, CEO do grupo.

Wizz Air começa a voar de Viena para Faro a partir de Julho

22-01-2020 (13h46)

A Wizz Air, que se apresenta como a maior low cost da Europa Central e do Leste, lança este ano a rota Viena – Faro, bem como prevê reforçar o número de voos das rotas Viena – Porto, que iniciou em meados de Dezembro passado, e Viena – Lisboa.

Noticias mais lidas